9 conselhos para quem quer ter o cabelo azul

Conheça os cuidados necessários para fazer do pretróleo, anil ou azul claro a próxima cor do seu cabelo.   

O cabelo azul é um tom fantasia que exige cuidados especiais para os fios ficarem sempre saudáveis e livres dos danos causados pela coloração. Mas não só isso: antes de pintar as madeixas, é preciso levar diversos fatores em consideração, como contar com uma boa ajuda profissional para passar por todo o processo de transformação. Para saber mais, continue com a gente e veja como cuidar de cabelo azul!

modelo de Como lavar cabelos coloridos
Os cuidados começam com a escolha do tom

Siga as dicas para ter a cor desejada!

 

1. Ajuda Profissional

Antes de tudo, eleja um profissional de sua confiança para participar do processo, antes, durante e depois da coloração. O expert pode servir de consultor para a escolha da tinta. Também é ele quem decide, de acordo com a necessidade dos fios, qual tratamento é o mais indicado para ser feito simultaneamente à coloração. Por fim, o colorista sugere cuidados para serem mantidos em casa e marca a próxima visita ao salão, para que a manutenção seja feita.

 2. Fixação importa

Na hora de escolher a tonalidade do cabelo azul, não leve em consideração apenas o tom preferido. Entre os rótulos brasileiros e importados opções de maior ou menor qualidade. Algumas opções oferecem pigmentos com maior capacidade de fixação, tratam o cabelo ao mesmo tempo em que o colorem e, ainda, são mais fiéis quanto ao tom oferecido na embalagem. Com a ajuda do colorista, invista na que serve melhor ao seu propósito.

3. Primeiro passo, descolorir

Quem tem cabelos naturalmente claros tem uma vantagem e tanto, se quiser  deixar o cabelo azul clarinho. Para receber os pigmentos pastel é preciso estar com o cabelo muito descolorido, quase branco. Quanto mais escuro for o fio natural, mais invasiva será a descoloração e maior a chance de causar danos. Antes e depois de descolorir o cabelo, é importante que ele esteja profundamente hidratado. Afinal, de que adianta ter a cor dos sonhos, se os fios estão opacos?

4. Cada tom, uma preparação

Para tons de azul bem escuro, com o petróleo, ou para ter apenas reflexos azulados, quando em contato com alguma luz, não é preciso descolorir o cabelo. Mesmo quem tem fios castanhos e pretos pode aderir à esses tons apenas tingindo os fios. Pode ser uma boa alternativa para conquistar o cabelo azul, sem que os fios sofram com processos invasivos.

5. Tente, experimente

Antes de tingir o cabelo, se estiver meio na dúvida quanto à cor, invista num spray de tinta colorida, para experimentar como você se sente usando o azul no dia a dia. Seu efeito é provisório, dura apenas até a próxima vez que você lavar o cabelo. Ainda assim, dá para sentir o gostinho de como coordenar suas roupas e maquiagens favoritas com a nova cor.

6. Cuide do seu cabelo azul

O colorista deve dizer qual tipo de tratamento, de nutrição, hidratação ou reconstrução, é mais adequado para ser feito simultaneamente à coloração. Isso mesmo: ao mesmo tempo em que o cabelo é colorido, ele também é tratado, para evitar que os fios se tornem elásticos ou quebradiços. Não abra mão desse passo preventivo.

7. Em casa também

As cores fantasia são mais voláteis e desbotam mais facilmente do que as cores tradicionais, como ruivos, loiros e castanhos. Para preservar a cor por mais tempo, é importante hidratar o cabelo em casa.

8. Tudo azul no shampoo

Outra dica para manter os pigmentos é misturar um pouco da tinta à máscara hidratante de sua preferência. Assim, sempre que lavar o cabelo, ele receberá uma dose extra de pigmentação.

9. Ajustando expectativas

Se você gosta tanto dos tons de azul mais  fortes quanto dos mais lavados, opte por pintar o cabelo com uma cor mais forte, porque inevitavelmente, ela irá desbotar e chegar até tons mais claros. Assim, você aproveita ao máximo a coloração.

Sugestão de produtos

Para que a cor fique sempre bonita e os cabelos saudáveis, é essencial apostarem produtos que sejam específicos para cabelos com química. A gente recomenda para lavar os fios, com o Shampoo Bed Head Ressurection, que ajuda a reforçar a hidratação, a manter a cor vibrante e a reduzir a quebra. Combine o produto com o Condicionador Bed Head Urban Anti+dotes Re-Energize, que colabora na melhora da resistência dos fios.

Nos dias em que não quiser lavar, para fazer a cor durar mais tempo, aposte no shampoo a seco, como o Shampoo a Seco Dove Care on Day 2, que ainda ajuda a remover o excesso de oleosidade e dar volume aos fios.

 

 

É legal investir também em um tratamento mais profundo. Indicamos a Máscara de Tratamento Bed Head Urban Anti+dotes Resurrection, que auxilia na maciez, na redução da quebra e no fortalecimento dos fios.

 

Próximo