Cabelo na menopausa: descubra o que muda nessa fase

O cabelo na menopausa passa por transformações. Os fios tendem a perder o brilho e o volume. Mas há formas de evitar esses efeitos.

A menopausa é um processo fisiológico pelo qual a mulher passa. O principal marco dessa fase é o fim do ciclo menstrual e reprodutivo feminino. Antes de a menstruação cessar completamente, no entanto, há diversas modificações que podem ser sentidas no corpo da mulher. E o cabelo na menopausa também muda.

“A menopausa é marcada pela redução da produção do hormônio estrogênio, o qual contribui para o crescimento do fio de cabelo, bem como ajuda na hidratação e brilho dos fios”, explica o dermatologia Dr. Daniel Dziabas.

Não existe uma idade marcada para a menopausa ser iniciada. Isso varia de organismo para organismo. Porém, em média, o processo tem maior incidência entre mulheres de 45 anos em diante. Se for seu caso, é importante procurar a ajuda de especialistas para cuidar da saúde na nova fase (e lembre-se, é só uma fase, você continua a mesma!).

Ao falar nessa fase, muitas mulheres automaticamente pensam na reposição hormonal como forma de atenuar os efeitos da baixa de estrogênio. Mas a terapia de reposição hormonal não é indicada para todas as pacientes, até porque, além das suas contraindicações, como no  caso de quem tem histórico de câncer de mama ou útero, este tratamento produz pouca melhora dos fios.  Portanto, nosso primeiro conselho é não se automedicar. O que serve para sua amiga ou parente não, necessariamente, é adequado para você. E pode até fazer mal.

Mulher mostra como ter o cabelo na menopausa bonito
Consultar o dermatologista é essencial nessa fase.

Cabelo na menopausa: o que muda?

Manter os cabelos naturalmente compridos e volumosos pode se tornar um pouco mais difícil a partir dessa fase. “Pode-se esperar no período da menopausa uma velocidade mais lenta de crescimento dos fios e a presença de fios mais finos; menos hidratados: ou seja, quebradiços e mais opacos”.

Embora  as notícias não sejam as mais animadoras, o cabelo na menopausa pode ser lindo, sim. Para isso, há diferentes estímulos nos quais você pode apostar.  O acompanhamento com o médico especialista desde o início do climatério (período em que a menstruação começa a falhar) ajuda a selecionar os tratamentos adequados mais  precocemente: como a aplicação de loções que ajudam a prolongar o crescimento dos fios , com o minoxidil”, afirma Daniel Dziabas.

Cabelo na menopausa: cuidados importantes.

Por se tratarem de cabelos mais secos, finos e muitas vezes brancos, pelo próprio processo de envelhecimento, eles devem receber cuidados especiais: priorizar o uso de tonalizantes ao invés de tinturas, realizar hidratação, evitar processos químicos de alisamento que deixam o fio mais fino e quebradiço. “Não podemos esquecer que a alimentação equilibrada e uma suplementação vitamínica, com biotina e silício, por exemplo, também podem contribuir para fios mais saudáveis e fortes”, indica o especialista.

O cabelo na menopausa muda, sim. Por isso, falar com um dermatologista é importante. Mas também há outras transformações em andamento que fazem com que seja prudente buscar o auxílio de outros especialistas, como o cardio e o ginecologista. Os cuidados com  seu corpo vão refletir no seu bem-estar e até na beleza dos fios.

Sugestão de produtos: Para hidratar profundamente os fios, use Creme De Pentear TRESemmé Selagem Capilar Crespo Química, que tem fórmula com manteiga de karité, para ajudar a tratar fios com química. A Máscara De Tratamento Nexxus Emergencée ajuda a reconstruir o cabelo fraco e danificado. E Dove Serum Reconstrução Pontas Duplas, um auxílio para reconstruir pontas abertas.

Salvar