Você sabe o que são bantu knots?

All Things Hair | 02 julho 2016

Coquinhos feitos em todo o cabelo, eles podem ser um penteado afro ou servir para definir o cacheado.

 

Bantu knots são pequenos coques feitos em toda a extensão do cabelo. Você já deve tê-los visto por aí: são especialmente populares na gringa, mas têm se popularizado também no Brasil. Existem, pelo menos duas boas razões para aprender a fazer bantu knots: eles são um tipo de penteado e eles também são uma forma de estilizar seus cabelos, definindo cachos.

O nome é inspirado em um grupo etnolinguístico africano e a origem do penteado remete à cultura afro. É em cabelos cacheados e crespos que ele mantém as características que fizeram com que se tornasse sucesso.  Além do mais, o bantu knots desponta como uma opção a mais para quem está em transição capilar ou já assumiu os cachos naturais há tempo.

Contudo, seja nas passarelas ou no street style de grandes cidades, é comum vê-lo em outros tipos de cabelo. O jeito de fazer é o mesmo para fios lisos ou crespos, embora o resultado seja um pouco diferente. Cacheados e crespos conseguem mais volume e firmeza nos coquinhos.

Bantu knots: o penteado

Comece lavando seu cabelo normalmente, com shampoo e condicionador próprio para seu tipo de cabelo. Como sempre, leve em consideração o jeito mais saudável de higienizar os fios, ou seja: use pouco shampoo, não repita a aplicação do produto, regule a temperatura da água de modo que esteja, no máximo morna. Indicamos o Seda Shampoo Hidratação Antinós, é feito com raiz de amoreira e fusão de óleos sem sal, ajuda a hidratar e deixar os fios mais suaves e macios.

Para terminar, enxágue bem, livrando-se de todo resíduo de produto. E coloque os fios sob jatos de água fria, para terminar, porque isso faz com que as cutículas das hastes capilares se fechem, aumentando o brilho. Enxugue o cabelo e deixe que ele se torne úmido (naturalmente ou com a ajuda do secador) e passe creme para pentear. Indicamos o TRESemmé Creme Para Pentear Expert Perfeitamente (des)Arrumado, que ajuda a desembaraçar os fios e controlar o frizz.

O cabelo encharcado não serve para ser modelado com os coquinhos. Já os fios úmidos são ideais para isso. Separe o cabelo em quadrados, com a ajuda do cabo de um pente, tentando manter mais ou menos a mesma quantidade de fios em cada um deles. Coloque presilhas para segurar as mechas.  Você vai ver que o aspecto é, realmente, de um repartido quadriculado.

Pegue a mecha equivalente aos fios de um quadrado e divida em duas. Enrole uma na outra, fazendo um twist, depois enrole-a bem firme em direção ao couro cabeludo. O coquinho que será originando pode ser preso com a ajuda de um elástico de silicone ou grampos.  Repita o mesmo em todas as mechas.  Quando o cabelo todo estiver preso em coques pequenos, o penteado está pronto.

Modelo usa bantu knots na parte de cima do cabelo afro
Se preferir, dá para fazer coquinhos em apenas uma parte do cabelo

Bantu knots: para estilizar

Se o objetivo for modelar cachos, a partir do bantu knots, deixe o cabelo secar bem, antes de desfazer os coquinhos. Você pode dormir com penteado e retirar os grampou ou o elástico (basta cortar o silicone) no dia seguinte. Também pode usar o secador de cabelo para agilizar o processo.

O resultado são cachos muito definidos e bem separados uns dos outros. Se preferir um aspecto menos marcado, passe um produto finalizador na mão (como cera ou óleo essencial) e delicadamente divida as mechas definidas em novos cachos. Assim, seu cabelo ganha mais textura e volume!  Nossa sugestão é o Óleo Nexxus Oil Infinite, que garante maciez aos fios. 

Há também como unir as duas utilidades dos bantu knots, usando-os, primeiro, como um penteado e, depois, aproveitando o cacheado do “day after”. Sem contar que, dominando a técnica, dá para criar novas formas de prender seu cabelo, como colocando apenas alguns coques na parte da frente e deixando o resto dos fios soltos. Experimente!

 

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.