Dá para acabar com a caspa no cabelo crespo de vez? Saiba!

Quer acabar de vez com a caspa no cabelo crespo? A gente te conta se isso é possível.

Acabar com a caspa no cabelo crespo, assim como nos demais tipos de cabelos, é difícil. O problema acontece por conta de uma alteração no ritmo de produção de células novas no couro cabeludo. As mortas se desprendem e caem, espalhando-se sobre os fios e sobre o corpo. Essa mudança na velocidade de renovação celular pode acontecer por várias razões, entre elas, a proliferação exagerada de um fungo natural da pele, a pré-disposição genética, o excesso de oleosidade ou de ressecamento. As glândulas sebáceas passam a produzir óleo em quantidade maior do que o necessário e isso estimula o surgimento da caspa.

Quem sofre com a caspa no cabelo crespo se sente mal porque os flocos ou pontos brancos causam constrangimento. A má notícia é que, no caso de quem tem uma pré-disposição genética ao problema, não há cura. A boa é que existem maneiras de controlá-lo.

Hoje é fácil encontrar no mercado diversos produtos que prometem combater a caspa. Alguns dos princípios ativos são os de efeito adstringente, como o zinco, que estreitam os poros e diminuem as secreções, ajudando a controlar a oleosidade. Há também o grupo dos agentes queratolíticos. Eles separam as ligações entre as células unidas na camada externa do couro cabeludo. Assim, quando elas se desprendem, não estão unidas entre si e não se acumulam, tornando o sintoma da caspa menos agressivo. O enxofre e o ácido salicílico são exemplos.

Já os antiproliferativos, como o alcatrão e o sulfeto de selênio, diminuem a velocidade de produção das células e, por consequência, a descamação. Existem também os antifúngicos, que eliminam o fungo causador do problema. cetoconazol e octopirox são alguns dos mais conhecidos.

Trate a caspa sem prejudicar os crespos

Se há alguns anos fazer tratamento para acabar com a caspa significava abrir mão da beleza e da hidratação do cabelo, hoje saiba que isso não faz mais sentido. Com as novas tecnologias e fórmulas, existem shampoos e condicionadores que combatem o problema sem ressecar o cabelo. Uma boa dupla que ajuda no combate do problema e deixa os fios hidratados é a de shampoo e condicionador Anticaspa Clear Hidratação Intensa. O Shampoo Anticaspa Clear Sports Women Limpeza Hidratante também é uma opção legal.

Hábitos mais saudáveis

Já ouviu falar que você é o que você come? A ideia é essa mesmo. Portanto, manter uma alimentação balanceada, rica em vitaminas e sem excesso de gordura, é o primeiro passo para combater qualquer problema, inclusive a caspa. Beber bastante líquido também ajuda a manter o corpo hidratado e o funcionamento regular.

Transformar a rotina de cuidados diários também ajuda a controlar e a tratar a caspa. O primeiro passo é evitar os banhos muito quentes, porque a água em alta temperatura funciona como um estímulo para as glândulas sebáceas. Lavar os cabelos todos os dias para ajudar a controlar a oleosidade também ajuda a piorar o problema, alterne os dias de lavagem (o ideal é fazer isso três vezes por semana).

Jamais durma de cabelos molhados, já que o couro cabeludo úmido é o ambiente ideal para a proliferação de fungos. Não descuide da alimentação, já que uma dieta cheia de alimentos gordurosos também não ajuda a resolver o problema.

Química no cabelo crespo, como alisamentos ou tintura, podem ocasionar a caspa, se você tiver o couro cabeludo sensível. Se for se submeter a algum procedimento desse tipo, escolha um profissional de confiança e peça que ele avalie seu couro cabeludo primeiro. Melhor ainda é pedir a opinião do seu dermatologista.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)

Próximo