Fibra capilar: entenda como ela é formada

All Things Hair | 21 abril 2016

Você sabe do que é formada a fibra capilar? Entender a composição é fundamental a cuidar melhor dos seus fios. Veja só!

É muito mais fácil lidar com algo que a gente conhece bem do que com o desconhecido, certo? Assim é também com os cabelos. Cuidar deles se torna uma missão tranquila se você sabe exatamente o que está fazendo. Por isso é tão importante conhecer a composição da fibra capilar. Por isso, conversamos com um dos maiores especialistas no assunto, Valcinir Bedin. Ele é tricologista, nutrólogo e Presidente da Sociedade Brasileira do Cabelo. Aqui, ele mostra informações que você provavelmente desconhecia sobre algo com que convive o tempo todo: seus próprios fios.

Afinal, como é a fibra capilar?

“A haste do cabelo é formada basicamente por queratina e melanina, que são duas proteínas. A primeira dá dureza ao fio e a segunda é responsável pela cor”, explica o especialista. A queratina, que é o principal componente, se dispõem em forma de fibra dentro da parte interna fio, chamada de córtex. Por isso, a haste é conhecida como fibra. Esse “miolo” do fio é coberto pela cutícula, uma camada externa protetora formada por células sobrepostas, em formato de escamas. É essa parte que vemos e tocamos.

A queratina, mesma proteína que compõe as unhas, por exemplo, é feita de aminoácidos, que são micro-estruturas orgânicas. O que mantém essas pequenas partes interligadas, formando a estrutura da proteína, são as pontes químicas de hidrogênio, salinas e de enxofre.

Fortalecedores da proteína

Apesar de a queratina ser o principal ingrediente da fibra capilar, ela não está sozinha nessa. De acordo com Valcinir Bedin, há alguns elementos que ajudam a produzir uma queratina forte e resistente e não frágil. “Além dos aminoácidos, temos as vitaminas e os sais minerais, como o ferro e o zinco. Eles são chamados de cofatores na formação da proteína”, explica.

Cade a queratina que estava aqui?

Alguns produtos cosméticos propõem repor a queratina. Mas, espera aí, se eles repõem a queratina, isso significa que é possível perdê-la? É sim. “O sol, por causa da radiação ultravioleta, o calor, a poluição, o excesso de produtos químicos Tudo pode levar à perda de queratina da haste”, explica o médico.

Você pode estar se perguntando: “como eu vou perceber que meu cabelo está com falta de queratina?”. Mas, acredite, você vai perceber. Quando falta queratina, os fios ficam sem brilho, opacos, com mais frizz, porosos, ásperos e sensíveis.

Como repor a queratina

Alguns produtos com queratina ajudam a reconstruir a fibra. “É possível repor parcialmente com banhos de queratina, com cauterização química ou com aplicação de nanoqueratina”, indica Valcinir Bedin. Se for o caso, converse com seu dermatologista. Ele pode indicar o melhor tratamento para o seu caso.

Evite!

O melhor mesmo é evitar esse perda de proteína. Então, faça uma boa manutenção dos seus fios, com hidratações constantes, lavagem com produtos adequados, uso de filtro solar, cuidado com as químicas e alimentação saudável.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.