7 cortes para cabelos asiáticos masculinos  

All Things Hair | 03 julho 2016
×

Escolha um corte que realce as características dos seus fios, que são brilhosos, lisos e pesados por natureza.

 

Separamos sete cortes para cabelos asiáticos masculinos, para você aproveitar ao máximo as características naturais dos fios, seja qual for seu estilo. Se você tem a herança genética asiática saiba que possui também uma incrível “vantagem competitiva capilar”. Essa expressão acaba de ser inventada, sim, mas faz todo sentido, levando em consideração que esse tipo de cabelo tem uma dose extra de queratina e cutículas mais espessas do que a dos outros.

A queratina abundante torna o cabelo asiático muito mais forte que os demais. Por isso, eles continuam com o mesmo aspecto (liso, pesado e brilhoso), mesmo diante de condições climáticas adversas, como umidade, calor ou frio excessivo. Já a cutícula, que é a parte mais externa da haste capilar, reforçada, faz com que os fios se mantenham lisos, hidratados e sem fios arrepiados.

Para ativar a camada de proteção do couro cabeludo e evitar a caspa, indicamos o Shampoo Clear Men Controle e Alívio da Coceira e o Dove Men+Care Shampoo Proteção Anticaspa. Caso você queria um produto que dê sensação refrescante ao couro cabeludo, aposte no Shampoo Clear Men Ice Cool Menthol, formulado com com Bio Nutrim 10, uma rica mistura de ingredientes nutritivos e extratos botânicos.

Como nem tudo é vantagem, o cabelo pesado e liso faz com que muitos asiáticos se queixem de que o cabelo parece ser sempre o mesmo. Mas um corte que combina com seu estilo e produtos certos para estilizar ajudam a variar o visual.  Por exemplo, se o peso do cabelo incomoda, repicar as pontas do cabelo confere mais leveza e movimento às mechas. Se o fato de o cabelo muito liso passar uma imagem comportada demais, e você quiser um toque mais bagunçado, a solução pode ser um corte com a nuca e as laterais raspadas, tipo undercut ou moicano. Confira nossa seleção!

Cortes para cabelos asiáticos masculinos: clássicos e modernos

Punk atualizado

O moicano é um ícone da rebeldia do movimento punk. Na década de 1970, os punks usavam a parte central do cabelo levantada e, quase sempre, colorida. Mais tarde, o moicano virou febre na primeira década dos anos 2000, impulsionado pelo estilo de estrelas do futebol. Hoje, já não mais como tendência, o corte de cabelo continua atraindo modernos e estilosos em geral. Como asiáticos costumam ter uma farta cabeleira, mesmo com a laterais e nucas bem raspadas, sobram muitos fios na faixa central. Nessa parte do cabelo, é possível aproveitar para fazer tranças, rabos e top knots — ou seja; coques altos.

Clássico sem caretice

O cabelo curto, com fios cortados em comprimento semelhante em toda a extensão da cabeça ganha um toque de estilo com a parte da frente levemente (bem de leve, mesmo) maior e repicada. Esse corte atende a quem  trabalha em locais formais ou que prefere seguir a linha clássica por algum outro motivo. Como asiáticos têm fios especialmente encorpados, a parte da frente ganha um aspecto armado. 

Jovem de qualquer idade

Para dar leveza e movimento ao cabelo, nada como apostar em pontas repicadas. O comprimento médio, à altura das orelhas, fica bem nos jovens (de idade ou de mente!).

O truque da franja

Franjas laterais atenuam o volume do cabelo, suavizam os ângulos, deixam o rosto mais ovalado (formato considerado o mais harmônico) e, ainda, rejuvenescem o visual. Resumindo: franjas laterais, praticamente, têm superpoderes. Dá para aliá-la aos mais diferentes cortes. Use sem moderação.

Degradê trendy

Na moda há um tempo e sem dar sinais de que vai deixar de ser tendência, o corte fade é aquele em que a nuca e as laterais têm fios curtos em degradê decrescente, a partir do topo. E, na coroa, os fios são um pouco mais crescidos. Um corte sem erro para quem busca ousadia — mas não tanta.

Com movimento

Cabelos longos, abaixo do queixo, podem ficar sem movimento, como se fossem uma cortina — como se os fios se movimentassem para lá e para cá, sempre juntos. Pontas repicadas evitam esse efeito. Além de valorizar o cabelo solto, o corte é ótimo para quem costuma usar penteados.

Do seu jeito

Em grandes cidades asiáticas, é comum a juventude levar à sério a customização do estilo. E isso vale para tudo, das roupas aos cortes de cabelo. Exemplo máximo disso é o bairro hype Harajuku, em Tóquio, onde o estilo pessoal está em cada centímetro do look do dia. Há infinitas formas de deixar o cabelo do seu jeito e, o mais fácil deles, é passar máquina zero ou em algumas mechas. Pode ser qualquer mecha, de qualquer largura.