Você já mudou o cabelo para se sentir aceita? 48% das mulheres dizem que sim

Pesquisa encomendada por Tudo Pra Cabelo mostra que a tentativa de se adaptar a determinados ambientes faz com que mulheres mudem seu próprio estilo. Em sintonia com esse assunto, Dove lança campanha #SeuCabeloSuaEscolha e reforça importância da autoestima e beleza real.

A liberdade de usar o cabelo do jeito que quiser faz parte de um longo processo de autoconhecimento e quebra de barreiras. É um “músculo” que precisa ser exercitado todos os dias para ouvir nossos desejos e respeitar a identidade e particularidade dos fios. Esse desafio é ainda maior para nós, mulheres, já que nossos cabelos fazem parte inegável de uma grande parcela da identidade de cada uma – e principalmente de como o mundo nos enxerga.

Em uma pesquisa encomendada pelo Tudo Pra Cabelo, a Opinion Box levantou alguns dados importantes: 1 em cada 2 mulheres já mudou o estilo de cabelo para se sentir mais aceita em um determinado ambiente.

Mas por que isso é tão recorrente?

Isso acontece ao mesmo tempo em que lutamos contra preconceitos e padrões estéticos para, enfim, conseguirmos nos posicionar no mundo – e de forma constante,  pois essa é quase uma provação diária para muitas mulheres.

Vamos começar pelos ambientes de trabalho: eles podem ser um dos mais opressores, principalmente aqueles formais. Nos custa a acreditar que, em 2021, muitas empresas continuam excluindo candidatos de processos seletivos por conta de seus cabelos.

As mulheres crespas, principalmente, são as maiores vítimas disso. Aquelas que não apresentam cachos bem definidos, muitas vezes, acabam sequer entrando na lista de candidatos a serem considerados pelos recrutadores.

Isso faz com que muitas delas recorram aos alisamentos, por exemplo, na tentativa de camuflar uma característica que, na verdade, deveria ser valorizada – os traços particulares de cada um.

Há, ainda, as mulheres de cabelos coloridos, que muitas vezes precisam abrir mão do seu estilo porque, segundo seus empregadores, precisam transmitir mais “credibilidade” – e a lista segue.

Pressão da família e piadas dos amigos são outros fatores que podem influenciar mulheres a fazer uma mudança de visual “forçada”, na tentativa de frear os comentários de mau gosto.

Das mulheres entrevistadas, 6% delas responderam que essa situação [de mudar o estilo para se sentirem aceitas] sempre ocorre, enquanto outras 15% afirmaram que isso acontece muitas vezes. Um percentual de 27% disse que essa pressão interna ocorre algumas vezes em suas vidas.

Ao mesmo tempo, esse estudo de caso também traça um cenário interessante, em que aponta que 64% das mulheres usam “sempre” os seus cabelos naturais, sem alterar o formato – o que propõe a reflexão de que a autoaceitação da real beleza de cada mulher segue numa (feliz!) crescente.

#SeuCabeloSuaEscolha: Dove entende bem quando o assunto é cabelo e autoestima

Nossos fios, mais do que grandes pelos que se prendem ao couro cabeludo, são uma das formas de transmitirmos personalidade e expressar quem somos. Daí a importância de nossos desejos capilares estarem alinhados e em harmonia com o que mostramos ao mundo.

arte representando mulher de cabelo longo colorido
Arte: Bruna Frog

Dove entende bem desse assunto, já que a missão da marca é inspirar mulheres a terem uma relação cada vez mais positiva com a sua aparência, além de incentivar a valorização da beleza real.

Com a campanha #SeuCabeloSuaEscolha, Dove reforça essa missão de inspirar as mulheres a desenvolverem uma relação de amor com a sua aparência para poderem, finalmente, expressar suas identidades através dos fios.

Cinthia, Natalia e Mariana são as protagonistas dessa campanha. São mulheres fortes, que conseguiram superar as dificuldades que tiveram ao longo da vida e contam como os seus cabelos tiveram papel essencial na construção da autoestima e identidade para atravessarem esses momentos.

Natalia, por exemplo, nunca viu o seu cabelo crespo representado nas bonecas que brincava na infância. Já Cinthia encontrou a sua voz usando dreadlocks, inspirada no filho. Mariana se sentia pressionada a pintar os fios e mantê-los curtos para estar bonita, mas percebeu que assumir os cabelos brancos era o que faltava para confiar mais nela mesma.

“O cabelo é a representação e o reflexo de uma história pessoal e sempre foi um meio de expressão e comunicação muito forte. Com a missão de promover mudança na luta contra a discriminação dos cabelos, as mulheres ativarão uma voz forte em nome da mudança em relação a causas quebra de estereótipos, discriminação racial, de idade e de gênero. Mas, acima de tudo, a resiliência das mulheres e o encontro consigo mesmas através dos cabelos.”, comenta Fernanda Gama, Gerente de Dove no Brasil.

E você também pode fazer parte desse movimento! Compartilhe a sua história de superação, em que o cabelo tenha sido parte da trajetória com a hashtag #SeuCabeloSuaEscolha nas redes sociais e inspire outras mulheres a fazerem o mesmo.

Cabelo e autoestima: relação refletida em números

Na nossa pesquisa o resultado só confirma como os fios têm um grande papel na autoestima das mulheres. Quando perguntadas sobre os efeitos e sentimentos que os cabelos são capazes de proporcionar, 69% das mulheres entrevistadas responderam que suas madeixas fazem elas se sentirem bem consigo mesmas.

Na sequência, vem a resposta “empoderada”, com um percentual de 19%. “Fashion” e “profissional” apareceram no ranking com 7% e 3% das preferências, respectivamente.

Os estilos capilares favoritos das mulheres

Nossa pesquisa também perguntou “Qual o seu estilo de cabelo favorito para o trabalho?” e “Qual o seu estilo de cabelo favorito no fim de semana?”. O resultado foi o mesmo ganhador para as duas perguntas: o cabelo solto.

Cabelo solto é libertador

O uso do cabelo solto apontado como o estilo preferido das mulheres, seja no trabalho (45%) ou no final de semana (71%), outro dado que pode traduzir potenciais libertações capilares e uma busca por rotinas mais simplificadas e versáteis.

Como escreveu a hairstylist Virginia Barbosa no artigo “Cabelo solto é liberdade!”, esse estilo representa uma tomada de poder das próprias vontades.

Penteados presos simples e práticos, como o rabo de cavalo e coque, também são queridinhos para ir ao trabalho e aproveitar o final de semana. O primeiro foi mencionado por 26% das mulheres como o estilo predileto para trabalhar e por 9% como o eleito pro fim de semana.

Já o coque é a escolha de 25% das mulheres para encarar o expediente e de 15% para curtir os dias de folga.

E é claro que separamos um montão de ideias fáceis para te inspirar no dia a dia, né? Vem ver:

Sugestão de produtos

Não importa qual o seu tipo de cabelo: liso, ondulado, cacheado, crespo… Todo mundo precisa de fios fortes e saudáveis! O Shampoo e Condicionador Dove Ritual de Crescimento é ideal para te ajudar nessa missão. Suas propriedades fortalecedoras se devem à mistura de ingredientes naturais na fórmula, como a flor de equinácea e chá branco.

Além disso, pelo menos uma vez por semana, é importante investir em um tratamento mais profundo. A Máscara Dove 1 Minuto Fator de Nutrição 50+ é um concentrado nutritivo ideal para recuperar danos causados por ferramentas de calor e deixar os fios nutridos e sedosos.

Inspire-se

Inscreva-se na nossa newsletter e receba dicas exclusivas para cabelos incríveis