Argiloterapia: conheça os benefícios do tratamento para cabelos

All Things Hair | 08 julho 2016

Descubra por que é uma boa ideia aplicar argila nos seus cabelos.

Você já ouviu falar em argiloterapia? Se a resposta é sim, provavelmente tem a ver com o tratamento de renovação da pele. Mas uma nova versão da argiloterapia tem ganhado os salões de beleza: a argiloterapia capilar. Conheça a nova modalidade e saiba porque é uma boa ideia tentar a técnica na sua próxima ida ao salão de beleza.

Argiloterapia: pele x cabelo

A argiloterapia possui funções diferentes de quando feita na pele ou no cabelo, apesar de atuar da mesma maneira. Como assim? A gente explica. A argila possui propriedades antioxidantes, é secativa, além de adstringente, reconstrutora, antisséptica e até desintoxicante. E essas propriedades atuam tanto na pele do corpo quanto no couro cabeludo – que também é pele. Mas, quando aplicada no couro cabeludo a argila desobstrui os poros e permite que os fios cresçam mais fortes. Mais: por possuir ação bactericida, ela ainda combate a caspa. Geralmente, os tipos de argila mais utilizados para tratar os problemas do couro cabeludo são a argila verde, que tem ação de limpeza e é excelente para fios normais, e a argila preta que, por ser rica em enxofre, trata a oleosidade excessiva e a queda capilar.

Argiloterapia é um peeling capilar. Como assim?

A argiloterapia funciona como um peeling capilar por um simples motivo: ela ajuda a remover as células mortas na região do couro cabeludo. Ou seja, é o tratamento ideal para fazer junto com o uso do shampoo de limpeza profunda. Juntos, a argiloterapia e o shampoo de limpeza profunda são conhecidos como detox capilar.

Sugestão de produtos: TRESemmé Shampoo Expert Detox Capilar ajuda a purificar suavemente o cabelo dos resíduos diários;

Também é importante lembrar que a argila é rica em minerais, como selênio, cobre e manganês, e cada tipo de argila possui uma função, porque possuem concentrações diferentes desses minerais. O alumínio e o zinco, por exemplo, funcionam como cicatrizantes. O ferro, por sua vez, auxilia na oxigenação.

Como o tratamento é feito

No salão: Depois de lavar os fios com um shampoo de limpeza profunda, o profissional aplica a argila em todo o couro cabeludo com o auxílio de um pincel. Então é feita uma pausa de 20 minutos e os fios são enxaguados.
Em casa: Misture em um recipiente a argila em pó com um pouco de água até a mistura virar uma pasta. Depois, aplique a argila no couro cabeludo e faça uma massagem em movimentos circulares. Aguarde vinte minutos e enxague os fios com água morna. Se preferir, você ainda pode usar shampoo de limpeza profunda em seguida, para lavar os fios. Só não se esqueça de aplicar uma máscara hidratante para repor a água e os nutrientes perdidos, ok?

Outra alternativa: o shampoo de argila

Acha muito trabalhoso fazer a mistura e aguardar vinte minutos enquanto a argila age? O shampoo de argila pode ser uma solução prática para você usar no dia a dia. Assim como a máscara de argila, o shampoo atua como um peeling capilar, removendo as células mortas do couro cabeludo e permitindo, assim, que os fios cresçam de maneira mais saudável.

 Sugestão de outros produtos hidratantes: Seda Condicionador Pureza Refrescante ajuda a hidratar os fios de modo delicado, sem pesar os fios; Dove Creme de Tratamento Advanced hair Series Regenerate Nutrition é um auxílio para nutrir o cabelo e deixá-lo mais saudável.

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.