Big chop: você está preparada?

All Things Hair | 11 maio 2016

O big chop é a etapa mais importante da transição capilar. Será que chegou a sua hora? Veja como passar por esse período da melhor maneira possível!

Nem sempre se livrar da escova progressiva é tarefa fácil. Na verdade, é mais difícil do que se imagina: para ter os cachos naturais novamente, só cortando os cabelos! Esse corte especial ganhou o nome de “big chop”, ou o “grande corte” em português, tamanho o significado dele na transição capilar.  Entre as mulheres de fios cacheados, o corte foi carinhosamente apelidado de BC e virou símbolo de liberdade e aceitação.

A transição capilar é um processo de aceitação da textura natural do cabelo e consiste em deixar os fios crescerem naturalmente enquanto corta-se, geralmente aos poucos, as pontas que possuem química. Por isso, é preciso ter certeza de que você é capaz de encarar o processo sem apelar novamente para o alisamento.

Big chop: quando é a hora certa de fazer?

A resposta é bem simples: o big chop deve ser feito quando você está preparada. E, uma vez que o significado do corte é tirar completamente a química do cabelo, raspar os fios no zero pode ser uma opção a ser considerada – mais ousada e corajosa, claro. Mas isso também não significa que será fácil esperar os fios crescerem até o comprimento desejado.

Ter ao mesmo tempo raiz ondulada com comprimento liso pode mexer com a autoestima! Além disso, é preciso cuidar dos fios de maneira especial: primeiro porque os cabelos cacheados têm necessidades diferentes dos fios lisos. E segundo porque o cabelo então alisado está danificado por causa da química. Percebe o problema?

Cuidados especiais durante a transição

Durante o processo de transição capilar, os fios precisarão de muita hidratação. É que a distribuição da oleosidade na haste capilar não ocorre de maneira adequada nos fios cacheados, uma vez que ele possui o formato de espiral. E, bem, o sebo produzido pelo couro cabeludo forma uma película em volta do fio e evita que ele perca água: sem essa oleosidade, os fios ficam expostos à desidratação. Daí vem a importância de repor a água perdida. O indicado é fazer hidratações semanais.

Outro tratamento importante para quem tem fios cacheados é a umectação. Ela funciona como um repositor da oleosidade capilar e cria a película protetora que não foi distribuída até as pontas dos fios. O tratamento pode ser feito com óleos vegetais, como óleo de coco, jojoba ou argan. Esse tratamento deve ser feito, pelo menos, a cada quinze dias. Tanto a hidratação quanto a umectação são tratamentos que deverão fazer parte da nova rotina cacheada.

Como disfarçar a raiz

Enquanto os fios não crescem o bastante para que seja feito o big chop, é possível disfarçar o nascimento da raiz com alguns truques. A maneira mais fácil é usando faixas e bandanas – essa também é a maneira mais saudável, já que não danifica os fios. A segunda maneira é cacheando a parte lisa com modelador de cachos. Apesar de eficaz, essa opção não faz tão bem para os fios. Lembre-se que a parte lisa é danificada pela química e o calor do aparelho danifica ainda mais o fio.

Sugestões de produtos:

Invista em profundas hidratações diárias. Sugerimos o uso do Creme De Tratamento TRESemmé Keratin Smooth auxilia na hidratação, que promete deixar os fios restaurados, saudáveis e controlar o frizz. Já o Creme De Tratamento TRESemmé Selagem Capilar Crespo Original contém propriedades que ajudam no fortalecimento dos fios. Você pode optar também pelo o Creme de Tratamento Dove Recuperação Extrema, que auxilia na criação de uma barreira deixando os cabelos hidratados por mais tempo e ajudando a reconstruir a fibra capilar.

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.