Corte químico: o que é, como evitar e como cuidar dos fios danificados

O cabelo ficou emborrachado depois que você fez alguma química? Descubra por que isso aconteceu e saiba como evitar o problema

De repente você percebe um corte químico: e agora? Se fez um procedimento químico recentemente e, pouco tempo depois, notou que seu cabelos estão extremamente frágeis, ásperos, elásticos e quebradiços, é hora de acender o sinal vermelho: esses sintomas podem indicar que realmente houve um corte químico.

Saiba tudo sobre o assunto a seguir e aprenda como recuperar a saúde de todos os tipos de fios que sofreram esse dano.

O corte químico é uma quebra capilar severa ou um rompimento brusco dos fios como consequência da ação de muitos procedimentos químicos no cabelo. É causado por: alisamentos excessivos, descolorir fios já fragilizados ou até por realizar mais de um procedimento no cabelo sem respeitar o tempo de restauração dos fios.

Errar na aplicação de produtos ou no tempo de pausa também apresenta perigos. Todos esses fatores podem fazer com que os fios fiquem muito frágeis a ponto de se partirem ou até caírem.

E fique sabendo: nem sempre o corte químico é visível na hora da aplicação da química nos fios. Ou seja, pode ser que o cabelo se quebre alguns dias depois de você fazer um novo alisamento.

Foto de mulher com cabelo descolorido que sofreu corte químico
Foto: Reprodução | Instagram @vanessacampos2020

O uso excessivo de químicas, colorações e mega hair também já provocou corte químico em algumas famosas. As cantoras Ariana Grande e Billie Eilish declararam publicamente que já enfrentaram esse problema. No Brasil, influenciadoras como Flávia Pavanelli, Camila Loures e Karen Bachini também lidaram com corte químico no cabelo.

Cantora Billie Eilish teve corte químico no cabelo
A cantora Billie Eilish afirma que nessa época tinha passado por um corte químico nos fios. | Foto: Shutterstock

Sintomas do corte químico

É fácil perceber quando acontece:

  • Os fios ficam opacos, ásperos e porosos.
  • Os cabelos ainda podem ficar com pontas duplas e até mesmo triplas.
  • Eles se quebram com facilidade e, nos casos mais graves, pode até haver queda.
  • Ficam elásticos, com o famoso efeito “emborrachado”. Ao puxar o fio, ele estica como um elástico e, quando é solto, não volta ao normal.

Foto de cabelo com corte químico

Como tratar do cabelo que sofreu o corte químico?

  • Dê uma boa pausa nos procedimentos químicos. Os fios já estão bastante danificados e repetir a dose pode piorar ainda mais a situação.
  • Corte os cabelos para diminuir os danos visíveis. Tirar algumas pontinhas já pode ajudar a melhorar seu aspecto.
  • Invista em um cronograma capilar em casa para proporcionar hidratação, nutrição e reconstrução ao cabelo, devolvendo todos os nutrientes que os fios precisam.
  • A umectação com óleos vegetais também pode ajudar bastante na recuperação do cabelo. Você pode fazê-la tanto durante o dia quanto à noite, antes de dormir (também conhecida como umectação noturna).
  • Evite ao máximo usar secador, chapinha e modelador de cachos durante esse período de recuperação. Essas ferramentas de calor agridem ainda mais o cabelo que já está fragilizado.
Antes e depois de corte químico no cabelo castanho
Pós-corte químico – antes e depois | Foto: Reprodução | Instagram @onde_encontrar | @diegomarinhobeaute

Corte químico em cabelo crespo e cacheado

O corte químico pode acometer todos os tipos de cabelo – e com os crespos e cacheados não é diferente. Michele Fernandes, empresária e youtuber, por exemplo, sofreu com o problema.

Ela conta que sempre teve vontade de clarear o cabelo, descoloriu sozinha em casa, tonalizando com uma tinta rosa, que ficou quase vermelha. O resultado inicial foi satisfatório e durou cerca de seis meses, até começar a quebrar.

Os cachos não se formavam mais e, mesmo usando cremes reconstrutores, os fios não se recuperavam. “Acredito que a descoloração tenha agredido muito meu cabelo, deixando-o poroso e quebradiço. Fiquei triste, gostava do meu cabelo descolorido, grande e volumoso”, lamenta. Mas a empresária não desanimou e aceitou o processo, cortou as pontas fragilizadas que sobraram e praticamente começou do zero.

Se já for tarde demais e um corte químico aconteceu com você, é preciso encarar o problema. Isso quer dizer que não tem jeito: não dá para “colar” o cabelo que caiu de volta. É preciso cuidar do comprimento que ficou.

Antes e depois no corte químico no cabelo preto e liso
Pós-corte químico – antes e depois | Foto: Reprodução | Instagram @larissabybeauty

Assim, a solução é fazer mesmo um corte de cabelo com o que sobrou, para continuar tratando os fios que se mantiveram.

Você vai precisar de paciência para esperar os cabelos crescerem. Enquanto isso, capriche nas hidratações e no uso de produtos de qualidade, voltados especificamente para o seu tipo de cabelo. Depois de um certo tempo, você poderá usar química novamente, mas é preciso ter cuidados de continuidade nos procedimentos.

Você pode se interessar por: Saiba escolher o melhor corte para cabelo curto

Como evitar o corte químico?

  • O primeiro passo é conhecer bem o tipo de química que já existe nos seus fios além da química que será aplicada. O cabeleireiro também deverá fazer uma avaliação nos fios para constatar se os fios resistirão ao novo clareamento ou alisamento, por exemplo.
  • Faça o teste de mecha nos fios. Ele consiste na aplicação do produto em uma mecha dos fios cerca de 48 horas antes da aplicação em todo o comprimento. Dessa forma, é possível saber se os fios irão aguentar uma nova química ou não.
  • Dê um intervalo de meses entre uma química e outra. Nesse meio tempo, invista em máscaras hidratantes, nutritivas e reconstrutoras para recuperar os cabelos.
  • Escolha um profissional de confiança, que conheça a química que você já possui nos cabelos. Se você não tem experiência, não faça descolorações ou alisamentos em casa.

Dúvidas sobre corte químico

Sofrer um corte químico, seja na raiz ou comprimento, representa uma agressão muito grande para os fios, o que também significa que muitas perguntas podem surgir na hora de resolver o problema. Veja algumas das principais dúvidas.

Quanto tempo leva para recuperar um cabelo com corte químico?

A recuperação de um cabelo com corte químico pode durar cerca de 2 anos. É um longo tempo, mas existem maneiras de tratar os fios e acelerar o processo de reconstruir a fibra capilar, e claro, a autoestima.

Quer saber mais? Veja 10 dicas de especialistas para fazer o cabelo crescer mais rápido e forte!

Pode pintar o cabelo com corte químico?

Não. Além de ser indicado dar uma pausa nos procedimentos químicos, as tinturas convencionais possuem uma fórmula que pode danificar ainda mais os fios, porém, é possível tonalizar o cabelo.

Os tonalizantes são menos agressivos ao cabelo, o pigmento é depositado na camada externa do cabelo, não alcançando o interior dos fios. Entretanto, antes de realizar qualquer outro procedimento, vale consultar um cabeleireiro de confiança.

Cabelo com corte químico pode fazer botox?

Sim! Se o seu cabelo sofreu com corte químico é recomendado que você faça tratamentos que devolvam a queratina e os nutrientes perdidos, como o botox capilar. É importante ressaltar que, antes de fazer algo novo no cabelo, é necessário se informar sobre todos os prós e contras.

Por isso, recomendamos que você leia sobre os riscos e benefícios de fazer botox: Cabelo danificado pode fazer botox? Descubra!

Tratamento caseiro para corte químico funciona?

Existem diversas receitas na internet que usam ingredientes caseiros como o vinagre para recuperar os cabelos após o corte químico, porém não há comprovação de que essas receitinhas realmente funcionem. Nossa principal recomendação para restaurar a saúde dos fios é usar produtos aprovados pela Anvisa em seu cronograma capilar.

Sugestão de produtos

O shampoo e condicionador Dove Regeneração Extrema foram pensados especialmente para quem tem cabelos extremamente danificados por colorações, descolorações, alisamentos e outros procedimentos químicos, recuperando sua saúde e nutrindo os fios para um novo começo.

Outra indicação é o Super Condicionador Dove Fator de Nutrição 80, que tem uma fórmula regeneradora e potente para cuidar dos cabelos com danos extremos ou que passaram por corte químico. Ajuda a fechar as cutículas e na selagem dos fios. E o melhor: age em apenas 1 minuto!

Para completar o ritual de cuidados, a Máscara Dove 1 Minuto Fator de Nutrição 80+ também é ótima para revitalizar em 60 segundos os fios comprometidos pela química ou que sofreram corte químico.

Artigo anterior
Artigo seguinte
Decoration image
Decoration image