Como reconstruir cabelos danificados por química: entenda o dano e aprenda a cuidar!

All Things Hair
como reconstruir cabelos danificados por química

Você já se perguntou como reconstruir cabelos danificados por química? Bom, é possível e nós conversamos com uma especialista sobre o assunto. 

Escova progressiva, definitiva, descoloração, tintura… São muitos os processos químicos a que submetemos os nossos cabelos em busca de uma nova textura, nova cor e mudança no visual que passa longe (ou não) da tesoura. No entanto, mesmo quando realizados após o teste de mecha e com a ajuda de um especialista, esses procedimentos podem fragilizar e mesmo danificar os fios. A pergunta que fica, então, é: “como reconstruir cabelos danificados por química?” Afinal, não é porque queremos um novo cabelo que não queremos que ele seja tão saudável quanto fios virgens.

Conversamos com a farmacêutica especializada em dermocosméticos Mika Yamaguchi para entender melhor sobre como os prejuízos aos fios ocorrem e como reconstruir cabelos danificados por química.

Como reconstruir cabelos danificados por química?

Primeiro, entenda o porquê

Tratamentos químicos, como a escova progressiva ou a definitiva, o uso rotineiro do secador, da chapinha ou do modelador de cachos e mesmo as agressões externas a que submetemos os fios, principalmente no verão, como o sal e o cloro do mar e da piscina acabam por modificar a estrutura do fio deixando o cabelo mais frágil e sensível.

A oleosidade natural do cabelo, produzida pelo couro cabeludo, serve de proteção para os nossos fios, agindo como um filme protetor quando esse sebo vai da raiz até a ponta. Com essas agressões diárias, como a umidade, o vento, a poluição e o sol, o sebo acaba ficando somente na raiz e não age mais como protetor: é o caso do cabelo ressecado. No caso do cabelo danificado, Mika explica: “o problema é maior, por isso, a utilização de qualquer processo químico ou mecânicos deve ser reduzida para deixar os fios respirarem e ajudar a fixar os tratamentos.”

A reconstrução

A pergunta polêmica costuma ser: é possível? Afinal, não é raro encontrar quem recomende apenas passar a tesoura dos fios e recomeçar com cabelos mais saudáveis. No entanto, Mika é categórica: “Sim, a reconstrução é possível mesmo quando o fio tenha sido danificado, esteja sem massa proteica e a ponto de se romper”. No entanto, serão fundamentais a paciência, um bom cronograma de cuidados e as recomendações de um dermatologista ou tricologista.

Yamaguchi continua: “É necessário intervir no cortéx do fio aumentando o ganho de massa proteica. Novas tecnologias foram desenvolvidas neste caso muitas vezes é necessário associar o tratamento tópico com o oral.” O tratamento tópico a que se refere é o com os chamados nutricosméticos, sobre os quais falamos aqui.

Sugestão de produtos

Para repor a massa necessária após um procedimento químico nos fios, é importante investir em proteínas. Isso pode ser feito com a inserção de mais alimentos protéicos na dieta, com a adição de nutricosméticos à alimentação e também com shampoo, condicionador e creme de tratamento enriquecidos com proteína concentrada. A solução mais eficaz, contudo, certamente é a junção de todas as alternativas, além do auxílio de um tricologista ou dermatologista.

Sugerimos o Shampoo Seda Restauração Instantậnea Condicionador Seda Restauração Instantậnea, pois contêm uma exclusiva tecnologia Nutri Queratina e uma avançada fórmula sem sal, com Bio Queratina. Para potencializar os resultados, a Máscara De Tratamento Nexxus Emergencée, por ser enriquecida com proteína concentrada e colágeno marinho.