Descubra se lavar o cabelo com sabonete faz mal e quais os efeitos nos fios!

Será que o produto danifica os fios? Descubra!

Seja por falta de shampoo ou até mesmo por curiosidade, muita gente já pensou em usar ou já usou o sabonete para lavar os cabelos. Mas lavar cabelo com sabonete faz mal. Isso porque ele é formulado pensando na limpeza da pele, que tem uma composição diferente dos fios. A gente te explica mais sobre o assunto.

Pode até parecer uma alternativa econômica e prática, afinal, não teria motivos para comprar shampoo para lavar os fios se o sabonete desse conta da limpeza, mas na prática não funciona assim. Segundo o Dr. Valcinir Bedin, Presidente da Sociedade Brasileira do Cabelo (SBC), “para os cabelos e couro cabeludo a orientação é que se use shampoos, que são preparados especialmente feitos para isso”.

Modelo com cabelo curto castanho liso
Sabonete no cabelo é certeza de fios ressecados. Não use! | Foto: www.indigitalimages.com

O que acontece se lavar o cabelo com sabonete?

A cabeça e o couro cabeludo são mais sensíveis do que outras áreas do corpo e, por esse motivo, reagem de forma diferente ao produto. Lavar cabelo com sabonete pode retirar toda a oleosidade da região – muito mais que o necessário. A ausência de oleosidade deixa o couro cabeludo ressecado e pode criar rachaduras na região. Além disso, nessas condições, o cabelo tende a ficar quebradiço e sem brilho – e ninguém deseja isso, não é mesmo?

“Os sabonetes possuem concentrações de detergentes diferentes daquelas dos shampoos, pois são feitos para retirar outro tipo de sujidade, podendo levar à descamação do couro cabeludo e até a ressecamento dos fios”, ressalta o especialista.

Próximo

Lavar o cabelo com sabonete líquido

Também não pode usar sabonete líquido para lavar a cabeça. Aqui, a lógica é a mesma para todos os tipos de sabonetes. Como a gente já disse, esse tipo de produto foi formulado para atender às necessidades da pele do corpo, e não as do couro cabeludo e cabelos. Por isso, resseca cabelos e couro cabeludo.

Lavar o cabelo com sabonete de glicerina

Ainda que seja menos agressivo do que os sabonetes convencionais, o sabonete de glicerina também não é recomendado para lavar o cabelo. Invista em um dupla de shampoo e condicionador específica para os seus fios para que eles recebam todos os nutrientes que precisam.

Lavar o cabelo com sabonete tira a progressiva?

Não. A escova progressiva não é como uma escova modeladora normal feita no salão. No caso da progressiva, como ela é um procedimento químico, que altera a estrutura do fio, o efeito do procedimento só vai sair se você cortar os fios.

E se eu quiser lavar o cabelo sem shampoo?

Se você deseja limpar os fios sem shampoo, por qualquer motivo, que tal investir nos produtos liberados? É assim que são chamados os shampoos sem parafina líquida, óleo mineral, silicones insolúveis e sulfatos fortes em sua composição.

Com formulação diferente dos shampoos convencionais, eles promovem uma limpeza suave e eficiente nos fios, prometendo deixa-los menos ressecados. Vale a pena fazer o teste!

Outra dica é investir nos cremes de limpeza, que ajudar a limpar o cabelo e ouro cabeludo de uma forma mais suave. O Creme de Limpeza Seda Boom Liberado, por exemplo, é livre de sulfatos, silicones, parabenos e corantes, assim como Creme de Limpeza Love Beauty and Planet Curls Intensify.

Sugestão de produtos

O Shampoo TRESemmé Baixo Poo + Nutrição é indicado para quem busca uma rotina de cuidados dos cabelos mais delicada, com produtos mais suaves e menos agressivos. Esse produto entrega nutrição e ajuda a revitalizar a beleza natural dos cabelos, diminuindo o ressecamento.

A dica para potencializar os resultados é usar a dupla da mesma linha: Condicionador TRESemmé Baixo Poo + Nutrição. Sua fórmula é enriquecida com óleo de coco e água de coco, ingredientes botânicos conhecidos por suas propriedades nutritivas, garantindo emoliência e restauração para as os cabelos.

Para desembaraçar o cabelo, aposte no Creme Para Pentear Seda Hidratação Antinós. Ele é feito com raiz de amoreira e fusão de óleos, que hidratam profundamente fibra por fibra e alinham as cutículas (parte externa dos fios) propensas a nós.