Tudo sobre o pompadour, o cabelo com um supertopete

O cabelo pompadour ficou famoso por causa do topete icônico. Ele volta à moda combinado com outras tendências, como fade e razor part. Veja como usar

Você conhece o corte pompadour masculino? O nome pode até parecer um tanto complicado, mas sua explicação é, na verdade, bastante simples: trata-se de um cabelo com topete frontal imponente, com direito a muito volume (e produtos finalizadores).

Apesar da influência rockabilly forte, o visual não é indicado apenas para os roqueiros ultramodernos. Versátil, o corte combina com todos os tipos de cabelo e pode ser adaptado facilmente a seu estilo, de moda e de vida. “O pompadour pode ser adotado tanto pelos homens mais despojados quanto pelos mais tradicionais. Até mesmo por aqueles com profissões corporativas que exigem camisa e gravata”, afirma o hairstylist Edu Alves, do salão Retrô Hair, em São Paulo.

modelo com corte pompadour masculino
Combina com todos os tipos de cabelo

O pompadour masculino clássico é feito com topete frontal alto e central, com os fios penteados primeiro para cima e depois para trás.

Normalmente desfiados com navalha, os cabelos das laterais da cabeça e da nuca ficam mais curtos que a franja. Mas, mesmo assim, ainda é possível penteá-los para trás, exatamente como os astros de rock faziam.

Essa é a base do seu corte. Mas é claro que você pode variar de acordo com seu gosto pessoal. “As laterais podem ser bem baixinhas, se raspadas na máquina, criando um efeito degradê”, explica Edu.

Também conhecido por fade, nessa tendência o cabelo fica um pouco mais comprimento perto do topo da cabeça e vai diminuindo à medida que se aproxima das orelhas. “Outra opção mais radical seria as laterais e nuca raspadas com navalha, criando o chamado razor part”, continua o hairstylist do Retrô. É também outra tendência que ganha cada dia mais fama. No razor part, entretanto, o topete costuma ser lateral em vez de central.

Como fazer um topete pompadour

modelo com corte pompadour masculino
Use gel para fixar melhor o topete

Seu topete não vai ganhar altura alguma se você não puser a mão na massa, ou melhor, no cabelo! Como seu grande destaque é o volume, é preciso apostar em produtos finalizadores que encorpem os fios e mantenha-os sempre para cima.

O primeiro passo é aplicar um protetor térmico e escovar a franja para cima e para trás, utilizando como ferramenta escova redonda e secador. Experimente o Sérum Nexxus Encapsulate Caviar, que ajuda a restaurar a barreira de proteção dos fios, hidratando os cabelos instantaneamente.

Em seguida, caso queira encorpar e estilizar os fios antes de finalizar os fios com fixador, experimente o Creme Texturizador Bed Head Small Talk, que adiciona volume, corpo e maleabilidade aos fios.

A dica final é investir em um produto que será seu melhor amigo na hora de criar o topete: a Cera Modeladora Bed Head For Men Matte Separation, que é perfeita para fazer um penteado com definição, forte fixação e acabamento natural.

Lembre-se também de que os produtos devem ser aplicados apenas no comprimento e pontas, isto é, nunca no couro cabeludo. Além disso, fique atento ainda ao corte das laterais, que devem ser regulares para manter o estilo em dia. Se tudo isso não for um problema para você, parabéns e bem-vindo ao clube do pompadour.

Quando surgiu o corte pompadour?

Apesar de ser considerado uma das tendências masculinas mais fortes para 2016, o cabelo não é novo. Surgiu lá na França do século XVIII com Madame de Pompadour, amante do Rei Luís XV. Sim, ele era originalmente um cabelo feminino! Porém, ganhou fama nos anos 1950 na ondas dos rockstars. Logo se tornou um cabelo ícone da década e também uma das principais marcas registradas da época.

Inspire-se

Inscreva-se na nossa newsletter e receba dicas exclusivas para cabelos incríveis