Escova botox: vantagens e cuidados na hora de fazer a progressiva

All Things Hair | 13 maio 2016

Já ouviu falar nesse na escova botox? Conheça melhor o método e descubra os benefícios e porque ela pode ser boa especialmente para cabelos cacheados.

Não faltam no mercado escovas progressivas com funções que vão além do alisamento tradicional. A escova botox é uma delas. O nome claramente é uma referência ao botox de pele, aquele que deixa a pele lisinha e sem rugas. Mas engana-se quem pensa que o botox capilar possui toxina botulínica em sua fórmula. Na verdade, o termo é sim uma referência ao botox de pele, mas a escova botox não possui o ativo na fórmula. Na verdade, ela ficou famosa porque é um tratamento dois em um: reconstrói os fios enquanto alisa.

A fama do termo botox foi tanta que ganhou virou referência até para outro tratamento de cabelo: o botox capilar. Descubra as diferenças entre a escova botox e o botox capilar e quando apostar em cada um deles.

Qual a função da escova botox?

A escova botox é um tipo de progressiva e, portanto, possui como função alisar os cabelos. O diferencial dela para outros tipos de escovas progressivas é que a escova botox ainda atua reconstruindo os fios, assim como o botox capilar. Para alterar a estrutura do cabelo, a escova geralmente conta com tioglicolato de amônia na fórmula, substância bastante utilizada em cosméticos.

Qual a diferença entre escova botox e botox capilar?

Apesar de possuírem nomes parecidos, os tratamentos possuem funções bem distintas. Enquanto a escova botox alisa e reconstrói os cabelos, o botox capilar é apenas um tratamento reconstrutor, que atua preenchendo as fissuras ou “rugas” do cabelo – daí vem o nome botox. Ele é indicado para todos os tipos de fios, principalmente cabelos com química e que sofreram processo de descoloração, em que há a perda de massa. Resumindo: diferentemente da escova botox, o botox capilar reduz o volume dos cabelos, mas não alisa.

Indicação da escova botox

Uma vez que possui tioglicolato de amônia na fórmula, a escova botox é menos agressiva do que outros tipos de alisantes, como guanidina e hidróxidos. Isso significa que seu poder de alisamento também é menor, mas ela pode ser usada por cabelos mais frágeis, como fios cacheados e crespos. O liso, no entanto, não terá aquele efeito superchapado.

Fique de olho!

Quando o assunto é escova progressiva, sempre é bom ficar de olho na embalagem. Isso porque muitos tratamentos possuem na fórmula ativos alisantes perigosos para a saúde, como o formaldeído, que são proibidos.

Por isso, antes de optar por fazer a progressiva, verifique se no rótulo consta que o produto é registrado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa. Também escolha um profissional de confiança, uma vez que é comum cabeleireiros acrescentarem alisantes no tratamento para aumentar ainda mais o efeito liso. Lembre ainda seu cabeleireiro de fazer um teste de mecha antes de aplicar a escova em todo o cabelo. Isso garante que não aconteça corte químico por causa de químicas incompatíveis (causado por dois tipos de escovas diferentes, por exemplo).

Sugestões de produtos:

Quem alisa quimicamente os cabelos precisa ter um cuidado muito especial com os cabelos e com o couro cabeludo. Indicamos o Clear Shampoo Pós Alisamento Químicosobretudo, se você já tinha caspa ou se desenvolveu após o alisamento. 

O Creme de Tratamento TRESemmé Selagem Capilar Crespo Química foi desenvolvido com manteiga de karité, rica em ácidos graxos e conhecida popularmente como um poderoso hidratante. Além disso, ele tem na fórmula aminoácidos ajudam a fortalecer os cabelos danificados pela química, sem deixá-los oleosos ou pesados.

Para dar finalização hidratante aos cabelos, experimente o Óleo Nexxus Oil Infinite, que auxilia na redução do frizz prometendo fios maleáveis sem aspecto pesado.

 

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.