Fios bonitos e saudáveis: saiba como fazer fitagem no cabelo em transição

Técnica ajuda a manter os fios bonitos e hidratados durante o processo.

Durante o período em que se resolve assumir os cabelos naturais, as vezes é difícil saber que técnica usar para estimular os cachos a se formarem, por isso, saber como fazer fitagem no cabelo em transição ajuda a melhorar a aparência dos fios durante essa fase. Uma técnica muito simples, nesse tipo de texturização não é preciso modelador ou bobes, as únicas ferramentas necessárias são os dedos, um creme para pentear e uma escova.

A transição capilar é uma fase em que os cabelos precisam de cuidados especiais para garantir que os fios cresçam fortes e saudáveis. Esse processo consiste em abandonar os tratamentos químicos e deixar que os cabelos cresçam naturalmente. Esse período é um processo íntimo e delicado de autoaceitação, amor próprio e autoconhecimento.

Entretanto, o resultado é totalmente recompensador. Com a ajuda de algumas técnicas de texturização, os fios quimicamente tratados podem ganhar forma de cachos e adiar o momento do big chop. Além disso, é importante também começar a estimular a parte lisa para que ela, aos poucos, também forme cachinhos. E para que o resultado seja incrível, conte com a ajuda de um creme de finalização e geleia capilar para a técnica de fitagem no cabelo em transição.

Fitagem no cabelo em transição pega?

O cabelo quimicamente tratado não volta ao seu estado natural 100%.  Porém, existem algumas técnicas que podem camuflar seu aspecto liso e devolver um movimento aos fios. A fitagem no cabelo em transição é uma técnica que ajuda tanto na forma do cacho natural que está crescendo quanto nas pontas retas.  Quando se devolve e incentiva os fios naturais a formarem sua curvatura, o restante do cabelo consequentemente ganha uma ondulação. E foi isso que descobriram as influenciadoras Carolina Rosa e Stphanny Lima.

Carolina Rosa

Modelo com cabelo na altura do ombro na lateral enfeitado com flor e blusa regata amarela
Foto: reprodução | Instagram @_transicaodacarol

Para Carolina (@_transicaodacarol) saber como fazer fitagem no cabelo em transição ajudou com que ela entendesse como seu cabelo respondia aos tratamentos. Além disso, fez com que esse momento, por muitas vezes difícil, passasse desapercebido. “Fitagem é minha finalização da vida. Gosto de dividir o cabelo em mechas pequenas, aplico o creme, passo a escova para dividir o cabelo em fitas e finalizo com as mãos. A parte alisada não fica totalmente cacheada, mas eu amasso bastante com os dedos e quando seco ela se mistura com o restante dos fios”, explica Carol.

Stphanny Lima

Modelo com cabelo comprido em transição e blusa preta
Foto: arquivo pessoa

A Stephanny foca em três pontos importantes: a secagem do cabelo com toalha lisa de algodão, o uso de geleia e óleo finalizador. Para ela, esses três elementos garantem uma fitagem impecável com as pontas lisas também encaracoladas. “Depois de lavar o cabelo, seco com toalha de algodão não felpuda. Em seguida, passo creme pelo cabelo inteiro e divido em mechas. Em cada mecho separo as fitas com os dedos e aplico por cima uma boa geleia capilar. Depois de seco, finalizo com óleo para quebrar o “durinho” da geleia e solto a raiz para dar movimento. Assim,  o cabelo natural ganha forma e as pontas alisadas também”, afirma Sté.

Sugestão de produtos

Cabelos em transição precisam de hidratação extra e de uma limpeza que seja delicada, mas eficiente. Por isso, sugerimos a dupla Shampoo TRESemmé Baixo Poo + Nutrição e Condicionador TRESemmé Baixo Poo + Nutrição, que ajuda a limpar delicadamente enquanto nutre os fios.

Para complementar a lavagem e te ajudar na hora da fitagem, indicamos o Creme Para Pentear Seda Boom Transição, que foi feito especialmente para esse momento. O produto tem fórmula com óleo de Argan e biotina e colabora na hidratação dos cabelos, deixando-os mais saudáveis, fortes e cheios de vida, da raiz às pontas.