Entenda o que é a queratina, os benefícios e como usar na sua rotina capilar

Saiba como a queratina age no cabelo, entenda seus benefícios, como usar e incluir produtos com a proteína no seu dia a dia de cuidados com os fios, além de outras curiosidades.

A queratina é um dos ingredientes essenciais para manter o cabelo saudável. Incluir essa proteína na sua rotina de cuidados capilar é importante, já que ela é responsável por deixar os fios fortes, maleáveis, entre outras funções.

Por isso, a gente te explica para que serve a queratina, como repor a proteína perdida pelos fios, como investir em produtos com o ingrediente no dia a dia e outros benefícios.

A queratina é uma proteína composta por aminoácidos, especialmente a cisteína, naturalmente produzida pelo corpo. É possível encontrá-la no cabelo – 90% do fio de cabelo é composto por queratina – e também nas unhas.

A proteína tem a função de manter os fios fortalecidos e protegidos contra agressões externas.

Quais são os benefícios da queratina para o cabelo?

Nos cabelos, o nutriente pode ter muitos benefícios que ajudam a manter os fios saudáveis. Veja os principais:

  • Devolve nutrientes essenciais ao fio
  • Ajuda a reconstruir os fios
  • Redução o frizz
  • Alinhar os fios
  • Dar brilho
  • Maciez

O que causa a perda de queratina no cabelo?

A perda de queratina do cabelo pode acontecer por diversos fatores como submeter os fios a alisamentos, descolorações e até mesmo ao sol e a poluição do dia a dia, perde-se essa proteína – o que causa a abertura das cutículas e, consequentemente, fragilidade no cabelo.

“Mesmo que em grau bem menor, até o ato de pentear o cabelo gera algum prejuízo à queratina”, afirma Valcinir Bedin, tricologista de São Paulo.

Com o uso de produtos e a ajuda de tratamentos capilares, é possível fazer a reposição dessa proteína.

Como saber se o cabelo precisa de queratina?

Para identificar a falta de queratina no cabelo, basta fazer um teste simples: corra os dedos indicador e polegar da raiz às pontas dos seus fios para sentir a textura. Você deve observar se os fios estão ásperos e quebradiços. O ideal é que estejam suaves e macios.

Além disso, vale se olhar no espelho e prestar atenção na aparência deles. Cabelo com frizz em excesso, com pontas duplas espigadas e ressecado, precisa de reposição de queratina.

Qualquer uma dessas alterações significa danos na cutícula (camada externa do fio), o que pode sinalizar falta da proteína. E, claro, também é sempre muito válido bater um papo com seu cabeleireiro de confiança para entender a necessidade exata dos seus fios.

Modelo com cabelo black power em tom avermelhado
Foto: iStock

Vale frisar que, quanto mais fino o cabelo, maior costuma ser a perda. É o que normalmente pode se observar nos cabelos crespos, por exemplo. Embora pareçam fortes, na verdade os cabelos afro são os mais finos e sensíveis.

Nesse fio as cutículas estão ligeiramente abertas devido à forma elíptica e espiral do cabelo e com isso mais suscetíveis a danos. Cada curva no fio cria maior elevação da cutícula, tornando-o mais quebradiço. Portanto, esse tipo de cabelo precisa de mais reposição de queratina para ajudar a proteger e deixá-lo mais forte.

Já nos cabelos lisos, principalmente os asiáticos, o fio é uniforme o com isso a cutícula é mais coesa.

Em um microscópio, com a imagem ampliada milhares de vezes, essas diferenças são facilmente visíveis. Fazendo um corte transversal no fio liso, é possível ver que sua circunferência estará completa de queratina. Já no crespo, a circunferência terá mais queratina em algumas áreas e menos em outras.

Então, se você perceber que seu cabelo está sem vida, com muito frizz, quebrado e pouco sedoso, pode ser a hora de investir em um bom tratamento.

Por outro lado, o excesso de queratina também pode ser um problema, provocando efeitos similares à falta da proteína: os fios ficam quebradiços e com um aspecto rígido, pois a grande quantidade do nutriente provoca a perda de muita água. Assim, cuidado com tratar demais! Bata um papo com o seu cabeleireiro para ficar por dentro dos melhores tratamentos de acordo com o estado dos seus fios.

Como repor a queratina do cabelo?

Para repor a queratina do cabelo, você pode optar por um tratamento no salão, ou tratar o cabelo com queratina em casa, inserindo o ingrediente na sua rotina de cuidados capilares.

Quando fazemos a reposição da proteína por meio de produtos específicos, os fios podem ficar mais fortes, alinhados e com muito mais brilho. Os efeitos variam muito dependendo do seu tipo de cabelo.

Quem tem pouco volume, por exemplo, pode ficar com o cabelo mais cheio e encorpado, enquanto madeixas encaracoladas podem ficar com menos frizz. Veja os prós e contras de cada opção:

Tratamentos com queratina no salão

Os melhores tratamentos podem ser feitos no salão, como a cauterização, a selagem e a queratinização,  também conhecida como de banho de queratina. Em poucas palavras, eles preenchem as áreas carentes da proteína no fio. O calor – utilizado na finalização de todos esses tratamentos – é essencial para fechar novamente as cutículas capilares, devolvendo assim o nutriente aos cabelos.

Se o seu cabelo estiver muito danificado, recomenda-se fazer um desses tratamentos ao menos uma vez por mês. O lado negativo é que pode pesar no bolso, né? Converse com seu cabeleireiro para entender a frequência necessária para recuperar a saúde dos seus fios.

Tratamentos com queratina em casa

Em casa, também é possível proteger seu cabelo com produtos de linhas especializadas na reposição da proteína nos fios (existem, inclusive, diversos tipos de queratina).

Outra boa ideia também é investir em um cronograma capilar, já que a etapa de reconstrução serve justamente para repor a proteína perdida pelo fio. Faça o quiz de Tudo Pra Cabelo e receba o seu calendário personalizado do cronograma.

Infográfico sobre como a queratina age no cabelo e seus benefícios

Como aplicar queratina no cabelo em casa?

Aplicar queratina no cabelo em casa é um procedimento simples. Siga no nosso passo a passo, abaixo.

  1. Lave o cabelo com shampoo antirresíduos para retirar todas as impurezas das fibras capilares.
  2. Tire o excesso de umidade dos fios com uma toalha e aplique a queratina em toda extensão capilar (evitando o contato com o couro cabeludo). Você pode usar máscaras de tratamento à base do nutriente, ampolas ou outros produtos de consistência líquida.
  3. Para potencializar o tratamento, você pode enluvar os fios, um método que consiste em é aplicar o produto realizando movimentos firmes em todo o comprimento, em direção às pontas, como uma massagem.
  4. Deixe agir pelo tempo recomendado e depois retire novamente o produto com água abundante. O tempo médio costuma ser 15 minutos, mas leia a embalagem para se certificar.
  5. Utilize uma máscara ou creme de hidratação, deixe agir de acordo com o indicado pelo fabricante e enxágue novamente, até retirar todo o produto dos fios.
  6. Seque o cabelo com um secador ou deixe secar naturalmente.

Viu só? O que não faltam são opções para deixar os cabelos lindos e saudáveis com. Quer saber mais sobre os efeitos desse ativo? Confira 6 mitos e verdades sobre queratina.

Com que frequência devo usar queratina no cabelo?

Se o seu cabelo estiver muito danificado, recomenda-se tratar com queratina toda semana ou a cada 15 dias. Fios com danos moderados podem fazer reposição de queratina uma vez por mês.

Mas se seus fios são livres de química ou estão bastante fortes e saudáveis, o espaçamento pode ser maior, a cada 3 ou 6 meses. Lembre-se de alterar o tratamento com hidratação, nutrição e reconstrução, montando um cronograma capilar.

Excesso de queratina prejudica o cabelo?

Sim, excesso de queratina pode deixar o seu cabelo duro e até quebradiço. Por isso, fique atenta à quantidade de produto adequada para a sua quantidade de cabelo, além da frequência de tratamento ideal para a saúde dos seus fios.

FAQ sobre a queratina no cabelo

Tem outras dúvidas sobre a queratina no cabelo? Respondemos mais algumas questões sobre a proteína.

Queratina engrossa o cabelo?

A queratina não pode mudar a consistência dos seus fios se eles forem naturalmente finos, mas pode deixá-los mais resistentes a quebras. Assim, o cabelo terá aparência mais forte e cheia.

Queratina alisa o cabelo?

A queratina não tem o poder de alisar os fios, apenas de deixá-los mais sedosos e brilhantes.

Podemos ingerir queratina pela alimentação?

A queratina em si não é encontrada em alimentos, mas comer bastante proteína estimula o corpo a produzir queratina. Peixes, ovos, leguminosas, cereais, laticínios e carnes brancas e vermelhas entram nessa lista.

Sugestão de produtos

Mas os cuidados já podem começar na hora de lavar o cabelo. O shampoo e condicionador Seda Restauração Instantânea, por exemplo, são formulados com max cálcio e queratina para reconstruir a fibra capilar e devolver a saúde do cabelo da raiz às pontas.

A duplinha de shampoo e condicionador Dove Reconstrução Completa conta com a tecnologia nutri-queratina, que recupera profundamente a fibra capilar dos danos, além de proporcionar uma nutrição que protege os fios.

Já a Máscara de Tratamento Nexxus Keraphix (junto ao shampoo e condicionador da mesma linha) condiciona e envolve os fios em um filme protetor que regenera sua estrutura, graças à sua fórmula com queratina e arroz negro.

Para finalizar o ritual de cuidados, o Creme Leave-in TRESemmé Blindagem Antifrizz é ideal. Com queratina e pérola hidrolisada, o produto retira o frizz, alinha os fios e garante luminosidade. Também conta com filtro UV para proteger contra os danos causados pelo sol.

Artigo anterior
Artigo seguinte
Decoration image
Decoration image