Cabelo crespo colorido: quais os cuidados

Você sonha em ter um cabelo crespo colorido, mas tem medo dos danos que o procedimento pode causar ou tem dúvidas sobre o resultado final?

As cores fantasia não são exatamente uma novidade, mas de um tempo para cá elas vêm ganhando cada vez mais força e já fazem sucesso entre mulheres do mundo todo, famosas ou anônimas. A onda agora é pintar o cabelo de rosa, azul, amarelo vibrante, verde, roxo, lilás… O problema é que, para conseguir esse efeito, geralmente é preciso submeter os fios a uma descoloração, processo químico que danifica bastante os cabelos. Por isso, se você quer adotar um cabelo crespo colorido cheio de estilo, confira os cuidados que precisa ter antes, durante e depois.

Como é feito o cabelo crespo colorido

O processo para aplicar a cor fantasia no cabelo crespo é igual à que é adotada nos lisos, porém é preciso cuidado redobrado para que a química não danifique demais a fibra capilar. Afinal, os fios encaracolados são mais sensíveis, irregulares e possuem menos proteção do que os demais tipos de cabelo, dessa forma, ficam muito mais vulneráveis aos danos.

Para tingir o cabelo com uma cor fantasia, o primeiro passo é a descoloração. Esse processo remove todo o pigmento do fio, seja ele natural ou não e transforma o cabelo em uma “tela em branco” pronta para receber a nova cor. Como esse procedimento é muito agressivo, é fundamental que seus fios estejam saudáveis. Se estiverem quebradiços, elásticos ou porosos, é melhor deixar a coloração para depois.

modelo com cabelo crespo colorido
Cabelo crespo colorido: rosa, branco, rosa… Escolha a cor que combinar mais com você.

O ideal é que um profissional experiente te ajude nessa etapa, afinal, ele saberá o melhor produto, a dosagem correta e o tempo de ação do cosmético. Tudo deve ser muito preciso. Além disso, um teste de mechas é importantíssimo para verificar com seu cabelo e seu couro cabeludo reagem ao produto. Aplique em alguns fios da parte de baixo e aguarde uma semana para ver como seus fios reagem nesse período. Se tudo estiver ok, prossiga sem medo!

Depois de retirado todo o pigmento do seu fio, vem a parte mais divertida, que é a coloração. Nesse passo, basta escolher a cor (ou as cores) de sua preferência e colocar a imaginação para funcionar. Vale combinar os tons do arco-íris, formando um rainbow hair, investir em tons pastel para um visual mais meigo, uma cor bem vibrante para mostrar personalidade ou fazer apenas algumas mechas para começar aos poucos. O legal é que os caracóis vão deixar o look moderno e cheio e movimento, harmonizando muito bem com o estilo das cores fantasia.

Manutenção

A tinta fantasia desbota fácil. Então, as idas ao salão para manter o tom que você escolheu serão mais constantes, praticamente mensais. Existem cremes tonalizantes coloridos que espaçam um pouco mais essas visitas. Eles devem ser usados semanalmente para manter a cor vibrante. Este tipo de produto não contém amônia, portanto não penetra no fio, apenas o encapa provisoriamente.

Porém, caso pretenda optar pela manutenção com tonalizantes, peça ao hairstylist que faça uma raiz esfumada, evitando que fique uma marca feia quando os fios crescerem. E quando cansar e quiser mudar o seu cabelo crespo colorido, você pode optar por aplicar uma cor mais escura que cubra a atual ou então realizar uma decapagem.

Dicas de produtos

Para manter seus cachos e os novos fios coloridos em dia é preciso apostar em produtos específicos para seu tipo de cabelo. Uma boa dica é combinar Shampoo TRESemmé Selagem Capilar Crespo Original com Condicionador Dove Advanced Hair Series Regenerate Nutrition. Finalize a etapa de tratamento com Óleo Nexxus Oil Infinite, com complexo de seis óleos naturais, incluindo babaçu e marula.