Transição capilar: como fazer e dicas para voltar ao cabelo natural

Ter cachos de volta é possível! Entenda o que é a transição capilar, como lidar com cabelos em transição e aprenda truques para dar adeus à parte alisada e voltar aos fios naturais

Depois de passar décadas à sombra do padrão de cabelo liso, os cachos têm reinado na preferência da brasileira e, por isso, a transição capilar é cada vez mais procurada.

Seja porque as químicas de alisamento detonaram os fios ou porque a pessoa não se sente mais satisfeita com as madeixas, ter os cabelos em transição é o caminho de volta para o cabelo natural. Se você quer fazer a transição ou já está nesse processo, Tudo Pra Cabelo te ajuda. Vem com a gente!

Você olha no espelho e não se reconhece mais? Ou não aguenta mais manter o cabelo a custo de secador, chapinha e processos químicos? Então pode ter chegado seu momento de passar pela transição capilar.

Confira abaixo dicas sobre a transição capilar para te ajudar em todas as etapas dessa escolha.

Montagem de fotos mostra o antes e depois da transição capilar da influenciadora Amanda Mendes. À esquerda, ela aparece em foto antiga com cabelo alisado e, à direita, com cabelo crespo no estilo black power
O incrível antes e depois da transição capilar da influenciadora Amanda Mendes Foto: reprodução | Instagram @todecrespa

O que é transição capilar?

A transição capilar é um processo em que a parte alisada anteriormente com química dá lugar, aos poucos, à textura natural dos cabelos. Na prática, seus cabelos estão em transição quando você decide não mais alisar os fios e recuperar a curvatura do cabelo natural, seja ele ondulado, cacheado ou crespo.

Quanto tempo dura a transição capilar?

A transição capilar pode durar de alguns meses a alguns anos. É que isso vai depender de muita coisa, desde qual era a química utilizada, qual o tamanho do seu cabelo e até se você vai cortar toda a parte alisada de uma vez (o que é chamado de big chop) ou cortará aos poucos. Mas calcule que, em média, em 1 ano você já vai ter uma grande parte do cabelo natural.

Algumas meninas, entretanto, passam anos em transição capilar – e depois garantem que cada dia valeu a pena!

Mulher com cabelos crespos em transição capilar
Foto: Pexels

Como começar uma transição capilar?

Primeiramente, é preciso ter cuidado e respeitar suas escolhas. Avalie cada um dos pontos abaixo ao decidir iniciar a transição capilar.

  • Abandone de vez as químicas: De adeus aos químicos que antes faziam parte da sua rotina. Deixe de usar os produtos e técnicas de alisamento definitivo, seja progressiva, relaxamento, henê etc.
  • Cuidado com a exposição ao calor:  As fontes de calor, como chapinha, baby liss e secador devem ser usadas com menos frequência. Se for inevitável, utilize protetores térmicos nos fios para não agredir as mechas que já passaram por química e não prejudicar os novos fios que estão nascendo e dando vida à sua transição capilar.
  • Fique em dia com a hidratação: Esse é um cuidado importante que precisa entrar na sua rotina de cuidados. Assim os seus novos fios irão crescer de forma saudável e forte. Siga um cronograma capilar com produtos adequados para o seu tipo de cabelo.
  • Aceite-se: Há mulheres que ficam tanto tempo recorrendo às químicas que esquecem a textura e características naturais dos seus próprios cabelos. Orgulhar-se dos seus fios também é um passo importante para a sua transição capilar e para manter a sua autoestima lá em cima.

Como fazer a transição capilar?

Existem diferentes formas de passar pela transição capilar, todas elas com prós e contras. Conheça, então, os pontos positivos e negativos de cada uma delas antes de fazer sua escolha, para não desistir da transição nem recorrer a processos químicos, voltando à estaca zero.

1. Big Chop

A maneira mais rápida de se ver livre da parte alisada é recorrer ao big chop – ou “o grande corte“. A ideia é eliminar de vez todo o cabelo quimicamente tratado e deixar apenas os fios novinhos e enroladinhos.

Sabe qual o momento certo para fazer o big chop? Quando (e se) você se sentir confortável! Algumas meninas adotam o BC (big chop) desde o começo, outras esperam o cabelo crescer por alguns meses antes de fazer a mudança radical.

O ponto negativo é que, se você é apegada ao comprimento, vai precisar esperar um bom tempo para os fios crescerem novamente.

A vantagem? Você vai ganhar um cabelo virgem e lindo de uma hora para outra. Aí é só se acostumar com os cabelos curtinhos, aprender a arrumá-los e investir em acessórios bacanas até que os fios cheguem ao comprimento desejado. O tapered hair, o pixie e o short bob estão entre os melhores cortes para o big chop. Quer saber mais? Veja inspirações de cortes curtos para cabelos cacheados.

2. De forma natural

Deixar seus cabelos crescerem sem interferência é a forma de transição capilar que deixará o seu cabelo mais bonito a longo prazo. Afinal, os fios não serão mais agredidos com modelador de cachos, chapinha e secador.

Por outro lado, você vai precisar lidar diariamente com duas texturas diferentes nos fios. Vale investir em bons finalizadores e amassar, amassar e amassar os fios com as mãos, incentivando a formação de cachos.

Tenha em mente que, agora, a ideia é muito mais igualar a textura dos fios do que deixar o cabelo crescer. Portanto, encare a tesoura sem medo, para ir tirando a parte alisada.

Mulher de cabelos crespos em transição. Ela tem pequenas flores enfeitando os fios
Foto: Pexels

3. Com box braids

Utilizar as trancinhas sintéticas tem como benefício os fios crescendo preservados, já que estarão protegidos pelas fibras sintéticas. Você não sofrerá para lidar com as duas texturas e terá um cabelo lindo sempre – dá para dormir penteada e acordar penteada – e a parte alisada fica escondida.

No entanto, uma manutenção básica é necessária, afinal os seus cabelos vão crescer e as tranças vão descer. Isso não chega a ser uma desvantagem, é só um cuidado necessário.

Um ponto de atenção é que as tranças devem ser feitas por um profissional especialista e experiente. Tranças muito apertadas ou muito pesadas podem causar a quebra dos novos fios por tração.

4. Com aparelhos aliados: secador, modelador de cachos…

Você não suporta mais ver o seu cabelo sem forma? Os finalizadores não deram certo e você não tem coragem de encaram um big chop? Uma alternativa é utilizar instrumentos com fonte de calor.

Secador, modelador de cachos e chapinha serão os seus aliados até que seus fios novos cresçam e ganhem forma. Entretanto, lembre-se que, com esse método, você continuará agredindo a fibra capilar ao utilizar o calor. Por isso, pode aumentar as sessões de hidratação, nutrição e reconstrução dos seus fios. E não se esqueça de aplicar protetor térmico antes de usar qualquer um desses acessórios!

Mulher exibe fios longos de cabelo ondulado
Foto: Pexels

Como cuidar dos cabelos em fase de transição?

É preciso cuidar bastante dos fios também nesse momento de transição capilar, para que eles não fiquem fragilizados e cresçam fortes e saudáveis.

O ideal é investir em linhas que sejam nutritivas e favoreçam o crescimento dos cabelos, principalmente se você é do time que resolveu não aderir ao big chop.

Cronograma capilar para transição

O cronograma capilar pode ajudar bastante a manter os cabelos em transição saudáveis. Primeiramente, determine exatamente qual é o seu tipo de cabelo. Isso é importante para fazer a escolha dos produtos certos.

Siga estas três etapas: hidratação, nutrição e reconstrução do cabelo. Para isso, procure por cremes de tratamento que tragam esses benefícios para os seus cabelos. Aprenda como montar um cronograma capilar.

Umectação

Para fios saudáveis e incríveis, aposte na umectação. Neste tratamento, os fios são envolvidos com um óleo vegetal, que irá nutrir seus cabelos e garantir um resultado maravilhoso. O melhor é que, com a umectação noturna, dá para dormir com o óleo de tratamento na cabeça, para o produto conseguir penetrar ainda melhor nos fios.

Mulher mostra opção de penteado semipreso para quem está em transição capilar
Foto: Pexels

Penteados e acessórios para transição capilar

Alguns penteados ajudam a disfarçar as duas texturas do cabelo e fazer com que você se sinta mais segura durante a transição capilar.

A nossa dica é que você invista, principalmente, em tranças e coques, que são os estilos que mais ajudam a camuflar as texturas diferentes. Dá para variar fazer trança rasteira, um rabo de cavalo com trança ou até o coque duplo. Aprenda a fazer penteados para cabelos em transição.

Neste vídeo você também vai encontrar dicas ótimas de penteados para quem está descobrindo o que é transição capilar:

Texturização

Na hora de finalizar, a opção mais adotada pelas mulheres que passam pela transição capilar é tentar uniformizar as diferentes texturas com a chamada texturização.

Existem diversas técnicas para tentar enrolar a parte alisada dos fios sem usar calor, como fazer dedoliss. Neste método, você usa os dedos para modelar o cabelo no formado dos cachos. O ponto negativo é que, apesar de simples, essa finalização do cabelo é um tanto demorada.

Usar bigudinhos, fazer fitagem, tranças ou twists (quando torcemos duas mechas, em vez de três) são outras formas de texturizar o cabelo em transição. Conheça melhor as técnicas de texturização para transição capilar.

Dicas para vencer a transição capilar

A transição capilar pode ser cansativa e mexer muito com a autoestima. Paciência e determinação são as chaves para vencer esse processo. Confira algumas dicas para você:

  • Tenha em mente que seu cabelo terá, por um tempo, texturas diferentes – raiz cacheada ou crespa e pontas alisadas. Pode ser incômodo, mas é passageiro.
  • Lembre-se sempre que esse momento da volta dos cachos é algo que faz parte da jornada. O resultado do seu esforço será recompensado com um lindo cabelo natural.
  • Procure seguir nas redes sociais pessoas que estão passando ou já passaram pela transição. Você vai ter mais inspiração para lidar com seu novo cabelo e também verá que não é a única passando por essa fase.
  • Pense se você topa encarar um corte curtinho nos fios ou se prefere cortar as pontas com frequência. Faça o que te deixar mais confortável.
  • Compre produtos indicados para cabelos cacheados ou crespos, para que seus fios recebam os ativos específicos recomendados para seu tipo de cabelo. Os finalizadores, como cremes para pentear ou ativador de cachos, serão seus aliados nesse processo de redescoberta do seu cabelo.
Mulher de cabelos cacheados após passar por transição capilar
Foto: Pexels

Produtos para transição capilar

O primeiro passo para ter cabelos bem cuidados é cuidar dos fios desde a lavagem. Por isso, Tudo Pra Cabelo recomenda a dupla de shampoo e condicionador Seda Crespo Force by Gabi Oliveira. Manteiga de karité e óleo de marula fazem a fórmula da linha ser perfeita para manter os fios nutridos, macios, fortes e cheios de brilho!

Para deixar o cabelo crescer saudável enquanto você passa pela transição capilar, invista em hidratações frequentes. Experimente aplicar uma vez por semana a Creme de Tratamento Love Beauty and Planet Curls Intensify, com manteiga de murumuru e rosa.

Na hora de finalizar seus cabelos em transição, se jogue no creme para pentear Seda Boom Apaixonadas por Cachos,

Dúvidas comuns sobre transição capilar

Está animada para fazer sua transição capilar? Confira abaixo algumas dúvidas comuns e as respostas delas.

Tem como acelerar o processo de transição?

Você acha que o crescimento dos seus fios está lento? É preciso ter paciência mesmo. Mas é possível tentar acelerar o crescimento dos fios com suplementos indicados por um médico, para ser tomado via oral.

“Alguns destes suplementos podem até dobrar a velocidade do crescimento que é, em média, de 1,26cm por mês”, explica Valcinir Bedin, dermatologista, tricologista e presidente da Sociedade Brasileira do Cabelo.

Qual a pior fase da transição capilar?

Para muitas mulheres, a pior fase da transição capilar é quando a raiz está bastante crescida contrastando com a parte alisada das pontas. Ter que voltar a lidar com o fator encolhimento, que é o quanto o seu fio “encolhe” para formar os cachos, também pode ser angustiante no começo.

A dica é ir testando e aprendendo qual finalização ou texturização tem um resultado que te agrade mais. o cabelo não parece grande o suficiente para o corte desejado.

Como estimular os cachos na transição?

Use o creme para pentear como aliado para modelar os cabelos. Aplique no comprimento dos fios molhados e amasse-os, de baixo pra cima, estimulando a formar os cachos do cabelo em transição. Isso vai te ajudar a criar uma textura mais uniforme.

A sugestão de Tudo Pra Cabelo é o Creme Para Pentear Seda Crespo Force by Gabi Oliveira. Ele tem manteiga de karité e óleo de marula em sua fórmula e tem uso liberado até em crianças.

Para intensificar o efeito, você pode usar o secador com o difusor de cachos acoplado.

Pode fazer escova e chapinha durante a transição?

Poder, você pode. Mas saiba que o calor excessivo do secador e da chapinha estará agredindo os fios novos que você está cultivando. Aliás, o uso frequente de ferramentas de calor em temperaturas muito altas também pode causar estragos e mudar a curvatura do seu fio.

Portanto, antes de decidir, pense se vale a pena maltratar esse cabelo natural só para disfarçar a textura.

Como fica o cabelo após a transição capilar?

Aos poucos, o cabelo vai ganhando força e definição para voltar à curvatura original. Conforme as partes do cabelo com química vão sendo cortadas, ou se você passar pelo grande corte, os fios ganham mais movimento e liberdade para formar os cachos.

Entretanto, mesmo após toda a parte alisada ser cortada, geralmente ainda leva alguns meses até seu cabelo mostrar todo o potencial da definição de seus cachos e crespos de volta.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)

Próximo