Corte químico: o que é e como recuperar o cabelo crespo

Você sabe o que é corte químico? Veja porque ele acontece e como recuperar seu cabelo crespo.

Imagine que você vai encontrar um novo salão de cabeleireiro e marca um horário para simplesmente retocar um alisamento, mas, quando o processo está no meio, acontece uma tragédia: todas as pontas dos seus cabelos se quebraram e caíram, de repente. Dá vontade de chorar, não é? É o famoso corte químico, causado pela reação de substâncias incompatíveis. Leia mais!

Corte químico: um dos efeitos mais temidos pelas mulheres

Se você é adepta dos relaxamentos, alisamentos, tinturas, permanentes, provavelmente já se deparou com essa expressão, se é que não viu acontecer da pior forma: em você mesma. O que é, afinal, esse efeito que aterroriza as mulheres? Segundo experts, o corte químico é quando um choque de elementos rompe as ligações do fio e ele quebra. Isso acontece, por exemplo, quando um alisamento feito com guanidina é retocado com hidróxido. No ponto onde as substâncias se encontram, acontece esse choque e o cabelo se parte.

De acordo com especialistas, a maior parte dos casos acontece quando o cabeleireiro que está operando o processo químico não se atenta às instruções e usa produtos com fórmulas incompatíveis. Pelo mesmo motivo, é também uma reação possível para quem resolve se arriscar e aplicar produtos químicos em casa sozinha, sem uma ajuda profissional.

Uma das melhores formas de evitar o corte químico é contar com um cabeleireiro que, de preferência, conheça todo o histórico do seu cabelo. Se ele souber os processos pelos quais você já passou e como eles foram feitos, vai ficar mais fácil escolher os produtos para os próximos.

Se mudar de salão, é preciso conversar direitinho com o novo profissional e explicar tudo o que você fez nos fios anteriormente. Informação é tudo! É preciso ficar atenta aos produtos usados para qualquer tipo de operação e ter um cabeleireiro fiel, que esteja atento a esse tipo de problema.

De acordo com o especialista, o aquecimento dos fios é um sintoma que normalmente indica um problema. Então, se sentir que seus cabelos estão esquentando com a química, sem o uso de secador ou chapinha, é claro, avise o profissional.

Sofri um corte químico. E agora?

Se já é tarde demais e um corte químico aconteceu com você, é preciso encarar o problema. De acordo com especialistas, infelizmente, o corte químico é algo que não tem mesmo salvação. Isso quer dizer que, não tem jeito: não dá para “colar” o cabelo que caiu de volta. É preciso cuidar do comprimento que ficou.

A reação, ou seja, o corte acontece em um determinado ponto, normalmente perto da raiz, porque é o retoque. O cabelo que continua lá está vivo e, apesar de danificado, pode ser restaurado se for bem cuidado.

É, você vai precisar de paciência para esperar os fios crescerem novamente. Enquanto isso, capriche nas hidratações e no uso de produtos de qualidade, voltados especificamente para o seu tipo de cabelo. Depois, você poderá usar química novamente, mas é preciso ter cuidados de continuidade nos procedimentos.

Dicas de produtos

Cabelos com químicas precisam de produtos específicos para eles. Nossa dica para recuperar os fios danificados é testar o Shampoo TRESemmé Expert Detox Capilar e o Condicionador TRESemmé Expert Detox Capilar que ajudam a purificar suavemente o cabelo dos resíduos diários. Para complementar, experimente a Máscara De Tratamento Nexxus Emergencée que repõe a camada lipídica que as químicas retiram.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)