Entenda o que é a queratina e como ela pode salvar seus cabelos!

Quando o assunto é saúde do cabelo, é impossível não falar sobre essa proteína essencial para os fios. Saiba como ela age, entenda seus benefícios e, de quebra, descole dicas de produtos que levam queratina na fórmula

A queratina é uma proteína produzida pelo próprio corpo humano que faz parte da composição dos fios – além de também estar presente na pele e nas unhas. É ela que garante elasticidade, força e resistência à fibra capilar. Alguns fatores, como procedimentos químicos, fazem com que o cabelo perca essa proteína. Mas não se preocupe: é possível fazer a reposição com produtos e tratamentos. A seguir, entenda como a queratina age e descubra o que fazer para deixar seu cabelo saudável por dentro e por fora.

A queratina que nosso corpo produz, como comentamos, é responsável por manter os fios fortalecidos e protegidos contra agressões externas. Essa proteína é o principal componente da estrutura do cabelo, cerca de 90% do fio é formado por ela.

No entanto, ao submeter os fios a alisamentos, descolorações e até mesmo ao sol e a poluição do dia a dia, perde-se essa proteína – o que causa a abertura das cutículas e, consequentemente, fragilidade no cabelo. “Mesmo que em grau bem menor, até o ato de pentear o cabelo gera algum prejuízo à queratina”, afirma Valcinir Bedin, tricologista de São Paulo.

Com o uso de produtos e a ajuda de tratamentos capilares, é possível fazer a reposição dessa proteína. Ela é capaz proporcionar cabelos mais fortes, fios alinhados e com muito mais brilho.

Como saber se meu cabelo precisa de queratina?

Para identificar a falta de queratina, basta fazer um teste simples: corra os dedos indicador e polegar da raiz às pontas do seu cabelo para sentir a textura. Você deve observar se os fios estão quebradiços, ásperos ou com muito frizz. O ideal é que estejam suaves e macios.

Qualquer uma dessas alterações significa danos na cutícula (camada externa do fio), o que pode sinalizar falta de queratina. E, claro, também é sempre muito válido bater um papo com seu cabeleireiro de confiança para entender a necessidade exata dos seus fios.

Modelo com cabelo black power em tom avermelhado
Foto: iStock

Vale frisar que, quanto mais fino o cabelo, maior costuma ser a perda. É o que normalmente pode se observar nos cabelos crespos, por exemplo. Embora pareçam fortes, na verdade os cabelos afro são os mais finos e sensíveis.

Nesse fio as cutículas estão ligeiramente abertas devido à forma elíptica e espiral do cabelo e com isso mais suscetíveis a danos. Cada curva no fio cria maior elevação da cutícula, tornando-o mais quebradiço. Portanto, esse tipo de cabelo precisa de mais reposição de queratina para ajudar a proteger e deixá-lo mais forte.

Já nos cabelos lisos, principalmente os asiáticos, o fio é uniforme o com isso a cutícula é mais coesa.

Em um microscópio, com a imagem ampliada milhares de vezes, essas diferenças são facilmente visíveis. Fazendo um corte transversal no fio liso, é possível ver que sua circunferência estará completa de queratina. Já no crespo, a circunferência terá mais queratina em algumas áreas e menos em outras.

Produtos e tratamentos para repor a queratina

Assim como existem procedimentos inimigos da queratina, existem também os aliados. Os melhores, que podem ser feitos no salão, são a cauterização, a selagem e a queratinização, essa também chamada muitas vezes de banho de queratina.

Eles são responsáveis por preencher as áreas carentes de queratina no fio. O calor – utilizado na finalização de todos esses tratamentos – é essencial para fechar novamente as cutículas capilares, devolvendo assim a proteína aos cabelos.

Se o seu cabelo estiver muito danificado, o recomendável é fazer um desses tratamentos ao menos uma vez por mês. Mas fica o alerta: em excesso, a substância pode provocar o enrijecimento dos fios. Os procedimentos, portanto, devem ser feitos na dosagem e frequência corretos, com aconselhamento profissional.

Em casa, também é possível proteger seu cabelo com produtos de linhas especializadas na reposição da proteína nos fios (existem, inclusive, diversos tipos de queratina). Outra boa ideia também é investir em um cronograma capilar, já que a etapa de reconstrução serve justamente para repor a proteína perdida pelo fio. Faça o quiz de All Things Hair e receba o seu calendário personalizado do cronograma.

Infográfico sobre como a queratina age no cabelo e seus benefícios

Mas os cuidados já podem começar na hora de lavar o cabelo. O shampoo e condicionador Seda Restauração Instantânea, por exemplo, são formulados com max cálcio e queratina para reconstruir a fibra capilar e devolver a saúde do cabelo da raiz às pontas.

A duplinha de shampoo e condicionador Dove Reconstrução Completa conta com a tecnologia nutri-queratina, que recupera profundamente a fibra capilar dos danos, além de proporcionar uma nutrição que protege os fios.

Já a Máscara de Tratamento Nexxus Keraphix (junto ao shampoo e condicionador da mesma linha) condiciona e envolve os fios em um filme protetor que regenera sua estrutura, graças à sua fórmula com queratina e arroz negro.

Para finalizar o ritual de cuidados, o Creme de Pentear TRESemmé Antifrizz é ideal. Com queratina e pérola hidrolisada, o produto retira o frizz, alinha os fios e garante luminosidade. Também conta com filtro UV para proteger contra os danos causados pelo sol.

Como aplicar queratina no cabelo em casa?

O procedimento para aplicar nos fios é bem simples e também pode ser feito em casa. A gente te conta o passo a passo.

Passo 1: Lave o cabelo com shampoo antirresíduos para retirar todas as impurezas das fibras capilares.

Passo 2: Tire o excesso de umidade dos fios com uma toalha e aplique a queratina em toda extensão capilar (evitando o contato com o couro cabeludo).

Passo 3: Deixe agir pelo tempo recomendado na embalagem e depois retire novamente o produto com água abundante.

Passo 4: Utilize uma máscara ou creme de hidratação, deixe agir de acordo com o indicado pelo fabricante e enxágue novamente, até retirar todo o produto dos fios.

Passo 5: Seque o cabelo com um secador ou deixe secar naturalmente.

Viu só? O que não faltam são opções simples e eficazes para prolongar o efeito dos tratamentos feitos no salão e deixar os cabelos lindos e saudáveis por mais tempo. Quer saber mais sobre os efeitos desse ativo? Confira 6 mitos e verdades sobre queratina.

Próximo