Já ouviu falar no óleo de amla? Veja benefícios e como usar nos fios

O ingrediente é conhecido por proporcionar um couro cabeludo saudável e amenizar problemas como a caspa. Saiba mais!

Um dos seus sonhos de beleza é conquistar um cabelo comprido, lindo e forte? Fique sabendo que o cabelo das mulheres indianas é famoso por essas características e um ingrediente específico está por trás deste segredo: trata-se do óleo de amla.

Mas o que ele tem de tão especial? Além de ser um dos únicos que pode ser aplicado diretamente no couro cabeludo, suas propriedades estão diretamente relacionadas ao crescimento dos fios, à saúde do couro cabeludo e à prevenção da caspa, só para listar alguns benefícios. Saiba mais a seguir!

O óleo de amla tem origens indianas, já que é produzido a partir de uma fruta típica desse país, a árvore de amla ou árvore amalaki. Contudo, também é conhecida simplesmente pelo nome de groselha indiana.

Segundo a tradição local, esse tipo de óleo é criado quando a fruta seca é imersa em óleo e misturada com outros tipos que servem de base para o produto, como óleo de coco e óleo de gergelim, por exemplo.

Na medicina ayurvédica, o óleo de amla já era bastante conhecido e utilizado devido a sua poderosa concentração de vitamina C e ativos antioxidantes. Já dá para perceber por que começou a ser usado no cabelo, não é mesmo?

Descobriu-se que seus ativos ricos em ácidos graxos podem ajudar a fortalecer os folículos capilares, responsáveis pelo nascimento de novos fios. Ou seja, o cabelo poderia nascer mais forte e saudável.

Modelo com cabelo castanho com luzes e corte long bob
Foto: iStock

Eles também estariam relacionados a um couro cabeludo mais saudável, livre de problemas como coceira ou caspa, já que entre suas propriedades estão incluídos compostos como flavonóides, polifenóis, água, proteínas, vitaminas e minerais.

Como usar o óleo de amla

Além de aparecer como óleo de tratamento, o óleo de amla também pode ser um dos principais ingredientes de shampoos, condicionadores, cremes de tratamento e cremes para pentear. Mas quando se trata de ser tradicional, o óleo puro é essencial.

Diferente de grande parte dos outros tipos do mesmo produto, ele pode ser aplicado da raiz às pontas, deixando o couro cabeludo saudável para que os fios fiquem fortes e hidratados.

Um dos tratamentos mais populares é muito semelhante à pré-lavagem e acontece da seguinte maneira: o óleo de amla é aplicado mecha a mecha enluvando os fios e, com cuidado, o couro cabeludo é massageado com delicadeza.

Em seguida, os fios são torcidos em um coque simples e o cabelo é coberto com uma touca de plástico, acessório responsável por esquentar e acelerar o processo de hidratação. Depois de 15 minutos, o cabelo pode ser lavado normalmente com shampoo e condicionador específicos para seu tipo de fio.

Sugestão de produtos

Além do óleo de amla, há outras variações que têm um efeito incrível no cabelo. O óleo de amêndoas é um deles! Você pode encontrá-lo, por exemplo, no shampoo e condicionador Seda Óleo Hidratação, que limpam e hidratam os fios sem pesar, deixando-os macios e sedosos.

Já a Máscara de Tratamento Love Beauty and Planet Hope and Repair é formulada com o queridinho óleo de coco, conhecido por nutrir e conferir um aspecto bastante saudável ao cabelo.

Próximo