Sabe o que é e como surgiu a expressão “bad hair day”?

Juliana Tozzi | 11 outubro 2016

Ok, o bad hair day não é dos momentos mais queridos para o nosso cabelo, mas você sabe de onde veio e quem criou o termo? Descubra já!

Acordou com bad hair day hoje? A expressão que se refere àqueles dias em que nada parece dar certo nos cabelos e os fios parecem não querer se esforçar nem um pouquinho para ajudar no seu dia, é nossa velha conhecida. Mas você sabe quem a inventou ou o contexto que ela foi criada? O All Things Hair Brasil também é cultura e ajuda na investigação.

Bad hair day: sem se perder na tradução

O que é?

Bad hair day é uma expressão originária do inglês e que significa algo como “dia de cabelo ruim”. Uma tradução ao pé da letra que não poderia ser mais perfeita para aqueles momentos que você não tem mais forças para traçar um embate e já aceitou que os fios não serão parceiros naquele dia.

Quem nasceu antes dos anos 90 talvez entenda essa situação ainda melhor. Para quem não sabe, naquela época não existia leave-in e muito menos protetor térmico e shampoo seco. Imagine como foi encarar o período e a ditadura dos cabelos lisos com tão poucos recursos.

E hoje, mesmo com tantas opções de shampoo para evitar o frizz, cremes poderosos, chapinha de cerâmica, secador com ions negativos, spray de brilho, pomada e tudo mais, e o o bom e velho bad hair day insiste em existir e povoar volta e meia nossas cabeças.

modelo com cabelo preso ruivo com frizz
Foto: InDigitalimages.com

Quem criou a expressão?

O termo foi criado pelo britânico Philip Kingsley, que foi um tricologista famoso consultor capilar de inúmeras celebridades, membros da família real, políticos e figuras públicas de todo o mundo. Durante sua vida, Philip publicou quatro livros sobre cuidados com os cabelos. Durante uma década, manteve uma coluna semanal na revista de estilo do jornal britânico Sunday Times. Nessas publicações, cunhou a expressão “bad hair day“.

Ele criou uma gama de produtos de cuidados para os fios e de couro cabeludo com base nos produtos formulados nas suas clínicas de Londres e Nova Iorque e na sua experiência de mais de 60 anos de tricologia. Pra se ter uma ideia, Philip foi o criador da primeira máscara pré-xampu, chamada Elasticizer, em 1976.

Como lidar?

Se não podemos vencê-lo, juntemo-nos a ele, afinal, enquanto houver cabelo, haverá bad hair day. Ainda bem que inventaram e institucionalizaram o cabelo bagunçadinho, ou messy hair,  como uma coisa bonita e cool para a gente usar na vida. Sim, aquele cabelo displicente, que pode ser proposital ou não, e pode servir como a melhor desculpa para dar um jeito rápido no cabelo teimoso e ainda sair de moderninha na jogada.

Penteados práticos como coques, tranças e rabos de cavalo também são muito bem vindos!  Caso você queira encorpar e estilizar os fios com leves ondas, sugerimos o uso do TRESemmé Spray Texturizador Expert Perfeitamente (Des)Arrumado. E se preferir dar um acabamento hidratante, uma boa opção é usar um bom óleo vegetal. Experimente o Dove Pure Care Dry Oil e o Óleo Nexxus Oil Infinite.

Salvar