Dilema: por que meu cabelo não cresce?

A resposta certa, só um médico pode dar. Mas listamos algumas razões para você se informar sobre o assunto. 

“Por que meu cabelo não cresce?”. Muitas mulheres fazem essa pergunta, mas nem sempre a indagação faz sentido. É que, na maior parte dos casos, o cabelo cresce, sim. Os fios saudáveis aumentam entre 1cm e 1,5cm por mês. Talvez esse não seja o ritmo de crescimento desejado e dessa insatisfação parta da ideia de que o cabelo não está crescendo. Será esse é o seu caso?

Mas, se não for só impressão e seu cabelo estiver com problema de crescimento mesmo, quem poderá ajudá-la é um médico especializado. O dermatologista poderá avaliar seus fios e pedir exames, como o de sangue, por exemplo, para descobrir as causas e propor tratamentos. Antes disso, vale a pena ver causas comuns pelas quais os fios não crescem (ou as pessoas pensam que eles não crescem). Quando se trata da sua beleza e saúde, quanto mais informação, melhor.

Meu cabelo não cresce

Autoavaliação

Se você pensa que seu cabelo não cresce, o primeiro passo é observar se, a cada mês, os fios não estão cerca de um centímetro maior. Se sim, já sabe que não há problema e não precisa marcar uma consulta médica por causa disso. Na hora da autoavaliação, vale prestar atenção em alguns detalhes: os cabelos cacheados ou crespos devem ser medidos quando estiverem molhados. Quando estão secos, o “fator encolhimento” torna difícil descobrir o crescimento real dos fios.

Outra boa dica é ficar atenta ao momento do cabelo. Quando alguém tenta passar de corte curtíssimo para o comprimento médio, ou deseja ultrapassar a linha do ombro em direção a um cabelo longo, é comum parecer que o comprimento “estacionou”.

Mulher com cabelo fino e loiro ilustra a matéria sobre por que o meu cabelo não cresce
Falta de nutrientes e mudanças hormonais podem comprometer o crescimento dos fios. | Foto: Indigital.com

Mas por que meu cabelo não cresce?

Pode acontecer de seu cabelo realmente não estar crescendo de modo saudável. Nesse caso, é importante investigar as causas (como já foi dito, o dermatologista é imprescindível nesse processo). Algumas das razões mais comuns são:

Falta de nutrientes

A proteína é fundamental para a formação das hastes capilares. Uma dieta com déficit de proteína é prejudicial para o crescimento do cabelo. Além desse nutriente, ferro e outras vitaminas são importantes para a saúde do corpo, do couro cabeludo e dos fios. Alimentos como carne branca ou vermelha, feijão, couve e castanhas ajudam a suprir a necessidade diária desses nutrientes. Em alguns casos, mesmo mantendo uma dieta balanceada, a pessoa pode ter dificuldade de absorver certas vitaminas. Para ela, há suplementos, que podem ser sugeridos pelo médico.

Influência Genética

Como em tudo no corpo, há ação da genética no comprimento dos nossos fios.  Para algumas pessoas, a resposta para a pergunta “por que meu cabelo não cresce?” pode estar nos genes herdados de seus pais. Cabelos do tipo 4C, com crespo intenso são, em geral, por exemplo têm mais dificuldade de chegar ao comprimento longo.

Mudanças hormonais

Tanto processos naturais do corpo (como a puberdade, a gravidez e a menopausa), quanto doenças hormonais (como as disfunções da tireóide) podem causar mudança no ritmo de crescimento do cabelo, que pode ser retardado ou acelerado — além de provocar até mesmo a queda capilar. Por isso é tão importante (afirmamos mais uma vez!) buscar ajuda especializada. Na maior parte dos casos, problemas de crescimento do cabelo são contornáveis.

Sugestão de produtos

Shampoo TRESemmé Expert Detox Capilar e Condicionador TRESemmé Expert Detox Capilar, que limpa o cabelo suavemente. E Dove Pure Care Dry Oil, que ajuda a nutrir os fios.