5 dificuldades da transição capilar e como superá-las com Nanai Costa

O lado complicado da transição capilar e dicas para não desistir no meio do caminho com Nanai Costa.

A transição capilar é um processo de retomada dos cabelos naturais que requer cuidados, informação e, sobretudo, paciência. Depois de muitas químicas, alisamentos, escova e chapinha, o cabelo pede calma para retornar à essência. Não é fácil, mas meninas que passaram pelo processo garantem que vale cada cacho formado. Por isso, conversamos com a youtuber e embaixadora de Seda Nanai Costa sobre as maiores dificuldades da transição capilar – que ninguém te conta – e como superá-las.

Dificuldades da transição capilar que ninguém te conta

1

Vontade de desistir

Muitas meninas ostentam cachos maravilhosos depois da transição capilar. Para chegar lá, porém, é preciso persistir. Nanai conta que, muitas vezes, pensou em desistir. As pessoas comentavam sobre os seus cabelos, que até então viviam alisados por chapinha, e tinham ficado com duas texturas. Mesmo assim, ela aguentou firme!

2

Adeus, chapinha

Não adianta começar a transição e continuar investindo na chapinha, né? O acessório prejudica ainda mais os cachos. “Eu não conseguia parar 100% com a chapinha. Ela estraga o cabelo tanto quanto as químicas de alisamento, mas muitas pessoas não sabem disso e continuam usando. No meu caso, foi a chapinha que tirou todos os meus cachos”, conta ela.

3

Baixa autoestima

Esse foi mais um detalhe que alimentou a “quase” desistência de Nanai, uma das maiores e mais doloridas dificuldades da transição capilar. No Instagram, as fotos de meninas cacheadas são incríveis, mas ninguém fala sobre os momentos de dor e vergonha quando os cabelos estão perdendo o alisamento. “Coloquei na cabeça que tudo passa, até a transição, e entrei em grupos específicos no Facebook. Passava horas lendo histórias de outras meninas, uma ajudando a outra. Nos fortalecemos com as nossas descobertas e vivências”, afirma.

4

Ansiedade

Já pensou em meditar? Talvez seja o momento para começar, então. Nanai lembra que uma das maiores dificuldades que enfrentou depois do BC, ou big chop, foi justamente a ansiedade para ver os cabelos nascendo novamente, livres da química e da chapinha, repletos de cachos. “A transição não acontece da noite para o dia, porém. É preciso trabalhar a paciência e respeitar o processo de crescimento natural dos cabelos”, aconselha a embaixadora de Seda.

5

Grana curta

Nanai também passou por alguns perrengues que envolviam dinheiro. “Eu não tinha grana para investir em todos os produtos que as pessoas recomendavam para a transição capilar”, lembra. Nesse aspecto, pesquisas extensas e tutoriais foram fundamentais para ajudá-la a encontrar outras alternativas de tratamentos, bem como exemplos e vivências de outras meninas que se encontravam na mesma situação de aperto que ela. O mundo é grande e cheio de opções para quem quer entrar de cabeça na transição capilar, é só não desanimar!

Sugestão de produtos

Crespas e cacheadas podem contar com a força do Shampoo Dove Ultra Cachos e do Condicionador Dove Ultra Cachos, que ajudam a nutrir e hidratar os fios encaracolados na medida certa, controlando o frizz.

Ainda na jornada da transição capilar, a dica é investir no Creme Para Pentear Seda Boom Transição, que ajuda no crescimento dos fios e no fortalecimento da fibra capilar, além de hidratar os cabelos.