Receita caseira para a caspa: descubra os riscos de apostar nessa roubada

Ana | 12 maio 2016

Se você sofre com caspa já deve ter visto diversas formas para tratá-las em casa, não é mesmo? Mas saiba que isso nem sempre é a melhor solução. Veja o porquê. 

Você tem sofrido tanto com os incômodos pontinhos brancos que até começou a pensar na hipótese de colocar em prática uma ou outra receita caseira para a caspa? Calma! Mantenha essa ideia longe da cabeça (literalmente)! Receitas caseiras, sejam quais forem, são um um perigo e nós vamos te contar o porquê.

Motivos para não usar uma receita caseira para a caspa

Basta uma rápida busca na internet para você encontrar uma infinidade de receitas caseiras para eliminar esse problema. A indicação mais comum é a aplicação de vinagre nos fios, porém, você ainda vai ver outros ingredientes virarem “tratamento capilar”, como o bicarbonato de sódio, a cerveja, frutas e tantas outras coisas. O problema é que, apesar de serem fáceis de fazer, esse tipo de “tratamento” provoca mais prejuízos do que benefícios. Por exemplo: frutas cítricas ou ácidas, como o limão, por exemplo, podem gerar queimaduras gravíssimas, além de outras reações que podem variar de pessoa para pessoa.  Quando você derruba limão sem querer na pele e vai para o sol,  naturalmente surgem manchas escuras na pele, não é? Imagina o que grandes quantidades desse ingrediente no couro cabeludo não pode provocar? Veja outros exemplos de como o seu couro cabeludo e os seus fios podem sair prejudicados com qualquer tipo de receita caseira para a caspa:

  • Agressão aos fios, deixando-os fracos e quebradiços.
  • Ressecamento do cabelo.
  • Alergias no couro cabeludo, que podem se manifestar de diferentes maneiras, como coceiras, descamações ou até lesões mais graves.
  • Manchas, como forma de reação alérigca. Podem surgir manchas na pele, no couro cabeludo ou em outras partes do corpo.
  • Queda de cabeloprovocada pelo enfraquecimento do fio ou alguma agressão ao couro cabeludo.
  • Aumento da caspa como consequência de algum desses “tratamentos” caseiros ou como efeito rebote de um ressecamento muito grande no couro cabeludo provocado por alguma substância.

Dessa forma, além dos possíveis prejuízos estéticos, algumas substâncias oferecem riscos até mais graves. As consequências mais comuns dentre todas essas são as alergias e as queimaduras. Por isso, é preciso ter muito cuidado antes de sair confiando em qualquer indicação de mistura supostamente milagrosa e eficiente. Prefira, sempre, utilizar cosméticos e remédios desenvolvidos especificamente para o tipo de problema pelo qual você tem passado, no caso as caspas, e que são previamente testados e, de preferência, recomendados pelo seu médico dermatologista. Ele é a pessoa mais indicada para te ajudar a encontrar uma solução e te indicará os melhores produtos disponíveis no mercado que agem diretamente no combate à caspa.

Cuide-se!

O maior risco das receitas caseiras está no fato de que elas não foram testadas em laboratório. Dessa forma, suas reações não estão mapeadas e não podemos prever qual será a efeito daquilo no nosso organismo. Ainda que elas sejam “soluções” mais acessíveis, baratas, sua utilização deve ser descartada, pois o baixo custo de fato não vale o malefício que você pode ter.  Não se arrisque. Procure ajuda de profissionais da área e de produtos produzidos para te ajudar a se ver livre das caspas!

Sugestão de produtos: Alguns produtos específicos prometem ajudar a resolver o problema. O Shampoo Clear Suavidade & Brilho, o Condicionador Clear Alívio Da Coceira e o Condicionador Clear Hidratação Intensa são boas opções.

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.