Escovas progressivas: prós, contras e cuidados pós-tratamento

All Things Hair | 12 maio 2016

Como agem, prós e contras e os cuidados pós-tratamento. Contamos tudo o que você precisa saber sobre os alisamentos conhecidos como escovas progressivas.

 

Escovas progressivas é uma das alternativas mais procuradas entre as mulheres que desejam ter um cabelo liso sem muito esforço. Mas, antes de deixar de lado o secador e a chapinha e investir de vez nas mechas quimicamente alisadas é preciso entender como o procedimento realmente funciona.

Afinal, o que são as escovas progressivas e como as substâncias nela contida agem nos seus fios? Quais são os prós e contras? Quais os cuidados necessários durante e, sobretudo, depois do tratamento? Aqui, vamos desvendar tudo isso e mais um pouco.

O que são as escovas progressivas?

São um tipo de alisamento químico composto por formol, proteína, silicone e queratina. Por ser considerada uma substância cancerígena, desde 2009 a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) impôs um limite de 0.2% à quantidade de formol utilizada nas fórmulas das escovas progressivas. Dessa maneira, ele só deve agir como conservante e não como agente alisador.

Diferente das escovas definitivas, também chamadas de escovas japonesas, as escovas progressivas atuam apenas na cutícula capilar (parte externa do fio) e não em seu córtex e medula (partes internas do fio). Logo, elas não alteram a estrutura interna do fio: as substâncias agem embalsamando a fibra capilar e, por consequência, disfarçando o formato cacheado.

Mulheres com todos os tipos de cabelo podem fazer esse alisamento?

Sim, mas isso não significa que o efeito será o mesmo em todas. É justamente daí que vem o seu nome: o efeito acontece gradativamente e não logo na primeira aplicação, especialmente para cabelos com cachos mais presentes, como crespos e afros.

Quais são seus principais benefícios? E os danos?

Lavou, secou: é assim que seus cabelos serão daqui para a frente. A praticidade é definitivamente o maior benefício da escova progressiva. Aparelhos como secador e chapinha ficarão aposentados – pelo menos pelos primeiros 60 dias, sua média de duração.  

A diminuição do frizz também é bastante visível. Entretanto, a lista de danos aos cabelos é maior: “o resultado imediato é bonito, mas com o tempo ela destrói o cabelo e a raiz”, afirma o hairstylist Rodrigo Cintra, do salão Studio W, em São Paulo. A injeção desse tipo de química na cutícula faz com que o fio fique mais poroso e, assim, fraco.

Nos casos mais comuns, há uma maior oleosidade da raiz, além dos fios quebrarem e irem perdendo sua naturalidade. “Já nos casos mais graves de uso, por exemplo, há riscos de irritação, coceira e ardência do couro cabeludo, desmaios e até mesmo fechamento da glote”, alerta Cintra.

Quais cuidados devemos ter depois do alisamento?

A hidratação é o principal dos cuidados depois de alisamentos como escovas progressivas. Em casa, aposte em produtos emolientes e potentes, como as máscaras e ampolas de tratamentos, e aplique nas mechas pelo menos uma vez por semana, sempre com cuidado de evitar o couro cabeludo.

Indicamos o Creme De Tratamento TRESemmé Blindagem Platinum, que promete reparar os cabelos quimicamente danificados e dar proteção extra aos fios. A fórmula com Pró- Queratina repara a estrutura dos fios e sela as cutículas, blindando o cabelo e restaurando a vitalidade, suavidade e brilho.

Sugerimos também a Ampola Dove Reconstrução Completa Tratamento de Resgate para auxiliar nessa tarefa. Ela ajuda na recuperação dos fios em apenas 60 segundos. Indicada para cabelos severamente danificados, o produto promete agir no nível celular do fio para uma reconstrução completa em apenas 7 dias.

No salão, a cauterização capilar é uma excelente opção de tratamento profissional, já que devolve a queratina perdida durante a química.

Para dar acabamento e polimento hidratante aos fios, experimente o Óleo Nexxus Oil Infinite, um óleo leave in para deixar o cabelo macio e hidratado sem deixá-lo pesado. Com um complexo de seis óleos naturais, incluindo Babaçu e Marula, ele possui fórmula leve e profundamente hidratante que promete reduzir o frizz.

Não gostei. Dá para reverter o processo?

Não. Pelo menos de maneira definitiva e segura, a escova progressiva só sai com um bom corte. Para evitar ficar com um liso ainda muito marcado, o cabeleireiro deve usar tesouro desbaste, também conhecida como tesoura dentada.

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.