10 mitos e verdades sobre a queratina que você precisa saber

Queratina alisa o cabelo? Desbota os fios tingidos? Saiba essas e outras informações para entender melhor sobre o assunto.

A queratina é uma proteína encontrada na pele, nas unhas e, claro, nos cabelos. Aliás, 90% da nossa fibra capilar é composta por ela, que é indispensável para o fortalecimento dos fios, sabia? Para saber cuidar direito dos fios e mantê-los saudáveis, a gente te conta 10 mitos e verdades sobre a queratina.

Sabe aquele efeito elástico que faz com que os fios encolham depois de esticados? Pois é. Esse aspecto emborrachado é um dos sinais de que o cabelo está carente de queratina, assim como as pontas quebradiças também são um alerta. Para você ficar mais por dentro das necessidades que o nosso cabelo tem em relação a esse componente, confira 6 mitos e verdades sobre a queratina:

1. Apenas cabelos com químicas precisam de queratina

Mito. Mesmo os fios que nunca passaram por procedimentos químicos precisam, sim, passar por tratamentos de reconstrução. Isso porque, como falamos, são diversos os fatores que fazem com que haja perda de queratina, incluindo sol, vento e poluição.

2. Nem toda fraqueza dos fios significa perda de queratina

Verdade. Diversos fatores podem ser responsáveis por deixar os fios mais fracos, incluindo estresse, má alimentação e falta de hidratação. Por isso, antes de fazer a reconstrução, é essencial que o cabeleireiro analise o cabelo e certifique-se de que isso é, de fato, necessário.

3. A frequência para reposição depende de cada tipo de cabelo

Verdade. Mais uma vez, é importante consultar o especialista para que ele avalie a situação dos seus fios. Normalmente, os naturais, que nunca foram quimicamente tratados, podem passar pela reconstrução a cada dois meses. Já cabelos com químicas e fios mais grossos, uma vez por mês. Por fim, fios finos e muito danificados, a cada duas semanas.

Cabelo crespo black power

4. Queratina nunca é demais

Mito. Como se sabe, nosso cabelo já tem queratina naturalmente. Portanto, essa reposição só deve ser feita, realmente, se estiver em falta. Caso contrário, ela pode ter um efeito oposto ao esperado e enfraquecer os fios.

5. Queratina é melhor misturada em outros produtos

Verdade. Se você optar por fazer o tratamento em casa, o melhor é investir em uma máscara, que contém outros aditivos que vão ajudar na reconstrução capilar. E uma dica: prefira a queratina hidrolisada, já que esse tipo penetra melhor nos fios.

6. Há tipos de cabelos mais propensos a sofrer com a perda de queratina

Verdade. Embora não seja regra, os cabelos cacheados tendem a ficar mais ressecados e sofrer com agressões externas. O mesmo acontece com os fios loiros, que são mais frágeis. Por isso, ao submetê-los a procedimentos químicos, o cuidado também deve ser redobrado.

7. Queratina alisa o cabelo

Mito. A queratina é uma proteína presente em todos os tipos de fio. É ela que ajuda o cabelo a ficar forte e com brilho. Portanto, fazer um tratamento com produtos com queratina ou mesmo usá-la em forma líquida não vai alisar o cabelo.

8. Queratina desbota o cabelo

Mito. A queratina é um tratamento que repõe a massa capilar. Ela não vai desbotar a cor dos seus fios.

9. Shampoo com queratina pode ser usado todos os dias

Verdade. Se os seus fios estiverem muito danificados, você pode usar o shampoo com queratina diariamente. Isso porque o produto também contém outros ativos que vão ajudar a recuperar os seus fios.

10. Pode dormir com queratina no cabelo

Mito. A queratina líquida tem um tempo de ação certo nos cabelos, que costuma ser em torno de 10 minutos. Deixar o produto por muito tempo nos fios pode causar o efeito contrário e deixar o seu cabelo mais rígido.

Sugestão de produtos

Para as mulheres de cabelo liso que precisam repor as proteínas dos fios, a nossa dica é o shampoo e condicionador TRESemmé Liso Keratina.

As cacheadas e crespas podem experimentar o shampoo e condicionador Seda Cachos Definidos.

Próximo