Umectar o cabelo: tratamento perfeito para fios ressecados

All Things Hair | 13 maio 2016

Umectar o cabelo pode ajudar a tratar os fios danificados por químicas. Aprenda a usar os óleos certos para deixar os fios nutridos, macios e sem frizz.

Você já testou umectar o cabelo? O tratamento feito à base de óleos vegetais ganhou fama após o sucesso dos óleos para recuperar os fios danificados. Foi com os novos produtos que bombaram no mercado que as novas possibilidades de cuidar dos cabelos ganharam espaço. Um bom exemplo é o uso de óleos como finalizadores, para dar brilho e diminuir o frizz. Mas, definitivamente, umectar o cabelo virou um dos tratamentos preferidos e mais eficientes para quem sofre com cabelos ressecados.

A umectação começou fazendo sucesso entre mulheres de cabelos cacheados, que geralmente sofrem com cabelos secos e sem brilho. Na prática, elas descobriram que os óleos eram uma forma de repor a oleosidade que não chega às pontas, por causa do formato em espiral do cabelo. O burburinho circulou a internet nos mais variados blogs. E não por acaso: o tratamento é, sim, eficaz. Se você tem dúvidas como umectar o cabelo, quais tipos de óleos usar no processo e quais as vantagens e desvantagens da umectação, dê uma olhadinha nas dicas abaixo:

Umectar o cabelo: vantagens e desvantagens

A umectação repõe a camada lipídica que protege o cabelo, além de nutrir os fios. Portanto, ela é ideal para quem sofre com ressecamento ou tem os cabelos danificados por causa da ação do sol, secador, descoloração, tintura e progressiva. Após umectar o cabelo, os fios ficam macios, com brilho, sem frizz e os cachos definidos.

Mas é claro que é preciso tomar cuidado. Mulheres com cabelos oleosos devem evitar aplicar o produto no couro cabeludo, uma vez que isso pode agravar o problema.

Vale todo tipo de óleo?

O indicado é que o óleo usado para umectar o cabelo seja vegetal. Isso porque óleos minerais, como parafina e petrolatos químicos, criam uma barreira em volta do fio, mas não tratam a haste capilar. O uso constante desse tipo de produto, aliás, pode deixar os fios pesados e sem brilho. Por isso, para umectar o cabelo prefira óleos vegetais, como o óleo de argan, oliva, rícino, macadâmia e coco. Eles são ricos em vitaminas e nutrem os fios.

Sugestão de produto: Óleo Dove Pure Care Dry Oil, com óleo de macadâmia africana na fórmula.

Como fazer a umectação em casa

Na verdade, a umectação pode ser feita de várias maneiras. O óleo vegetal pode ser aplicado mecha a mecha no comprimento dos fios úmidos ou secos. Geralmente, as mulheres deixam o óleo agir por algumas horas – algumas até dormem com o produto na cabeça. Depois, é só lavar normalmente com shampoo e condicionador específicos para o seu tipo de cabelo.

Umectar o cabelo como pré-shampoo

Se os seus fios ficam ressecados após o uso do shampoo? Uma boa tática para evitar o problema é aplicar algum tipo de óleo vegetal alguns minutos (ou horas, se você tiver tempo) antes do banho. O óleo faz com que a ação do shampoo fique concentrada na raiz e evita que o shampoo agrida a haste capilar, levando a proteção natural do cabelo pelo ralo.

Sugestão de produto: Óleo Nexxus Oil Infinite, com um complexo de seis óleos naturais, incluindo babaçu e marula.

Umectação e o cronograma capilar

A umectação capilar pode ser um tratamento aliado ao cronograma capilar, que orienta o uso de máscaras hidratantes, nutritivas e reconstrutoras. Você pode substituir a etapa com máscara nutritiva, por exemplo, por umectar o cabelo com óleo vegetal.

Sugestão de produto: Creme De Tratamento Seda Óleo Hidratação

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.