Falta de água no organismo: as consequências para o seu cabelo crespo

All Things Hair
modelo com cabelo crespo e óculo: Falta de água no organismo

Como a falta de água no organismo se reflete no cabelo.

E se nós disséssemos a você que existe um produto milagroso para o cabelo, que hidrata, estimula o crescimento, fortalece, previne a queda e devolve a maciez e o brilho, tudo de uma só vez? E se esse produto estivesse bem aí, na sua cozinha? E ele está! Estamos falando da água. Beber a quantidade certa todos os dias ajuda a manter os fios com um visual equilibrado. Já a falta de água no organismo deixa os cabelos secos, opacos e propensos à queda. E não é isso o que você quer, certo?

O primeiro efeito da falta de água no organismo: desidratação

O corpo humano é formado por uma média de 70% de água. Cada fio de cabelo tem em sua composição uma proporção que varia entre 12 e 15% de água. Com a evaporação, esse líquido todo vai secando e, por isso, a reposição é fundamental para manter tudo funcionando corretamente.

Nos cabelos, a maior concentração de água fica no córtex, a parte interna do fio, responsável pela força dos fios. Sem água, eles ficam desidratados, finos, fracos, quebradiços e sem brilho. Vamos fazer uma comparação para você enxergar melhor a questão: imagine que um fio de cabelo é uma uva suculenta, macia e cheia de polpa. Pensou? Pois então. O cabelo sem a quantidade de certa seria uma uva passa. Dá para sentir o drama, não é?

Em processo de queda

Outro efeito da falta de água no organismo que aparece diretamente nos cabelos é a queda. Isso acontece por dois motivos. O primeiro, está explicado no parágrafo acima: cabelos desidratados ficam mais fracos e quebradiços e, portanto, a chance de queda é maior. A segunda razão está relacionada ao acúmulo de toxinas.

Uma das principais funções de água e retirar as impurezas do corpo. Ela faz isso em diversas áreas do corpo, inclusive no couro cabeludo. A água é responsável pela limpeza. Quando não ingerimos líquido suficiente para cumprir esse papel, as toxinas se acumulam e provocam a queda dos fios.

Nada de crescimento

A água também preenche as células do corpo. É esse líquido que dá força a elas, para que cresçam, se multipliquem e trabalhem para uma boa manutenção do organismo. As células presentes no couro cabeludo são responsáveis pela produção do cabelo. São elas que fazem com que o nosso cabelo cresça de 1,5 a 2 centímetros por mês.

A falta de água, no entanto, vai interromper esse mecanismo. Ao receberem pouco líquido para se “alimentar”, as células começam a funcionar mais lentamente, como se estivessem em modo de economia de energia, e aí os fios não crescem na velocidade que deveriam, mesmo que você tome os mais modernos e eficientes suplementos disponíveis no mercado.

Fique alerta!

Ninguém quer um cabelo opaco e que, além de cair mais do que a média, não cresce, certo? Então, é fundamental garantir a ingestão da quantidade correta de água por dia. A recomendação básica é tomar 2 litros, que equivalem a cerca de 8 copos, por dia.

Para saber se você está tomando água suficiente, basta observar sua urina. Se o xixi estiver em tom de amarelo escuro, o sinal é de perigo. Aumente já a ingestão do líquido. O ideal, é que ele esteja claro e transparente, quase incolor.

Dicas de produtos

Se sentir que seu cabelo está fraco e caindo muito, procure por produtos que fazem uma limpeza profunda na raiz do cabelo, como o Shampoo Clear Hidratação Intensa e o Condicionador Clear Hidratação Intensa, indicados para ajudar a hidratar o couro cabeludo e o cabelo ressecado. E para desembraçar os fios, o Creme Para Pentear TRESemmé Cachos Perfeitos é uma boa opção e mantém o movimento natural dos fios.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)