O que causa a caspa?

Você sabe o que causa a caspa? Veja o que está por trás do problema e saiba o que fazer para tratá-lo.

A cena não é rara: de repente, você olha o vestido preto e lá estão eles: os indesejados pontinhos brancos, também conhecidos como caspa. De acordo com especialistas, o problema se manifesta, pelo menos uma vez ao ano, em metade da população mundial. Ele não é contagioso e atinge igualmente homens e mulheres, especialmente na faixa etária entre os 20 e 40 anos. Mas, afinal: o que causa a caspa?

Sujeira? Estresse? O que causa a caspa?

Também chamada de dermatite seborreica, a caspa nada mais é do que uma descamação do couro cabeludo e, apesar de ser um problema corriqueiro, suas causas ainda não são totalmente conhecidas.

Sabe-se, porém, que ela é influenciada por causas genéticas e alterações hormonais, que aumentam a oleosidade do couro cabeludo, e que ela costuma piorar em determinadas situações, como clima seco, mudanças bruscas de temperatura, estresse e alimentação inadequada, rica em gorduras e carboidratos refinados, à exemplo do macarrão, arroz e pão não integrais.

Procedimentos químicos, como alisamentos, relaxamentos, tinturas, entre outros, também costumam piorar os quadros de caspa, visto que irritam e podem inflamar o couro cabeludo.

Como tratar a caspa?

Assim como as causas não são totalmente conhecidas, ainda não há uma cura para a caspa. Contudo, com alguns cuidados simples é possível controlá-la e amenizar seus sintomas. Para isso, vale investir em shampoos anticaspa, que contêm princípios ativos, como o zinco, cetoconazol, selênio, alcatrão, ácido salicílico, dentre outros, que podem diminuí-la. Eles devem ser usados, em média, três vezes por semana.

Outra dica é evitar banhos muito quentes, visto que a água em altas temperaturas agrava o ressecamento dos fios. Dessa forma, dê preferência aos banhos com água fria ou morna. É preciso lembrar ainda que ao higienizar os fios, não se deve esfregar o couro cabeludo de forma agressiva com as unhas. O ideal é massageá-lo por cerca de cinco minutos apenas com a polpa dos dedos e enxaguar os fios muito bem.

Para que a caspa fique bem longe dos fios, vale ainda evitar que os cabelos fiquem úmidos por muito tempo, bem como tentar controlar o estresse. A alimentação também merece atenção especial, devendo ser priorizada uma dieta balanceada, com pouca ingestão de açúcar e gorduras.

Sugestão de produtos: Shampoo Clear Alívio da Coceira e Condicionador Seda Pureza Refrescante são indicados para evitar que a caspa volte. Não se esqueça das hidratações semanais com máscaras ou ampolas, como Ampola De Tratamento Dove Recuperação Extrema.

Quando procurar o médico?

Quando se toma todos os cuidados de prevenção, aplica-se com frequência o shampoo anticaspa e, mesmo assim, os sintomas de coceira e descamação não diminuem, é chegada a hora de procurar o auxílio de um médico dermatologista.

O profissional deverá observar os cabelos e o couro cabeludo a fim de indicar o melhor tratamento para os fios, que variam desde a utilização de shampoos especiais, mais fortes do que os usualmente vendidos nos supermercados, passando pela aplicação de loções, até chegar, em casos mais graves, à indicação de remédios tópicos, ou via oral.

Se não tratada, a caspa pode retornar de maneira mais grave, piorando quaisquer inflamações que possam haver no couro cabeludo. Além disso, em situações mais extremas, ela pode piorar ou até causar a calvície.