Cronograma capilar é o grande trunfo dos cabelos crespos

All Things Hair | 05 maio 2016

Hidratação, nutrição e reconstrução são a base do cronograma capilar, uma agenda de cuidados intensivo que faz sucesso entre mulheres de cabelos cacheados.

Você já ouviu falar em cronograma capilar? Esse termo comum entre blogueiras de beleza de cabelos crespos, mulheres de cabelos encaracolados e endossado por especialistas se refere a uma agenda de cuidados com os fios que engloba três pilares fundamentais: hidratação, nutrição (umectação) e reconstrução.

Esses tratamentos devem ser feitos de acordo com o grau de danos dos fios e são previstos 12 sessões ao todo ao longo de um mês (ou seja, três por semana). Não sabe o que é o cronograma? A gente explica e ensina você fazer! Dê só uma olhada!

Cronograma capilar: como funciona

Uma rotina detalhada de tratamentos consiste em repor nos fios água, nutrientes e proteínas, sempre com um intervalo mínimo de dois dias entre cada tratamento.

O cronograma começa com a reposição de água, ou seja, a hidratação. Vital para os cabelos, ela é a substância que mais deve ser reposta, uma vez que as cutículas (parte externa do fio) constantemente abertas dos fios crespos fazem com que eles percam hidratação naturalmente, mesmo quando não são submetidos a procedimentos químicos.

Para isso, basta usar máscaras com propriedades hidratantes, como as que possuem vitamina E, d-pantenol, óleo de argan, aloe vera, etc.

O segundo princípio do cronograma é a nutrição, ou seja, devolver nutrientes e lipídios que são responsáveis por lubrificar e evitar a perda de componentes que ajudam a manter a oleosidade natural dos cabelos e, assim, impermeabilizar os fios.

Cabelos crespos indisciplinados e com excesso de frizz são os que mais precisam de nutrição e se beneficiam das máscaras nutritivas que possuem ativos como óleos vegetais (coco, moringa, ojon, macadâmia) e manteigas naturais (karité, cacau).

Se você preferir, a nutrição também pode ser feita usando apenas óleos capilares, sem ser preciso usar um creme de tratamento em conjunto.

Por fim, a reconstrução. Essa etapa deve ser feita apenas uma vez ao mês por quem tem cabelos saudáveis livres de químicas e até duas vezes por cabelos muito danificados.

Os produtos reconstrutores são ricos em proteínas (queratina) que ajudam a devolver a massa perdida pelos fios através de procedimentos químicos, uso frequente de secador e chapinha e até mesmo através das agressões externas como sol e água do mar.

Cabelos que precisam de reconstrução são porosos e quebram com facilidade. Porém, não é recomendado abusar das reconstruções, já que o excesso de queratina pode ter efeito contrário nos fios, deixando-os duros e favorecendo uma possível quebra.

Para fazer a reconstrução, procure por ativos como proteínas, trigo, aminoácidos, cisteína ou colágeno e, nunca faça essa etapa antes de submeter o cabelo a pelo menos uma sessão de hidratação e uma de nutrição – os fios precisam primeiro desses nutrientes para absorver melhor a reposição de proteínas.

Determinando a frequência

Cabelos crespos naturais e saudáveis, sem químicas, o cronograma capilar clássico prevê sete hidratações mensais, quatro nutrições e uma reconstrução. Para quem tem cabelos com nível intermediário de danos, são indicadas as mesmas etapas, porém em ordem diferente. Cabelos enrolados muito danificados, deve considerar cinco hidratações, cinco nutrições e duas reconstruções.

Confira o cronograma capilar de acordo com o estado do fio:

Cabelos crespos muito danificados

1ª semana – hidratação | nutrição | reconstrução
2ª semana – nutrição | hidratação | nutrição
3ª semana – hidratação | nutrição | reconstrução
4ª semana – hidratação | hidratação | reconstrução

Cabelos crespos danificados

1ª semana – hidratação | nutrição | hidratação
2ª semana – hidratação | hidratação | nutrição
3ª semana – hidratação | nutrição | hidratação
4ª semana – hidratação | nutrição | reconstrução

Cabelos crespos sem química

1ª semana – hidratação | hidratação | nutrição
2ª semana – hidratação | nutrição | hidratação
3ª semana – hidratação | hidratação | nutrição
4ª semana – hidratação | nutrição | reconstrução

Quanto tempo?

O cronograma capilar deve durar no mínimo um mês. Com os fios já bem recuperados e saudáveis, você pode espaçar os tratamentos, fazendo-os duas vezes por semana em vez de três, mas sempre respeitando o princípio dos três pilares: hidratação, nutrição e reconstrução, nessa ordem de importância.

O resultado dessa rotina rigorosa são cabelos crespos maleáveis, que permitem a formação de cachos bem definidos, macios, brilhantes e resistentes.

Sugestões de produtos: Para fazer o cronograma capilar, indicamos o Creme De Tratamento TRESemmé Blindagem PlatinumCreme De Tratamento Dove Advanced Hair Series Regenerate Nutrition e a Máscara De Tratamento Nexxus Oil Infinite.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.