Como descolorir os cabelos sem perder os cachos

Aprenda a descolorir os cabelos sem causar danos aos fios, nem desmanchar os cachos.

Um dos maiores medos de quem resolver arriscar uma cor totalmente diferente no cabelo é a hora de descolorir, principalmente quando se trata de fios cacheados. Para retirar todo o pigmento, a mistura química precisa ser forte o suficiente para abrir a cutícula (a parte externa do fio) e penetrar no córtex (a camada interna do fio), onde se deposita a melanina.

Acontece que no meio do caminho, além de retirar a cor, o descolorante também pode quebrar as ligações de enxofre, que dão forma ao cabelo cachado. É por isso que, muitas vezes, ao se levantar da cadeira do cabeleireiro com fios platinados, você se depara com uma falta de definição que dá vontade de chorar.

Antes de se desesperar e de desistir da mudança de tom, tenha calma e confira nossas dicas. Com alguns cuidados, dá, sim, para investir em um processo como esses sem danificar os cachos.

Antes de descolorir…

O primeiro passo para garantir que seus cachos vão sair ilesos de um processo de descoloração é fortalecê-los. Pelo menos um mês antes do dia de descolorir, já comece um tratamento preventivo intenso, com sessões de hidratação duas vezes por semana e umectação, com óleo vegetal nutritivo, uma vez por semana. Assim você garante que seus fios estarão preparados para passar por qualquer situação.

Não lave o cabelo por dois dias antes do procedimento, porque a oleosidade natural produzida no couro cabeludo pelas glândulas sebáceas também ajuda a protegê-lo.

Na hora de passar

Quem vai descolorir os fios no salão, deve conversar com o profissional antes, para contar todo o histórico do cabelo e garantir que ele escolha os produtos certos, para não haver nenhuma reação indesejável, como o temido corte químico.

Peça também que o profissional realize um teste em uma mecha pequena, na nuca, para saber qual será a reação do seu cabelo ao descolorante. Assim, fica mais fácil corrigir eventuais problemas.

Se for fazer em casa, tenha muito, mas muito cuidado mesmo. O ideal é que você já tenha alguma experiência no assunto. Caso contrário, é melhor não arriscar. A primeira dica é não aplicar o descolorante com pente fino e sim com um pincel. Com o pente, você vai puxar e esticar o fio que estará vulnerável, com as cutículas abertas, facilitando ainda mais a quebra das pontes de enxofre. E aí, adeus cachinhos.

Com o produto já nos fios, amasse as pontas, como você faz depois que passa o leave-in ou ativador de cachos, sabe? Assim, enquanto o descolorante age, seus fios estão enrolados e isso dá uma mãozinha na hora de evitar que os cachos se desfaçam.

Preste atenção no tempo de ação do produto, para não expor demais os cachos à ação química potente do descolorante. No final, é preciso usar um neutralizante, que interrompe totalmente a ação e ajuda a selar as cutículas.

A manutenção

Descoloriu? Saiba que os cuidados não acabam por aí. Agora, é preciso redobrar a atenção com os cabelos, para garantir que eles se recuperem da agressão causada pelo processo químico, mantenham os cachos e segurem a nova cor. Para isso, é fundamental usar uma linha de shampoo, condicionador e máscara formulada especificamente para quem tem fios coloridos.

A hidratação deve ser feita duas vezes por semana. Uma boa dica também é começar a seguir o cronograma capilar e montar uma frequência de hidratações, restaurações e nutrições. Assim, você garante cachos lindos – da cor que você quiser!

Sugestões de produtos: Experimente o Shampoo TRESemmé Blindagem Platinum e o Condicionador TRESemmé Blindagem Platinum, eles tem baixo PH, ajudando assim a devolver o equilíbrio do cabelo quimicamente tratado. ECreme Leave-in Nexxus Emergencée favorece a deixar seu cabelo mais macio e reduz o frizz.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)