Cabelo crespo é sinônimo de cabelo poroso?

All Things Hair | 30 março 2016

O que é um cabelo poroso? Como identificar o problema? É mais comum nos crespos? Saiba tudo aqui!

A palavra “poros” significa “buraco”, “orifício”, “abertura”. Mas, se é assim, espera aí: como é que o cabelo pode ter buracos? Calma, a gente explica. Na verdade, quando se trata de cabelo poroso, estamos falando do nível de espaços e falhas entre as cutículas (a parte externa dos fios), que são as células em forma de escama que recobrem a fibra capilar.

É essa parte do fio que enxergamos e tocamos e, portanto, é ela a responsável pelo brilho e pela maciez do cabelo. Quando o cabelo é poroso significa que ele apresenta as cutículas muito abertas, que facilitam a penetração de umidade e deixam os fios mais sujeitos ao frizz e ao ressecamento. Além de obter um aspecto nada uniforme. Fica até mais difícil definir o cacho!

O que deixa o cabelo poroso?

Por conta do formato e dos ângulos ao longo do comprimento, os cabelos crespos podem, sim, ter uma tendência maior à porosidade. Algumas falhas na cobertura proporcionada pelas cutículas geram esse efeito. Por isso é importantíssimo apostar em tratamentos como hidratações e reposições de tempos em tempos.

Mas por que, afinal, os fios ficam porosos? Além da disposição natural, outros fatores aumentam o nível de porosidade. Um dos maiores vilões, nesse caso, é o excesso de tratamentos químicos, como alisamentos, relaxamentos e colorações.

Isso acontece principalmente quando não há uma manutenção adequada. Ao submeter o fio a algum procedimento desse tipo, o primeiro passo é sempre aplicar um produto que abre as cutículas para a penetração da fórmula que vai alterar a cor ou a textura.

Aí o que acontece é que muitas delas não voltam exatamente para o lugar, deixando aberturas. Está aí a origem da porosidade.

O uso excessivo de aparelhos como chapinha, secador e modelador de cachos sem proteção adequada, a exposição excessiva ao sol sem filtro e a falta de cuidados e de hidratação também agravam o problema.

Níveis de porosidade

  • Os cabelos com alta porosidade são os mais danificados, com as cutículas mais abertas. Tudo penetra mais fácil nessa fibra: química, poluição, umidade e hidratação. O problema é que, com a mesma facilidade que um creme de tratamento entra, por exemplo, ele também sai.
  • Os cabelos com porosidade média possuem certas aberturas, mas nada que prejudique tanto visual dos fios. Nada também que seguir, por exemplo, o cronograma capilar, não contorne.
  • Os cabelos com porosidade baixa tem as cutículas bem fechadinhas. É um cabelo com mais brilho e mais resistente. A hidratação tem um pouco de dificuldade de penetrar e, talvez, seja necessário usar produtos mais potentes.
  • Como resolver o problema.

Se você identificou que seu cabelo está poroso, com as cutículas esgarçadas, ressecados e sem vida, é hora de tratá-lo para diminuir esse incômodo.

O primeiro passo é caprichar na hidratação, para repor a umidade interna da fibra. Depois, invista em nutrições e reposições de massa, tratamentos que podem ser feitos em casa ou no salão, com produtos que, como os nomes dizem alimentam e recuperam partes perdidas do cabelo (o que pode acontecer mesmo com o excesso de química e uso errado de aparelhos como a chapinha) com substâncias como queratina. A selagem capilar, tratamento próprio para fechar as cutículas, também são eficientes.

Sugestões de produtos: Procure por produtos que reponham os nutrientes perdidos e reconstrua as cutículas danificadas. O Creme De Tratamento TRESemmé Blindagem Platinum ajuda a reparar a estrutura dos fios e sela as cutículas. O Creme de tratamento Dove Recuperação Extrema possui nutrientes em sua fórmula que proporcionam uma hidratação intensa nos fios. E a Máscara De Tratamento Nexxus Emergencée auxilia a restaurar a barreira protetora do seu cabelo e reconstruir a força enquanto mantém seu movimento natural.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.