Spray fixador para cabelo masculino: para que serve cada tipo

Ana | 25 abril 2016

Há versões variadas de sprays fixadores de cabelo no mercado, entre leves, fortes e extra fortes. Aprenda a usar cada uma deles. 

Com tantas opções em spray fixador para cabelo masculino, é comum ter dúvidas na hora de comprar – e mesmo de aplicar – o produto. Com características distintas, cada um deles serve melhor a diferentes resultados. Vale a pena saber mais.

Antes de surgirem tantas opções de sprays fixadores como existe hoje, havia o laquê. Ele deixava os fios duros e o aspecto do cabelo envernizado. As mexas ou topetes absolutamente imóveis não respondiam ao toque e era impossível passar os dedos por entre elas, depois da aplicação do produto.

spray fixador cabelo masculino liso
Já conhecendo o objetivo de cada versão de fixador, você vai acertar na escolha do produto.

Agora, o brilho molhado deu lugar a acabamentos mais naturais, mesmo em sprays extra fortes. Essa versão do produto é a mais indicada para segurar coques samurais e outros penteados em que as mechas devem permanecer firmes. Topetes altos, ao estilo rockabilly, também podem ficar horas intactos com a ajuda do produto.

Para manter as franjas de lado sob controle, sem que ela saia do lugar ou deixe fios soltos, o fixador de intensidade média é ótimo aliado. Ele deixa as mechas comportadas, ao mesmo tempo em que não as torna duras ao toque.
Cachos e ondas naturais pedem um spray fixador para cabelo masculino mais leve, que não atrapalhe o movimento – apenas reforce a definição. O volume do cabelo pode ser diminuído, se cacheados e ondulados forem amassados com as mãos, ao mesmo tempo em que o produto é aplicado. Quem quiser mais volume, pode desfazer os cachos com cuidado, formando novos cachos mais estreitos, depois borrifar o produto.

Como usar spray fixador para cabelo masculino

Já conhecendo o objetivo de cada versão de fixador, você vai acertar na escolha do produto. Mas é importante também saber com usá-lo. Qualquer que seja a intensidade do spray, é importante agitá-lo antes de usar e, numa distância a pelo menos 15 centímetros do cabelo, aplicar movimentando o frasco do produto. O movimento impede que o jato seja direcionado a um ponto apenas da cabeça, o que pode branquear uma parte do cabelo ou deixar uma mecha muito mais dura do que as outras.

Em relação à quantidade, quando o penteado precisa de fios alinhados de forma estática, a aplicação deve ser mais generosa. Borrife, espere secar e reaplique por todo o cabelo, especialmente no ponto em que o penteado parece mais frágil – como a extensão do topete ou a base de um rabo alto. Já cachos e ondas soltas, cabelos repicados, topetes médios e pequenos com caimento natural podem receber duas ou três borrifadas, mantendo sempre a distância indicada.

Um truque final: o spray fixador de cabelos também tem função anti-frizz. Assim como dá acabamento ao penteado e faz com que ele dure o dia todo, o produto pode manter os indesejados fios arrepiados sob controle. Para este fim, as versões mais leves são indicadas. Ideal para ser usado em dias de chuva ou nublados porque o fixador cria uma capa protetora, e evita o efeito “cheio e indefinido”, que costuma aparecer quando o tempo está úmido.

Dicas de produtos

Além do spray fixador, você também pode apostar em outros produtos finalizadores para arrumar seu cabelo, como o Spray Texturizador TRESemmé Expert Perfeitamente (Des)arrumado, que ajuda a deixar os fios ondulados com efeito mais bagunçado, ou os óleos de tratamento, por exemplo, Dove Pure Care Dry Oil e o Óleo Nexxus Oil Infinite, que ajudam a eliminar o cabelo arrepiado indesejado, o tão temido frizz.