Lavar cabelo sem shampoo é possível, sim! Aprenda essa técnica

All Things Hair | 16 maio 2016

Já ouviu falar no-poo e o co-wash? São técnicas que andam na moda e prometem limpar o cabelo sem precisar de shampoo. Veja se a novidade vale a pena para você. 

Você já deve ter ouvido falar em termos como no-poo, low-poo e co-wash. Tratam-se de técnicas para lavar cabelo usando pouco ou nenhum shampoo. Na dúvida se elas são indicadas para o seu tipo de cabelo e como devem ser colocadas em prática? Veja nossas dicas e descubra se vale a pena adotar esse novo hábito no seu dia a dia.

Vale a pena não usar o shampoo para lavar cabelo?

O shampoo é um cosmético desenvolvido exatamente para higienizar os fios, certo?  A questão é que as substâncias presentes no shampoo, responsáveis pela grande quantidade de espuma e pela limpeza, lavam muito mais que a sujeira: elas removem lipídios naturais do cabelo e do couro cabeludo, responsáveis pela sedosidade e também pela proteção capilar. Esse problema é percebido especialmente por quem tem cabelo seco – geralmente os fios cacheados e crespos sofrem demais os danos causados pelo shampoo comum.

Para evitar essa limpeza “excessiva”, a solução é uma forma de lavar cabelo sem o uso dos sulfatos, substâncias encontradas na grande maioria dos shampoos – e responsáveis pela limpeza e quantidade de espuma. Vale lembrar, no entanto, que os métodos que usam pouco shampoo (ou nenhum) não são unanimidade entre os especialistas (muitos são contra, aliás) e as técnicas podem não ser benéficas para todo tipo de cabelo.

Alternativas

O co-wash (que vem do inglês conditioner wash, ou seja, lavagem utilizando condicionador) se apresenta como uma alternativa um pouco mais radical, já que elimina completamente a utilização do shampoo. Essa forma de lavagem é para quem tem cabelos muito danificados e está em busca de definição e hidratação intensa. É indicada especialmente para fios ressecados, sem definição ou que passaram por químicas extremas. O condicionador é usado criando um ambiente de alta hidratação e reutilizando os lipídios (sebo produzido no couro cabeludo) na restauração dos fios. Mas, para que a limpeza realmente aconteça, é importante evitar condicionadores e outros cosméticos que possuam silicones insolúveis e derivados de petróleo (petrolato, óleos minerais, vaselina, parafina líquida), pois eles só saem dos fios com os ditos sulfatos (presentes nos shampoos). Nesse caso, o resultado seriam fios pesados, caspa, seborreia e até irritações no couro cabeludo!

Enquanto o No Poo defende a completa eliminação do shampoo durante as lavagens, o Low Poo se apresenta como uma versão um pouco menos “radical”. A prática defende a utilização de cosméticos com agentes de limpeza de caráter leve, que não agridem a fibra capilar – nesse caso, os sulfatos são substituídos por substâncias menos adstringentes, que fazem menos espuma e proporcionam limpeza aos fios sem retirar a proteção natural do couro cabeludo. De qualquer forma, os petrolatos devem ser evitados para que o cabelo não fique pesado.

Sugestão de produto:

 

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.