Coloração artística: os incríveis cabelos de unicórnio de Leandro Dário

Juliana Tozzi | 31 janeiro 2017
×

Saiba como o artista Leandro Dário, de São Paulo, cuida dos cabelos multicoloridos e o que ele pensa sobre se reiventar a partir das modificações nos fios.

Leandro Dário, 34 anos, não veio para passar desapercebido. O multiartista de São Paulo atua em diversas áreas como fotografia, desenho handmade e digital, bordados em ponto cruz e criação de acessórios. Ele também é o idealizador do Somos todos caveira, projeto de arte urbana com manifestos em crochet aplicados pela cidade, numa forma de registros de memória em prol de uma convivência pacífica e harmoniosa na metrópole de pedra e pele.

Ele também se destaca e muito pelo estilo pessoal e pela forma como usa o próprio corpo para se expressar e se reinventar no mundo. Além de se vestir com composições únicas, Leandro ama mudar e colorir os fios. All Things Hair conversou com ele sobre como é a criação e manutenção dos cabelos de unicórnio, inspirações capilares, rotina de cuidados e outra coisinhas mais. Confira o papo na entrevista abaixo!

All Things Hair: Você tem um estilo muito genuíno de se vestir e se expressar no mundo. Como e quando descobriu que os cabelos também podiam ser um terreno de expressão?

Leandro Dário: Eu sempre curti trabalhar o cabelo. Mas, até 2015, nunca tinha usado cor nele. Já tive fios compridos, curtos, raspados, espetados, e sempre gostei de variar nos cortes, mas confesso que tinha medo de destruir os fios com descoloração. Foi com o Instagram que eu comecei a ter acesso à fotos de pessoas reais do mundo todo e me encantar com as possibilidades das cores nos cabelos. Daí, resolvi arriscar e fiz minha primeira descoloração, viciei. É incrível como o cabelo influencia diretamente no seu visual e como parece mudar completamente seu estado de espírito. Cada vez que faço um cabelo de outra cor me sinto renovado, parece até que minhas roupas são novas. É muito incrível como o cabelo pode dominar um visual inteiro.

ATH: Há alguma cor no arco-íris que você ainda não teve nos fios?

Leandro Dário: Quando comecei era a época do cabelo cinza/platinado. Sempre quis ir direto paras cores, mas meu cabeleireiro na época me convenceu a começar com um cinza quase branco e me apaixonei pelas possibilidades da descoloração. De lá pra cá, foram infinitas cores, nem sei mais quais cores eu já coloquei no cabelo, mas sei que “preto” jamais! Fiz poucas cores sólidas, tenho me arriscado mais nos rainbows e nas diferentes misturas que meu atual cabeleireiro faz (galáxia, mermaid, rainbow, opal etc).

Leandro Dario
Os cabelos do multiartista e digital influencer Leandro Dário. Crédito: Leandro Dário

ATH: Você faz as modificações e tinturas em casa ou vai no salão?

Leandro Dário: Eu sempre fiz as descolorações no salão, acho fundamental fazer o processo com profissionais para não destruir os fios. Tonalizar depois você pode até fazer em casa, basta comprar as tintas em perfumaria ou salão e aplicar no cabelo. Mas também precisa ter bom senso! Mas, desde o segundo semestre de 2016,  faço tudo exclusivamente no salão. Fui convidado pelo salão Novo Arte para ser unicórnio embaixador do salão. Sendo assim somente a equipe do salão toca no meu cabelo.

ATH: De onde você busca inspiração para os looks capilares?

Leandro Dário: Geralmente as referências vêm do Japão, adoro o profile @tokyofashion do instagram. Desde que o Rodrigo Silva, do Novo Arte, começou a fazer meu cabelo eu não tenho mais passado brienfing do que quero. Ele é um artista, assim como eu, e entrego totalmente meus fios nas mãos dele. Chego no salão e sento na cadeira e nunca sei ao certo o que vai sair, mas o Rodrigo sempre me surpreende.

ATH: Qual é a sua rotina de cuidados com os fios?

Leandro Dário: Para ter cabelo colorido tem que ter disposição. Antes com meu cabelo natural eu só lavava com shampoo, nem usava condicionador, não penteava e nem secador. Mas quando você descolore a estrutura do fio muda e é preciso cuidar pra manter os cabelos saudáveis. Lavo bem menos agora, umas 2 vezes na semana. Faço umectação com óleo de coco, para nutrir os fios e hidratar. Também faço uma hidratação power com uma máscara de reconstrução/hidratação. Uma vez por mês dou um choque de queratina líquida e hidrato na sequência, e assim mantenho os fios saudáveis. Para finalizar o cabelo sempre uso um protetor térmico antes da chapinha. Tenho excluído o secador da minha vida, e mantido apenas a chapinha para dar o brilho, o secador tende a desbotar as cores. Depois, passo um pouco óleo vegetal e reparador de pontas. Amo cuidar dos meus cabelos e curto ficar fazendo os tratamentos.

Leandro Dario 05
Os cabelos do multiartista e digital influencer Leandro Dário. Crédito: Leandro Dário

ATH: Você não tem medo ou puder de ousar nos cabelos (e na vida). Qual a dica que você dá para as pessoas que querem o mesmo mas ainda falta coragem?

Leandro Dário: Não tenha medo! A pior coisa da vida é você se arrepender de não fazer coisas que sempre teve vontade de fazer. Muitas pessoas me mandam mensagens falando que sonham em ter um cabelo como o meu, mas que não “podem” por causa da cidade que vivem, dos pais, profissão. Sinceramente, eu tô me lixando pro que os outros pensam de mim, se eu tivesse medo de ser julgado pelos outros eu não teria nem nascido. Desde criança sofro com olhares e comentários do mundo, mas transformei esse bullying vitalício na força que me move diariamente. Estamos vivendo um momento de “empoderamento”, de assumir quem você é de verdade, seus desejos, vontades, a vida é uma só, e passar por essa aqui desapercebido não está no meu plano de vida. A cor dos seus cabelos não tem nada a ver com seu caráter, com seu talento. Quem inventou esse padrão? Quem inventou que existe idade pra você ter o cabelo dessa ou daquela cor?

ATH: No seu canal do YouTube há videos que você ensinar a cachear os cabelos com chapinha e a fazer umectação nos fios. Como aprender a fazer tudo isso?

Tive um sério problema com descoloração, da primeira vez que fiz o cabelo. Tive corte químico e caiu metade do meu cabelo. Eu fiquei desesperado para salvar o que tinha sobrado e comecei a estudar todos os tratamentos possíveis. Todo cabelo descolorido deve passar pelas etapas: hidratação, nutrição e reconstrução. Mas eu só descobri isso quando estava quase sem cabelo. Foi quando fui testando vários tratamentos até chegar no cronograma capilar que eu faço hoje. Fiz muita pesquisa na internet, em blogs especializados e encontrei algumas maneiras corretas de cuidar dos cabelos. Resolvi compartilhar no meu canal, principalmente porque estes tratamentos salvaram meus cabelos, e não precisei raspar careca. E o melhor: gastando pouco!

ATH: Você recebe dúvidas sobre cabelos dos seus seguidores? Se sim, quais são as mais comuns?

Leandro Dário: Recebo muitas! Das perguntas mais básicas até as mais específicas. A maioria das pessoas pergunta como eu descolori, como faço as cores, os cuidados com os cabelos. Mas a pergunta mais mais mais é: “como você muda tanto de cor e seu cabelo não cai!?” Gente! Meu cabelo não cai porque eu não fico fazendo descolorações sequenciais. Eu retoco a raiz a cada 2 ou 3 meses, e meu cabelo desbota entre 2 a 4 semanas, depende do tom que foi aplicado. Com a ajuda de um profissional é possível você mudar as cores radicalmente, porque um colorista sabe exatamente qual cor aplicar no seu cabelo pra esconder a outra, ou alterar para o tom desejado.

Sugestões de produtos

All Things Hair recomenda o Dove Men+Care Shampoo Limpeza Refrescante, que é enriquecido com cafeína e menthol.  Caso você tenha fios de comprimento médio ou longo, indicamos o Dove Men+Care Condicionador Força Hidratante, que é enriquecido com cafeína e vitamina E. Aposte no Óleo Nexxus Oil Infinite para dar acabamento hidratante aos fios sempre que sentir necessidade.

 

Continuar lendo