Óleo de rícino no cabelo pode ser a solução para conquistar fios longos

Tati Barros | 08 junho 2019
Modelo com cabelos longos ruivos

Descubra agora tudo o que você precisa saber sobre os benefícios do óleo de rícino!

Ter fios compridos e sedosos é o seu sonho de princesa? Se a resposta for sim, pode ficar tranquila que isso não é algo tão difícil assim de realizar, desde que você invista nos produtos certos. E quando falamos isso, não quer dizer que precisa investir rios de dinheiro, viu? Um exemplo de um bom custo-benefício para os fios é o óleo de rícino.



O que é o óleo de rícino?



Esse é um óleo que é extraído das sementes de uma planta chamada “Ricinus communis”, conhecida popularmente como mamona. Com ele também pode ser feito o azeite de rícino, que é usado na fabricação de plásticos, pinturas e cosméticos (na produção de cílios postiços).

Porém, não é apenas para fabricar esses produtos que o óleo de rícino pode ser utilizado. Ele também é famoso por ajudar no crescimento das fibras capilares. De que forma? Calma que é isso mesmo que vamos te explicar agora!

O que acontece, é que o óleo é rico em propriedades antioxidantes, ômega 6 e ômega 9, e vitamina E. Esses nutrientes são responsáveis por fortalecer e ajudar os fios a crescerem saudáveis e fortes.

E dica extra: até o crescimento das sobrancelhas e dos cílios podem ser beneficiados por esse óleo, sabia?

Mulher com cabelo castanho ondulado
Quer ter fios mais longos? A aplicação desse óleo pode ajudar a alcançar esse objetivo.

Quais os benefícios do óleo de rícino?

Além desses dois pontos que já destacamos, o uso desse produto também confere outros benefícios aos cabelos. São eles:

1. Restauração dos fios

O ômega 6 e o ômega 9 são ácidos graxos essenciais, que assumem a missão de selar as cutículas. O resultado disso é que eles ajudam na recuperação dos fios que se encontram elétricos e ressecados.

2. Dose extra de hidratação

Alguma dúvida de que os ácidos graxos são BFFs do nosso cabelo? Mais uma prova disso é que eles ajudam a manter os fios hidratados. E isso acontece porque esses nutrientes formam uma película ao redor da fibra capilar, o que impede a perda de água.

3. Para quem sofre com oleosidade

Seus fios são daquele tipo que você lava de manhã e à tarde já está oleoso e com um aspecto de sujeira? Isso acontece porque há uma excessiva produção de oleosidade pelas glândulas sebáceas.

A aplicação do óleo de rícino no couro cabeludo por alguns minutos, enquanto você toma banho, pode ajudar nesse controle. Deixe agir enquanto você ensaboa o restante do corpo e, em seguida, lave normalmente com o shampoo.

4. Adeus à caspa

Só quem sofre com essas descamações do couro cabeludo sabe como as caspas são incômodas. E o óleo pode ajudar no combate a elas, uma vez que ele possui propriedades antifúngicas que limpam o couro cabeludo.

Mas atenção: nunca use qualquer produto para tratamentos sem consultar antes o seu dermatologista, hein? Se usado de forma errada, ele pode agravar o problema!

Como usar o óleo de rícino e conquistar um cabelo de Rapunzel?

Primeiro de tudo, é preciso entender que, embora o óleo de rícino possa ser um ótimo aliado na missão de conquistar cabelos longos e brilhosos, ele não tem o poder de fazer isso sozinho.

Dito isso, procure usar shampoo, condicionador e máscaras de tratamento específicos que limpam e hidratam, sempre investindo naqueles próprios para o seu tipo de fio.

Mulher com cabelo cacheado longo aplicando produto
Você pode aplicar o óleo de rícino no banho, antes de dormir ou ainda durante o processo de cronograma capilar. Tudo irá depender do seu objetivo.

Algumas formas de usar o produto são:

Para hidratar

Pingue algumas gotinhas do óleo de rícino à máscara de tratamento que você costuma usar na hidratação. Deixe a mistura agir por trinta minutos e, em seguida, lave bem, retirando por completo os produtos dos fios.

Sugestão de produto: Se o que os seus fios precisam é de hidratação, nossa dica de produto é a Máscara de Tratamento TRESemmé Detox Capilar, que ajuda a cuidar das cutículas enfraquecidas e danificadas. A sua fórmula não contém parabenos, nem corantes.

Máscara de Tratamento TRESemmé Detox Capilar

Para crescimento capilar

Misture duas colheres de sopa de óleo de rícino com duas gotas de óleo essencial de alecrim. Massageie bem o couro cabeludo.

Para proteção

O óleo de rícino também pode agir como um finalizador e protetor térmico. Por isso, vale aplicar algumas gotas no comprimento e nas pontas. Em seguida, pode usar o secador ou a chapinha tranquilamente, pois ele irá agir para evitar que as altas temperaturas prejudiquem os seus fios.

Para combater as pontas duplas

Quer uma combinação potente? Misture o óleo de rícino ao nosso queridinho óleo de coco. Aplique a mistura apenas nas pontinhas dos fios ainda sujos, deixe por 2 horas e lave normalmente.

Se quiser, pode ainda dormir com a mistura nos cabelos para deixar agir por mais tempo e lavar na manhã seguinte.

Mulher borrifando água no cabelo cacheado
O óleo de rícino pode ser usado como finalizador e, assim, proteger dos efeitos do secador, chapinha ou modelador de cachos.

Óleo de rícino no cronograma capilar

Sempre indicamos montar um cronograma capilar para recuperar profundamente os fios. Se você já é adepta desse tipo de tratamento, uma dica especial para a etapa da nutrição: Misture uma colher de chá de óleo de rícino e 2 colheres de sopa do seu creme de nutrição.

Aplique nos cabelos úmidos lavados apenas com shampoo, deixe agir por 20 minutos e enxágue. Não deixe de, em seguida, aplicar o condicionador, para fechar as cutículas e assim garantir que a nutrição permaneça nos fios.

Sugestão de produto: Se o que você precisa é devolver os lipídeos que os fios perderam, indicamos a Máscara de Tratamento TRESemmé Baixo Poo + Nutrição. O produto enriquecido com óleo de coco e água de coco. Esses ingredientes condicionantes proporcionam nutrição e revitalização máximas.

Máscara de Tratamento TRESemmé Baixo Poo + Nutrição

Para que tipo de cabelo o óleo de rícino é indicado?

Todos os tipos de textura podem receber esse produto, mas os cabelos cacheados e crespos costumam se beneficiar mais. Isso porque essas texturas tendem a ser mais ressecadas, pelo fato de terem o formato espiralado — o que dificulta o trajeto da oleosidade chegar até as pontas.

Mulher com cabelo cacheado longo
Tudo em excesso faz mal, hein? Nada de exagerar na aplicação do óleo de rícino para não sofrer com o efeito rebote.

Pontos negativos

Tudo em excesso faz mal. Se você não saber controlar a quantidade de óleo nos fios, pode acabar deixando-os oleosos. O indicado é usar uma colher de sobremesa de óleo.

A mistura de diferentes tipos de óleos pode acabar tornando os fios muito finos e suscetíveis à quebra. Não recomendamos fazer receitas caseiras que ensinam a misturar vários produtos com esse óleo nos fios. A incompatibilidade deles pode trazer resultados negativos.

Onde comprar o óleo de rícino?

Geralmente, o óleo é encontrado em lojas de produtos naturais, assim como em farmácias de manipulação. Mas atenção antes de comprar: leia bem a embalagem e confira se não há parafina, silicones e aromatizantes na composição.

Essa dica, aliás, é válida para qualquer óleo vegetal ou essencial, viu? Fique atenta!

O preço do óleo de rícino costuma variar entre R$ 20 a R$ 30.

Sugestão de produtos

Se o que você busca é um tratamento mais natural para os seus fios, isso também pode ser conseguido desde a lavagem. Para isso, é preciso apostar em produtos que sigam essa linha e adotem ingredientes naturais.

Nossa sugestão é o Shampoo Love Beauty and Planet Curls Intensify e o Condicionador Love Beauty and Planet Curls Intensify, que são veganos e ajudam limpar delicadamente e a manter os cabelos hidratados e com brilho.

Essa dupla foi especialmente desenvolvida para quem tem fios cacheados e quer mais definição e movimento para os seus cachos.