Scab hair: como lidar com o cabelo após a transição

Depois do big chop, é normal se deparar com fios sem definição. Saiba como lidar com eles.  

Cabelo com frizz excessivo, porosidade, fios quebrados, ressecados ou sem definição. Essas podem ser características do scab hair. A expressão (que significa “casca de ferida”, em inglês) é usada para se referir ao cabelo danificado, que resta, após o big chop.

Há controvérsias quanto à existência do scab hair e há quem diga que é um mito. Verdade seja dita: não há comprovação científica sobre ele. Mas muitas mulheres de cabelos crespos e cacheados dizem que sentem os efeitos desse estágio do cabelo, logo após se livrar da química. E, para elas, damos dicas de como cuidar dos fios nesse período.

Scab hair: antes de voltar ao natural

Quando decide deixar o cabelo natural, muitas vezes, é comum uma mulher se deparar com um obstáculo: quase todo o fio é alisado. Em geral, ao optar pelo alisamento ou relaxamento químico, alguém se acostuma a correr para o salão, sempre que a raiz aponta, mostrando o ondulado natural dos fios. Esse processo é interrompido por quem decide manter o cabelo natural. E, durante um tempo, a raiz vai crescendo, a textura original dos fios vai se apresentando e convivendo com a outra parte do cabelo, ainda alisada. Tal período é chamado de “transição capilar”.

Em certo momento da transição, o desejo por ter o cabelo natural e uniforme pode falar mais alto. É nessa hora que surge o big chop, nome recebido pelo corte que elimina toda a parte dos fios que ainda tem química. Então, restam apenas os fios naturais. Ainda assim, o cabelo dos sonhos, com cachinhos definidos, parece estar longe de aparecer. No lugar do resultado esperado, aparecem fios com danos.

Mulher posa ao ar livre, com scab hair
Para tratar o scab hair é preciso paciência. | Foto: Indigital

O scab hair é o que fica logo após a parte com química ser retirada. Apesar de os fios que restam serem virgens (ou seja, nunca terem tido contato com química), eles continuam a sofrer o impacto dos anos de alisamento e isso pode durar por até dois anos. Por um lado, há quem explique que é impossível o produto agir no cabelo que ainda nem cresceu.

Por outro, é verdade que alisamentos constantes, com química e fontes de calor podem danificar os fios de tal modo, que mesmo uma pontinha que restar da parte do cabelo que passou por esses processos nocivos já é o suficiente para deixar todo o cabelo com ressecado, quebrado e sem definição.

Como lidar com o scab hair

Não importa o que cada corrente  diz sobre o scab hair. Se depois de fazer o big chop você sente que os fios estã indisciplinados e quer ajuda para definí-los, vale a pena considerar três dicas que vão ajudar a conquistar os tão sonhados cachos.ç

Tesoura

Você já cortou grande parte do cabelo para abrir mão da parte alisada. Por que cortar mais um pouco? Talvez uma pontinha do cabelo alisado ainda tenha ficado e, embora pequena, ela pode contribuir para que seu cabelo tenha o aspecto não desejado.

Fitagem

A fitagem pode ser feita mesmo nos cabelos curtos. Ela ajuda tanto a conseguir a definição quanto a segurar a ansiedade.

Reconstrução

Considere seguir um cronograma capilar. Ele vai prover os fios com nutrição e hidratação, além de ajudar a reconstruir o cabelo.

Paciência

Muitas vezes, o cabelo não forma cachos, simplesmente, porque não está longo o suficiente. Com o tempo (e os cuidados certos!) os caracóis vão aparecer. Vale esperar.

Sugestão de produtos: Shampoo TRESemmé Selagem Capilar Crespo Original, pensado especialmente para mulheres que mantêm seu crespo natural; Creme Para Pentear Seda Crescimento Saudável, que pode ser usado na fitagem,  Óleo Nexxus Oil Infinite, um auxílio para o cabelo seco, com frizz e difícil de manejar.