Relaxamento para cabelos cacheados: veja como funciona a aplicação e quais são os cuidados

Descubra como funciona o relaxamento capilar para cabelos cacheados — um procedimento que promete abrir os cachos e diminuir o volume.

O volume dos cabelos cacheados e crespos é algo incrível, mas se você deseja uma mudança capilar, o relaxamento pode ser uma opção de diminuir o volume dos fios, sem alisar seus cachos!

Quer saber mais sobre como funciona o procedimento? Conversamos com a cabelereira Eliane Pavini para descobrir todos os detalhes do procedimento.

O relaxamento capilar “é uma técnica usada para reduzir o volume e deixar os cachos mais definidos”, resume Eliane. Com a aplicação de produtos químicos específicos, o procedimento altera a estrutura capilar, deixando a haste do cabelo mais maleável.

Assim, fica mais fácil manter o volume excessivo sob controle, sem acabar com os cachos ou estragar os fios.

Relaxamento capilar em cachos é o mesmo que alisamento?

Não! Há quem confunda relaxamento com o alisamento como a progressiva, mas na realidade, a técnica é recomendada para quem tem cabelos crespos e cacheados porque o objetivo do relaxamento é reduzir o volume, aumentar a definição dos cachos e garantir mais movimento aos fios.

Com a aplicação de produtos químicos específicos, o procedimento altera a estrutura capilar, deixando a haste do cabelo mais maleável. Assim, fica mais fácil manter o volume excessivo sob controle.

Ou seja, se o seu objetivo é alisar os fios, melhor optar por outro procedimento.

Quer saber mais sobre alisamentos? Conheça os principais tipos de produtos para alisar o cabelo.

Prós e contras de fazer relaxamento em cabelos cacheados?

Considerando os benefícios do relaxamento e se esse procedimento é ideal para você? Te apresentamos os prós e contras abaixo!

Os benefícios do relaxamento em cabelos cacheados

  • Possui fórmula menos agressiva comparada a outros tipos de procedimentos semelhantes.
  • Ajuda a dar mais brilho e maciez aos fios.
  • Auxilia com a definição dos cachos e redução do frizz.

Os riscos de fazer relaxamento em cachos

  • Ainda que seja menos agressivo, o relaxamento é um procedimento químico que danifica os fios.
  • Caso aplicado da maneira errada, o relaxamento pode alisar o cabelo.
  • É um procedimento que precisa de manutenção constante.

Qual o melhor relaxamento para cabelos cacheados?

Existem duas opções populares para o procedimento — o hidróxido de guanidina e o tioglicolato de amônia. Ambas a substâncias agem diminuindo o volume, a diferença está na duração e eficácia do procedimento.

A guanidina é considerada mais eficiente para o procedimento, dependendo da mistura realizada, a intensidade do relaxamento pode variar entre normal, suave o fraca.

Já o tioglicolato, ele age de maneira menos agressiva, apenas realinhando os fios, sem mudar definitivamente a estrutura — dessa forma, esse tipo de relaxamento precisa ser reaplicado no cabelo por completo depois de um tempo.

Sendo assim, o retoque pode ser feito após cerca de dois meses, pois os fios costumam começar a retornar ao formato original. Lembrando que o relaxamento com hidróxido de guanidina é refeito apenas na raiz.

Cuidados pré-relaxamento em cachos

Se você optou mesmo por fazer um relaxamento, nada de entrar no primeiro salão de beleza que vê pela frente ou de escolher o mais barato.

“Os cuidados começam na hora de escolher um bom profissional, que saiba indicar a melhor técnica para a cliente”, recomenda Pavini.

A orientação é procurar informações sobre o cabeleireiro, para saber se ele realmente tem conhecimento suficiente para fazer o diagnóstico e, claro, o procedimento.

Vale pesquisar bastante, conversar com o expert, com outros clientes e procurar avaliações na internet para garantir que a técnica e produtos utilizados não estragarão com seus cachos.

Então, ao escolher o salão e o profissional, pergunte a ele tudo sobre a técnica, sobre o produto e veja se essa é mesmo a solução mais recomendada para o seu tipo de cabelo.

Relaxamento em casa? Não arrisque!

Algumas perfumarias vendem cosméticos para fazer o relaxamento em casa, sem a ajuda de um especialista, mas essa não é uma atitude recomendada.

Em casa você não tem acesso aos melhores produtos nem ao conhecimento técnico necessário. Por isso, é importante fazer o procedimento com um profissional.

“Ainda existe o risco de um corte químico, ou seja, quando acontece uma desestruturação da fibra capilar, que faz com que os cabelos quebrem e caiam. Além disso, o processo pode dar errado: os fios podem ficar muito lisos ou não relaxados o suficiente. Portanto, o ideal é que a técnica seja realizada em um bom salão, com um cabeleireiro de confiança”, ressalta Pavini.

Como cuidar dos cachos pós-relaxamento?

O relaxamento é um procedimento químico, que altera a forma natural do cabelo, portanto, capriche nos tratamentos para manter os cachos definidos, com volume na medida certa e, sobretudo, saudáveis.

O tratamento para reestruturação dos fios com aminoácidos essenciais, vitaminas, agentes hidratantes e condicionantes é fundamental! Invista em procedimentos que garantam a reposição da massa capilar, além disso, faça hidratações semanais em casa e ao menos uma vez ao mês no salão de cabeleireiro.

Na rotina de cuidados diários, opte por shampoos, condicionadores e máscaras específicos para fios crespos e cacheados com químicas. “Faça o tratamento uma vez por semana ou pelo menos a cada quinze dias”, recomenda a especialista.

Para ela, é importante ouvir as dicas do profissional que realizou o procedimento, ele vai ensinar a tratar o seu cabelo, manter a saúde e prolongar a duração do relaxamento.

Sugestões de produtos

Procure usar produtos que sejam específicos para cabelos que receberam química, como o Shampoo TRESemmé TRESplex Regeneração e o Condicionador TRESemmé TRESplex Regeneração.

Para um tratamento mais profundo, sugerimos Máscara Dove 1 Minuto Fator Nutrição 80+.

Artigo anterior
Artigo seguinte
Decoration image
Decoration image