Tipos de bigudinho e como usá-lo da melhor forma para definir cachos

Quer definir os cachos? O bigudinho ajuda a enrolar o cabelo e é ótima aliada do cabelo em transição. Conheça tipos de bigudinho e saiba como usar!

O bigudinho é um acessório bastante procurado por quem quer cachos definidos. O jeito de usar é parecido com o do bobe, mas o bigudinho (também chamado de bigudim) é flexível e tem o formato ideal para definir os cachos para parecerem naturais.

Ele oferecer a técnica perfeita para cachear o cabelo em transição capilar, porque não estraga os fios. Conheça mais sobre o acessório!

Uma das maiores vantagens do uso dos bigudinhos, que podem ser considerados o primo do bobe, é cachear o cabelo sem maltratá-lo. Isso porque ele não agride os fios com química nem com ferramentas de calor.

Dessa forma, o bigudinho despontou como uma boa alternativa para quem está em transição capilar. Os bigudinhos também são usados em salões de beleza para fazer a técnica conhecida como permanente (ou permanente afro). O procedimento utiliza química e bigudinhos para fazer um “encacheamento”: criar cachos nos fios.

Vale dizer que, na hora de comprar o acessório, você pode encontrá-lo também chamado de “bigodim” ou “bigudins”. Confira, abaixo, tudo sobre os bigudinhos: de como usar aos tipos que existem por aí e ainda descubra como improvisar um bigudinho caseiro.

Como usar bigudinho?

Aprenda o passo a passo para fazer a texturização com bigudinhos em casa para ter cachos definidos.

  1. Com os cabelos lavados, retire o excesso da umidade dos fios com uma toalha.
  2. Aplique o seu leave-in ou creme de pentear favorito em todo o cabelo. distribuindo bem por toda a extensão dos fios. Use um pente ou uma escova para ajudar a distribuir o produto.
  3. Divida todo seu cabelo em mechas.
  4. Pegue os bigudinhos na posição horizontal e enrole suas mechas ao redor deles, começando pelas pontas do cabelo. Leve o acessório em direção à raiz e prenda os fios.
  5. Repita a operação em todo o cabelo.
  6. Aí, é só esperar os fios secarem bem (naturalmente ou com secador) e, então, retirar delicadamente, bigudinho por bigudinho.

Finalize com óleo ou spray para um acabamento mais caprichado.

Mulher com cabelos crespos curtos usa faixa no cabelo
Foto: iStock

Tipos de bigudinhos para cabelos

Na hora de comprar os seus bigudinhos, você vai se deparar com diferentes modelos e espessuras. Os produtos, facilmente encontrados em lojas especializadas em cosméticos, não custam muito. A média de preço de um pacote com seis unidades é R$ 15.

É preciso pensar também no resultado que você quer para os seus cabelos. Para formar cachos mais largos, os acessórios devem ser maiores, porque é ao redor da estrutura que você vai enrolar os fios. Se você for fã dos cachos mais fechados, escolha versões mais finas.

Se quiser exibir um visual mais natural, misture tudo: use bigudinhos grandes e pequenos. Os maiores ficam bem na parte de trás do cabelo e os menores na da frente, por exemplo. Por que não?

Abaixo, conheça os principais tipos de bigudinho:

Bigudinho circular

O bigudinho circular tem formato cilíndrico, comprido e fino. A diferença é que ele tem uma pontinha mais fina e outra ponta com uma cavidade. Isso serve para fazer um formato de argola e encaixar uma ponta na outra.

Feito de plástico, ele existe em diversas espessuras e é fácil de usar e tem a vantagem de não usar outros acessórios. Também é boa opção se você pretende dormir com o acessório, já que ele fica com a ponta presa e tem menos chance do seu cabelo escapar.

Bigudinho com elástico

O bigudinho com elástico parece mais com o bobe, porém, mais fino. Ao terminar de enrolar as mechas nele, você usa o elástico para prender os fios no bigudinho. É um pouquinho mais trabalhoso, mas também funciona bem.

Bigudinho flexível

O bigudinho flexível é feito de borracha e espuma. Quando você termina de enrolar cada mecha, basta dobrar as pontas dele. Também é feito em diversas espessuras. É o mais fácil de colocar e tirar.

Bigudinho espiral

Como o próprio nome já diz, o bigudinho espiral é um acessório que tem esse formato espiralado, onde devem ser encaixados os cabelos. A vantagem está justamente aí. Você já tem o local pré-definido para enrolar os fios e não precisa se preocupar no posicionamento das mechas em torno do acessório.

Bigudinho: antes e depois

Menina mostrando o antes e depois do uso de bigudinho para cachear o cabelo
Foto: reprodução | Instagram @tainaresendeblog

Próximo

Como fazer bigudinho caseiro de papel toalha?

Se você não tem o bigudinho original em casa, pode improvisar um semelhante, mas feito com papel toalha. Pegue quantas folhas achar necessário e forme rolinhos, que podem ser grossos (para cachos mais largos) ou estreitos (cachos mais finos).

A maior vantagem dessa técnica é que você não usará nenhuma fonte de calor. Os fios que estão em transição agradecem! Veja o passo a passo abaixo para fazer cachos com papel toalha:

  1. Lave o cabelo com produtos específicos para ele e deixe os fios secarem naturalmente. Nada de aparelhos térmicos!
  2. Enquanto espera os fios secarem, você pode criar os rolinhos de papel toalha, imitando o formato de um bigudinho flexível. A quantidade dependerá se você quer mais ou menos cachos.
  3. Desembarace os fios com pentes de dentes largos.
  4. Divida o cabelo em mechas para criar os cachos.
  5. Se quiser, passe um produto para dar mais textura aos fios, como um spray fixador ou shampoo seco.
  6. Pegue uma mecha e enrole-a em volta de um rolinho de papel toalha, dobrando as pontas do rolinho que sobrarem.
  7. Faça a mesma ação anterior em toda a extensão capilar.
  8. Deixe os rolinhos no cabelo por um período. Os cachos tendem a se fixar melhor se você deixar os bigudinhos por mais tempo.
  9. Depois, remova os rolinhos do cabelo com cuidado.

Passe os dedos entre os cachos para deixá-los com aspecto mais natural e com mais movimento. E está pronto!

Dúvidas frequentes do bigudinho

Confira as respostas de algumas das dúvidas mais frequentes no uso de bigudinhos para definir os cachos.

Quanto tempo duram os cachos feitos com bigudinho?

A texturização pode durar de dois a três dias, se você não lavar os cabelos e cuidar deles com carinho. Na hora de dormir, por exemplo, é preciso proteger os fios com uma touca de cetim ou de seda. Esses tecidos são fluidos e não enroscam no cabelo, puxando e causando atrito.

Pode dormir com bigudinho no cabelo?

Depois de enrolar o cabelo com os bigudinhos, você pode dormir com o acessório na cabeça. É o que muitas pessoas em transição capilar fazem, já que, quanto mais tempo enrolado no bigudinho, mais definidos ficam os cachos.

Quantos bigudinhos precisa usar no cabelo?

A quantidade necessária de bigudinhos vai depender do volume dos seus fios e do resultado que você espera. Se quiser mais cachos e menores, compre uma quantidade maior de bigudinhos pequenos e finos. Caso prefira ondas maiores, opte pelos mais grossos.

Bigudinho funciona mesmo?

Se você usar da maneira certa, com paciência para enrolar mecha a mecha e esperar o cabelo secar bem, sim. O ideal é fazer depois de lavar os cabelos.

Sugestão de produtos

Para que o resultado da texturização com bigudinhos fique bonita, é preciso que os seus fios estejam limpos e bem cuidados. Para isso, use produtos específicos para o seu tipo de cabelo.

Sugerimos o shampoo e condicionador Seda Crespo Force by Gabi Oliveira. Ideal para cabelos crespos ou super cacheados, essa dupla traz o mix do óleo de marula e manteiga de karité para manter o cabelo hidratado, macio e cheio e brilho.

Para dar aquela maõzinha na texturização e também revitalizar os cachos no dia seguinte, a gente indica o Spray Seda Boom Day After, que ajuda a dar nova vida aos fios.

Inspire-se

Inscreva-se na nossa newsletter e receba dicas exclusivas para cabelos incríveis