Boa ação: como doar cabelo para fazer perucas?

Dar parte dos seu fios para instituições que produzem prótese capilar é uma boa ação na qual vale a pena investir. Saiba como!  

Vai fazer um corte radical e diminuir muito o comprimento? Em vez de jogar o resto dos fios no lixo, que tal doar cabelo para fazer perucas? Instituições de diferentes locais do Brasil recebem esse tipo de material, com o objetivo de confeccionar próteses capilares, principalmente para crianças e adultos em tratamento contra diversos tipos de câncer.

Na verdade, não é a doença, mas o tratamento que pode fazer com que os pelos do corpo fiquem frágeis e acabem por cair. O ciclo de crescimento do cabelo é interrompido e, assim, os fios que caem não se renovam. Por isso é que pacientes que passam por alguns tipos de quimio ou radioterapia acabam tendo queda capilar.

A visão de si mesmo sem cabelo pode prejudicar a autoestima e até mesmo comprometer a recuperação de quem tem câncer. Por isso é que próteses capilares são tão importantes. Elas devolvem uma aparência com a qual a pessoa já estava habituada (e sentia mais feliz!).

Em vez de desperdiçar o cabelo cortado, é bem melhor encaminhar o material para uma dessas instituições! Quer saber como doar o cabelo para fazer perucas? A gente passa o roteiro.

Mulher usa cabelo comprido preso num rabo, doar o cabelo para fazer perucas
Algumas instituições só aceitam doações acima de 20cm de cabelo.

Quer doar cabelo para fazer perucas?

Antes de mais nada, é importante selecionar a instituição para a qual você doar cabelo para fazer perucas.

Algumas delas, como a ONG Cabelegria, aceita cabelos a partir de 20 centímetros. Outras (como a Tesoura Sem Ponta), pedem doações acima de 15 centímetros. Infelizmente, se você só quiser cortar as pontinhas, o cabelo não pode ser aproveitado em perucas. Mas algumas instituições aceitam também quantias em dinheiro e recebem outros tipos de materiais, como alimentos e produtos de higiene. Fica a dica.

Doar cabelo para fazer perucas: passo a passo

Qualquer que seja a instituição e o comprimento de cabelo a ser doado, algumas regras são úteis. Vale a pena serem observadas.

  • Não importa se o cabelo é virgem ou se tem alguma química, como progressiva ou coloração. Em geral, cabelos cacheados são mais difíceis de encontrar e mais caros. Mas, como o Brasil é um país muito diverso, qualquer que seja seu tipo de fio e a cor dele, sua doação pode ser aproveitada.
  • Antes de cortar, lave o cabelo e seque-o. Isso é muito importante! O cabelo precisa ser encaminhado aos postos de coleta amarrado (com um elástico de cabelo), embalado (com um saco plástico) e seco. Fios molhados apodrecem e se tornam imprestáveis para a doação. Relembrando: seque o cabelo antes de cortar.
  • Ao ir ao salão de beleza, avise ao cabeleireiro que o cabelo será doado. Além de cortar a seco, ele deve amarrar o seu cabelo e passar a tesoura um centímetro acima do elástico. Depois de cortado, o rabo continua amarrado por esse elástico (prender fios já soltos do couro cabeludo é missão quase impossível).
  • Certifique-se de que o profissional está familiarizado com o procedimento e, caso contrário, sinta-se à vontade para pedir a ele que respeite esse procedimento. Se seu cabelo for liso, provavelmente após tirar a parte a ser doada, você será encaminhada ao lavatório e o corte terminará de ser feito com os fios molhados.
  • Com o cabelo já cortado e embalado, deposite-o pessoalmente nos postos de coleta ou envie a encomenda pelos correios. Algumas instituições dão até um certificado para doadores. Procure aquela que fica mais perto da sua casa ou que é melhor para você, por alguma outra razão. Saber como doar cabelo para fazer perucas é fácil. O procedimento é rápido e barato. Já melhorar a autoestima de alguém que passa por um momento difícil não tem preço.

Sugestão de produto

Shampoo Seda Liso Extremo e  Condicionador Seda Liso Extremo, formulados para cabelos lisos de modo natural ou com química. E Serum-in-oil Dove Advanced Hair Series Regenerate Nutrition, que ajuda a nutrir os fios.