Cabelo pixie: corte prático, versátil e descolado para os fios crespos

Mulheres com qualquer tipo de cabelo podem aderir ao cabelo pixie, inclusive quem tem fios muito crespos. Veja só como!

Você pode até estranhar o nome que, de uns tempos para cá, passou a aparecer em diversas revistas, sites e programas de televisão, principalmente os que fazem referência aos looks das famosas. Várias celebridades adotaram o corte de cabelo pixie e, por isso, ele é uma das tendências de beleza mais comentadas.

Mas se você está aí achando que é uma grande novidade, saiba que ele é um velho conhecido que só ganhou um título moderno. O cabelo pixie é o mesmo corte que antigamente era conhecido como “joãozinho”. Curto, prático, moderno e lindo, mas será que todo mundo pode aderir?

A notícia é boa: mulheres com qualquer tipo de cabelo podem aderir ao cabelo pixie, mesmo quem tem fios muito crespos. Basta escolher um cabeleireiro especialista nesse tipo de textura, para que ele faça as adaptações necessárias. Também não se esqueça de manter a rotina de cuidados diários e hidratar sempre os fios. Não há corte que faça com que os cabelos ressecados fiquem bonitos, certo?

Sugestão de produtos: para deixar os cabelos hidratados, inclua no cuidado diário produtos como Shampoo e Condicionador TRESemmé Selagem Capilar Crespo Original e o Creme De Tratamento Seda Óleo Hidratação.

Curtos e versáteis

penteados para cabelos muito curtos
Mesmo curtos, os cabelos estilo pixie podem ser combinados com penteados lindos

O corte pixie ou joãozinho – como preferir chamar – é cabelo curto, mas é flexível. Há quem prefira os fios bem pequenos mesmo, rente à cabeça, e há quem goste de deixá-los um pouquinho mais longos, principalmente na parte da frente, para ter liberdade de na hora de arrumar.

Dá trabalho?

É comum que mulheres com fios crespos temam radicalizar o visual com um corte como o pixie, com medo do trabalho que pode dar. Algumas acham que com pouco comprimento, os fios não pesam e, assim, levantam, resultando em um volume incontrolável. Na verdade, o que acontece é o contrário. Fios curtos exigem menos esforço.

Se o corte for feito da maneira certa, desestruturado, para não formar um “capacete” ao redor do rosto, arrumá-lo vira um processo simples. Você pode usar um leave-in termo-ativado e secar os fios com a ajuda de um difusor, para definir os cachos. Então, há várias opções: bagunçá-los com a ajuda de finalizadores, como mousses ou pomadas, deixá-los firmes, usando gel, ou até abusar de acessórios como faixas, lenços e presilhas.

Sugestão de produto

Para dar textura messy, aposte na Pomada Manipuladora Bed Head, que define, dá corpo e textura ao fios, e a dupla Shampoo Dove Nutrição Óleo-Micelar e Condicionador Dove Nutrição Óleo-Micelar, que protegem e fortalecem a fibra capilar sem deixar o cabelo pesado.

Para manter o corte

Quando os fios estão curtos fica mais fácil notar quão rápido eles crescem. O resultado disso é que o cabelo perde logo aquele resultado moderno que você adquire logo ao sair do salão. O ideal é fazer cortes de manutenção uma vez por mês.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)