Conheça os superpoderes da escova raquete!

Além de desembaraçar e escovar, ela ajuda até a hidratar o cabelo naturalmente. 

A escova raquete pode ser usada por pessoas de cabelos lisos a cacheados, mas com leve alteração no formato. Cabelos lisos e levemente ondulados, se beneficiam de cerdas mais juntinhas. O espaçamento maior entre as cerdas é melhor para cabelos cacheados.

Os 6 poderes da escova raquete

Desembaraçar

Cabelos quimicamente tratados — por processos como alisamentos, coloração ou permanente — tornam-se mais propensos à formação de nós. Chuvas, ventos, água do mar e da piscina, entre outros agentes externos também criam a situação propícia para embaraçar os fios. Portanto, todos os tipos de cabelo, mesmo os mais saudáveis, precisam ser desembaraçados para se manterem bonitos.  Com ela ou com o pente, a ordem é a mesma: começar a desembaraçar de baixo para cima, para evitar que os fios sejam danificados.

Hidratar

Mas como uma escova poderia hidratar o cabelo; essa não é função dos produtos? Na verdade a escova raquete ajuda a hidratar o cabelo, espalhando pelos fios o sebo naturalmente produzido na  raiz. Em cabelos fininhos, o resultado é ainda mais animador! Isso porque, pela textura, esse óleo natural tem dificuldade de chegar até as pontas, deixando-as ressecadas, ao mesmo tempo em que a raiz se torna oleosa. Com o auxílio da escova, o cabelo fica mais equilibrado, portanto, mais saudável.

Disciplinar

A escova raquete é a melhor amiga dos cabelos lisos. Ela mantém os fios em ordem e dá acabamento impecável. Os fios ficam retos e brilhosos. É o ideal para quem curte o estilo minimalista. Já quem prefere um liso com mais movimento deve usar a escova apenas para desembaraçar, à noite. Já pela manhã, é uma boa amassar as mechas, contando com a ajuda de um leave-in para deixá-las modeladas e propositalmente bagunçadas.

Sugestão de produtos: Shampoo TRESemmé Liso e Sedoso e Condicionador TRESemmé Liso e Sedoso, especialmente formulados para cabelos lisos, ajuda a alinha os fios e a evitar o frizz. 

Mulher usa escova raquete enquanto veste roupão lilás e sorri.
A escova raquete massageia o couro cabeludo e ajuda a espalhar a hidratação natural do cabelo.

Escovar

Sim! É certo que a escova cilíndrica é o modelo mais usado para alisar os fio de cabelo na companhia do secador. Quanto maior o diâmetro, mais liso o cabelo fica, após ser escovado. Porém a escova raquete também é boa opção para fazer escovas. Se o seu cabelo for levemente ondulado, essa escova pode deixar o cabelo com aspecto impecável, com menos esforço do que a escova cilíndrica. Porém, nos fios muito finos e sem volume, fica melhor apostar mesmo na tradicional cilíndrica, pois o formato confere mais movimento e volume aos fios.

Pentear

Quer preparar o cabelo para um penteado impecável, como um coque banana, por exemplo, ou um rabo alto com todos os fios no lugar? A escova cilíndrica auxilia nessa função, disciplinando, desembaraçando e alisando os fios, como nenhuma outra é capaz de fazer. Com o cabelo sob controle, fica bem mais fácil partir com segurança para um penteado minimalista.

Controlar

E por falar em controle, as escovas com cerdas naturais ajudam a evitar o frizz. Os temidos fios arrepiados não têm chance com o material feito a partir de pelos de animais, como pôneis, javalis ou porcos. Já as cerdas de material artificial, como o plástico, são boas condutoras elétricas e, por isso, podem causar o frizz, ao entrarem em contato com os fios. Para ter o melhor dos dois mundos, o ideal é uma escova com cerdas mistas.

Sugestão de produto: Serum-in-oil Dove Advanced Hair Series Regenerate Nutrition, que ajuda a deixar o cabelo saudável e natural. 

Não esqueça de compartilhar amor e compartilhe esse artigo com seus amigos e amigas!

Salvar

Salvar