Óleo de coco no cabelo: será que faz mal?

All Things Hair | 20 maio 2016

Descubra os benefícios de usar óleo de coco no cabelo. Dica: ele ajuda a tratar até caspa!

Você provavelmente já ouviu falar dos benefícios do óleo de coco, certo? O produto possui tantas vantagens que deixou de ser apenas um ingrediente da cozinha para virar ativo de produtos de beleza, inclusive para os cabelos. Mas será que esse óleo é mesmo tudo isso? E quais as vantagens o produto traria para os fios? Ele pode ser usado puro no cabelo? As dúvidas são tantas que decidimos investigar mais a fundo o novo queridinho da internet. Vem ver!

Benefícios do óleo de coco

O óleo de coco faz bem para os fios? A resposta é simples: sim. “Assim como outros óleos vegetais, o óleo de coco é rico em lipídios essenciais para manter a barreira protetora do cabelo”, explica  a terapeuta capilar Ana Carolina Ribeiro, professora de curso de Visagismo da Universidade Anhembi Morumbi.

Mas o óleo vai além e possui outros benefícios. Um desses benefícios é o auxílio no combate à caspa. “O ácido láurico presente em grande quantidade no coco trata a caspa”, explica a especialista. O óleo de coco ainda é rico em vitamina E e ácidos graxos e trata os fios o córtex do cabelo, deixando os fios mais fortes.

Para quem é indicado

De acordo com Ana Carolina, o óleo é indicado, principalmente, para mulheres com fios quimicamente tratados, com progressiva ou tingidos, uma vez que ele repõe a oleosidade natural dos cabelos.

Também é indicado especialmente para os fios cacheados e crespos, já que esses tipos de fio geralmente sofrem com ressecamento, por causa do formato em espiral da haste capilar. O óleo de coco pode ser incluído no cronograma capilar durante a fase de nutrição.

Como usar óleo de coco

O produto pode ser aplicado puro nos fios ou em máscaras. “Nunca misture diretamente o óleo na embalagem da máscara”, alerta Ana Carolina. “O correto é separar a quantidade desejada de máscara em uma cumbuca e depois adicionar um pouco do óleo. Entre 1 e 2 ml geralmente é uma boa quantidade”, explica. Não guarde sobras para depois, porque o óleo de coco pode alterar a qualidade do produto.

Também é possível usar o óleo como pré-shampoo, para proteger os fios danificados do ressecamento causado pelo detergente. Nesse caso, aplique o óleo pelo menos duas horas antes de lavar os cabelos e massageie os cabelos.

Ficou interessada em usar o óleo de coco para fazer umectação? Aplique o produto no comprimento dos fios e deixe por algumas horas. Depois, lave-os normalmente.

Cuidados especiais

É sempre bom lembrar que o uso excessivo do óleo de coco pode agravar o problema de fios oleosos. Assim como piorar a oleosidade no couro cabeludo. Por isso, caso você não se sinta segura usando o óleo de coco diretamente nos fios, o mais indicado é usar produtos com o ativo em sua composição. Dessa maneira, você não corre o risco de piorar o estado dos fios!

Outra dica muito importante é não secar os cabelos ou usar chapinha após o uso de óleos no cabelo. Aliado ao óleo, o calor pode danificar os fios.

Dicas de produtos

Outros óleos vegetais também ajudam a deixar seu cabelo mais forte, macio e brilhante. Óleo de argan, macadâmia babaçu e marula são apenas alguns exemplos. Experimente: