Desafio sustentável: aceitei reduzir o consumo de água com meus cabelos

Você já pensou em como gastar menos água na rotina de beleza? A gente já e testou se é possível

Recebi o desafio de adotar algumas práticas sustentáveis e fazer disso um diário. No começo achei que seria muito fácil, afinal, eu me considero uma pessoa super inteirada quando o assunto é o meio ambiente. Mesmo assim, precisei fazer algumas adaptações e mudanças na minha rotina de consumo. Mensalmente vou contar pra vocês como foi fazer cada um dos 6 desafios propostos. Vem conferir como foi o primeiro deles.

O primeiro desafio foi diminuir ao máximo o possível o quanto consumo água. Uma das maneiras que encontrei de fazer isso foi desligar o chuveiro para, por exemplo, ensaboar os cabelos.   

Um estudo da ONU concluiu que os brasileiros gastam, em média, 137 litros de água em 15 minutos de banho. Segundo a organização, o consumo diário total deve ser de no máximo 110 litros.  

Alguns dias foram um pouco mais fáceis, principalmente os primeiros em que estava calor e eu estava empolgadíssima em fazer algo novo.

Os dias mais complicados foram os dias em que a temperatura baixou. Uma preguicinha quase me dominou, mas não desisti. Continuei desligando o chuveiro para aplicar shampoo nos cabelos.  

Virginia Barbosa, hairstylist do All Things Hair
Virginia Barbosa, hairstylist de All Things Hair 🙂

Produtos inteligentes 

Uma das coisas que facilitou minha nova rotina sustentável foi o fato de o mercado de beleza ter se adaptado à tendência mundial de cuidado com o planeta. Graças a isso há váários produtos à disposição. Um deles, que adicionei a minha prática, é o co-wash. 

Esse é um produto maravilhoso que faz uma lavagem menos abrasiva nos fios. O ideal é usá-lo entre lavagens com shampoo. Como ele é um produto 2 em 1, por si só, já diminui o gasto de água, afinal só é preciso passar o produto uma vez. Além disso, sua fórmula contém menos água e menos produtos químicos que poluem o planeta.  

Um exemplo de produto co-wash é o Creme de Limpeza Love Beauty and Planet Curls Intensify, que tem manteiga de murumuru e rosa para hidratar profundamente enquanto proporciona uma limpeza gentil aos fios.

Com o co-wash o meu cabelo ficou bem hidratado e com menos frizz, problema comum nos cabelos cacheados. Mas como ele não tem poder tão forte de limpeza, por não conter shampoo, sinto que meu cabelo ficou um pouco oleoso no segundo dia pós-lavagem.

Nesses dias eu usei o shampoo normal pra fazer uma limpeza mais potente e tirar qualquer resíduo de cremes de pentear e finalizadores. 

Arrasando no day 

Uma das vantagens de ter o cabelo cacheado e não muito oleoso é a não necessidade de lavá-lo todos os dias. Seja qual for a curvatura, o day 2 é sempre o melhor dia pro cabelo, não é? Sendo assim, já evitava esse desperdício de água há algum tempo. Antes, eu lavava a cabeça geralmente a cada dois dias. Com o desafio resolvi tentar ficar até quatro dias sem lavar os cabelos. 

Pra deixar o cabelo ainda mais perfeito no dia após a lavagem eu uso sempre um revitalizador, como o Shampoo a Seco Dove Care on Day 2, que ajuda a controlar qualquer tipo de oleosidade na raiz. Ele serve para todos os tipos de cabelo.

Se o cabelo precisava de uma remodelada, eu alternei entre o bom e velho borrifador com um pouco de água e com o Creme de Pentear Dove Day 2. Produtos específicos para o dia pós lavagem são ótimos por conterem ativos desenvolvidos para desodorizar e remodelar os fios.  

Outra forma de conseguir aguentar mais uns dias sem ter que lavar os cabelos foi fazendo alguns penteados. Tranças, rabos de cavalo, twists. Achei legal essa oportunidade, mesmo que forçada, de usar a criatividade.

Acessórios também ajudam, como lenços e presilhas pra dar um charme extra ao visual. Para criar os penteados também serve a mesma dica dos produtos day 2.  

Um dos penteados que fiz várias vezes foi um rabo de cavalo baixo com trança. Além de ser bem fácil e rápido, ele deixa o cabelo todo preso e arrumado o dia todo. É perfeito para o último dia prélavagem, quando o cabelo já não tem muita forma.  

E você, preparada pra entrar nessa onda de sustentabilidade adotando algumas práticas diferentes? Daqui um mês a gente se vê novamente pra eu contar sobre mais um desafio. 

Dica extra

Se você também gosta de mudar a cor do cabelo, sabe o quanto de água é necessário em todo o processo de lavagem. Mesmo que você não mude a cor de cabelo constantemente, algumas medidas podem ser tomadas para evitar o gasto excessivo de água.

Além de lavar o cabelo após a coloração, muitas vezes o maior volume de água é usado para eliminar a tintura que fica no potinho usado para a mistura. Ela deve ser descartada como resíduo sólido, depois de seca, evitando também a contaminação da água. O mesmo vale para o lavatório, no caso dos salões, e para outros utensílios em casa. Só isso já garante uma economia de pelo menos três litros de água, diz Márcio Mattana, Gerente de Logística da Dinâmica Soluções Ambientais.

O Dinâmica, que criou o projeto Beleza Verde, que dá consultoria para os salões de beleza tornarem seus negócios mais sustentáveis. No caso do resíduo de tinturas, eles coletam o material e encaminham para o tratamento de resíduos.

Próximo