Alongamento de cabelo crespo: conheça os tipos

Fio a fio, cola de queratina, entrelaçamento, microlink e adesivamento são técnicas de alongamento de cabelo crespo. Confira!

Ter os cabelos longos, com cachos volumosos e cheios de balanço pode parecer uma realidade distante para grande parte das mulheres, já que deixar crescer o fio crespo exige tempo, paciência e cuidados exaustivos, uma vez que o formato espiralado dos fios faz com que eles encolham consideravelmente quando secos, ou seja, sempre parecem mais curtos do que realmente são. Assim, o alongamento de cabelo é a alternativa para quem tem o real desejo de ter, nem que seja por alguns meses.

Técnicas de alongamento de cabelo para quem tem fios crespos

Alongamento com cola de queratina

É uma das técnicas mais conhecidas de alongamento. Nesse tipo, finas mechas de cabelo são aplicadas usando uma cola especial de queratina que é aquecida com uma pinça profissional para megahair. Os profissionais costumam usar tufos finos e leves de extensões para não tracionar a raiz dos cabelos, o que pode causar dor de cabeça e até mesmo queda dos fios naturais.

Feito de maneira minuciosa e delicada, o alongamento com cola de queratina se adapta bem ao cabelo, criando um caimento natural que serve tanto para dar volume, quanto para aumentar o comprimento.

Esse tipo de alongamento deve ser evitado apenas por quem cabelos afro muito sensibilizados, assim como fios que estão danificados por processos químicos anteriores. E, embora a aplicação não danifique os cabelos, esse tipo de extensão precisa de cuidado especial para ser retirado, sendo necessário usar um removedor e um alicate especial para remover a cola de queratina.

Alongamento fio a fio (nó italiano)

Muito usado por quem tem cabelos crespos, porém indicado também para os demais tipos de cabelo, no alongamento fio a fio, o cabelo natural é torcido para receber pequenas mechas das extensões que são presas com a ajuda de um elástico especial (elastex).

Essa técnica exige a escolha de um profissional extremamente qualificado, pois, como o cabelo é torcido bem rente a raiz para receber a extensão, algumas mulheres relatam sentir dor de cabeça tamanha a pressão e a tração causada pelo método quando ele é mal executado. Em alguns casos, o couro cabeludo pode até mesmo inflamar e formar feridas na cabeça devido às amarrações muito fortes.

Método trançado ou entrelaçamento

Indicado sobretudo para quem quer um alongamento de cabelo que permita a escolha de uma textura nova para os cabelos, nesse tipo de megahair o cabelo natural é completamente amarrado em tranças rasteiras que servem de base para telas de extensões que são costuradas às tranças respeitando o caimento natural do cabelo.

Esse método é também muito usado por quem deseja deixar o cabelo crescer naturalmente, livre de químicas.

Adesivamento

É o tipo de alongamento mais rápido para ser feito e também mais indicado para criar um volume imediato em cabelos pouco densos, porém, seu efeito não é tão natural, já que são coladas faixas inteiras de cabelo e, dessa forma, o volume não é montado sob medida como no alongamento fio a fio ou no de queratina.

Nesse método, as faixas de cabelo adesivadas são intercaladas com uma camada fina de cabelo natural, que dá sustentação ao aplique. Como a tração é bem leve, esta é uma boa opção de alongamento já perdeu cabelos com alongamentos anteriores (alopecia cicatricial) ou sofre de calvície.

Microlink

Se você deseja criar nuances de cor sem precisar recorrer à química, o alongamento por microlink é uma boa opção. Nele, as mechas são presas ao cabelo com um anel de aço que é fixado usando um alicate.

Como este tipo de alongamento não é feito tão próximo da raiz, é o que menos oferece dano aos cabelos. Além de ser muito utilizado para inserir mechas mais claras, é também recomendado para corrigir falhas pontuais nos cabelos.

Dicas de produtos

Como você leu, quando o cabelo está com aplique, ele precisa receber uma limpeza profunda no couro cabeludo. Sugerimos o Shampoo TRESemmé Expert Perfeitamente (des)arrumado, que ajuda a eliminar toda a oleosidade prejudicial à saúde dos cabelos. Quando for fazer hidratação, nossa dica é o Creme de tratamento Dove Recuperação Extrema, que ajuda a reconstruir a fibra capilar, nutrindo profundamente os cabelos. Depois que retirar o aplique e sentir que os fios estão caindo, procure por produtos que combatam a queda capilar, como o Creme de Pentear Dove Controle de Queda que reduz a quebra dos fios e previne a queda ao pentear.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)