#AmoMeuCabelo: “Meus filhos se tornaram meus cabeleireiros oficiais”

Com a pandemia, Anderson Rodrigues trocou o barbeiro de sempre pela máquina manuseada pelos seus próprios filhos. E não é que seu novo corte de cabelo ficou muito bom?

Durante os meses de quarentena, quem é que não deu aquela olhada pro espelho e pensou “e agora, o que faço com meu cabelo?”, seja porque estava comprido demais, com a raiz aparente ou até mesmo com sede de outros cuidados oferecidos pelos salões e barbearias fechados.

Com Anderson Rodrigues, 36 anos, de São Paulo, não foi diferente. Ele também se deparou com seu corte de cabelo sem manutenção – mas encarou a situação numa boa e, junto à sua família, criou um momento de descontração para dar um tapa na cabeleira: ele aceitou ter seus fios cortados pelos próprios filhos!

A seguir, Anderson compartilha essa divertida história entre pai e filhos, que aproveitaram o período de isolamento para estreitar ainda mais seus laços.

“Antes da pandemia, por conta do trabalho (distribuidor de água), eu não parava em casa. Era uma rotina bem corrida. Inevitavelmente, o tempo para ficar com meus filhos e minha esposa era bem mais curto. Muitos detalhes do dia a dia passavam despercebidos e eram perdidos, sabe?

Era minha esposa, Gabriella, que passava mais tempo com eles – a Vitória e o Ian, de 12 e 10 anos, respectivamente – e cuidava das principais tarefas da casa, como fazer o café e o almoço.

Agora, tudo mudou. Com esses meses parado em casa, passamos a dividir todos os afazeres, que são muitos. E aqueles mesmos pequenos detalhes que deixava passar no dia a dia, sempre muito atribulado, passaram a definitivamente ser notados.

Aquelas briguinhas comuns entre irmãos são um exemplo. Elas sempre aconteceram, mas agora, com a convivência intensa, acabo percebendo mais. A hora da escola, em que as aulas acontecem online, também se tornou um ponto de atenção.

São diversas as preocupações com os filhos nesse período, mas os benefícios também são muitos. Foi na quarentena que pudemos criar algo bem legal juntos: nos aproximamos mais, conseguimos ter mais tempo para conversar, curtir jogos em família, assistir TV… Essa, sem dúvidas, foi a melhor parte, que criou um ambiente favorável para eles “brincarem” de cortar meu próprio cabelo!

Foto de Anderson com seus filhos Ian e Vitória
Todos prontos para um dia no salão (de casa!)

Filhos cortam cabelo do pai? Conta mais!

Tudo começou com um comentário bem humorado dos meus filhos de que meu cabelo estava feio, por estar grande e sem corte há algum tempo. Sempre fui vaidoso e tive o costume de ir à barbearia em semanas alternadas para cortar os fios e fazer a barba, mas, com a pandemia, tive medo de sair de casa.

Por mais que abrir mão desse hábito tenha mexido um pouco com minha autoestima, isso acabou ficando em segundo plano, justamente pelo perigo que o novo coronavírus representa.

Foi então que meus filhos falaram, na brincadeira, que queriam cortar meu cabelo. Decidi entrar no clima e comprei um kit com máquina e acessórios para isso.

Pensei desde o início que, se não saísse como o esperado, tudo bem, rasparia e recomeçaria do zero. Melhor do que ficar com o cabelo grande e sem formato! E, além disso, queria ter um momento descontraído com a Vitória e o Ian.

Próximo

Crianças em ação
A primeira vez em que eles cortaram meu cabelo foi uns 20 dias atrás. Convocamos desde a máquina 0 até a 5, pentes, água, espelho e até a câmera do celular para começar a brincadeira.

A filha Vitória segura a máquina de raspar o cabelo enquanto o outro filho de Anderson, Ian, borrifa água no cabelo do pai
Clique da Gabi, a mãe da família que ficou super orgulhosa com a proatividade dos filhotes! <3

Meus dois filhos fizeram todo o processo com muito cuidado. A Vitória cuidava de uma parte do cabelo, enquanto o Ian mexia em outra. Eu orientava e eles tiravam os excessos – e eram bem minuciosos, detalhistas.

Pensei desde o início que, se não saísse como o esperado, tudo bem, rasparia e recomeçaria do zero

Com a ajuda da câmera, eu conseguia ter uma visão geral do corte, e conseguia instrui-los para passarem a máquina aqui ou ali. E assim eles seguiram, fazendo tudo sem pressa e com muita diversão. No final, o degradé ficou ótimo, saiu melhor que a encomenda! Todos adoramos.

Vitória e Ian, os mais novos contratados do pedaço

Teve repeteco: esta semana, eles cortaram meu cabelo pela segunda vez – e ficou tão bom quanto a primeira. Os dois passaram a me avisar quando o comprimento está muito grande e já avisam a data em que acontecerá o próximo corte. Parece um serviço profissional. Falo que meus filhos se tornaram meus cabeleireiros oficiais!

Os filhos Ian e Vitória preparam o cabelo do pai Anderson para o corte
Uma borrifadinha de água aqui, uma raspadinha ali…

Quero, com toda certeza, que eles continuem a cortar meu cabelo daqui pra frente, mesmo após o fim da quarentena. A não ser que não queiram mais, né? [risos]. Ainda esses dias, assistindo eles fazerem tudo isso com tanto carinho e cuidado, falei brincando que iria abrir um salão de beleza pros dois!

Saldo final: cabeleira em dia e um vínculo ainda mais forte!

Com essa experiência, tivemos a oportunidade de, não apenas nos divertir, mas também fortalecer nossa comunicação, à medida que íamos trocando ideias sobre o corte. Estamos muito mais amigos, companheiros uns dos outros.

Foto de Ian penteando o cabelo do pai, Anderson, após o corte
O gran finale!

Quando tudo voltar ao normal, levo a lição de que precisamos valorizar o que é realmente importante pra gente, como o convívio familiar. Vivemos trabalhando muito, imersos em nossas preocupações e, enquanto isso, o tempo passa e vamos perdendo muitos acontecimentos, nossos filhos crescem.

Com essa experiência, pudemos não apenas nos divertir, mas também fortalecer nossa comunicação

Precisamos de mais tempo com eles. É uma coisa que quero continuar investindo. Daqui pra frente, certamente vou ter um olhar muito mais atento para a nossa relação”.

Sugestão de produtos

Além de investir em um bom corte, usar produtos de qualidade também é essencial para manter os cabelos masculinos sempre bonitos e saudáveis. O Shampoo Clear Men Limpeza Diária 2 em 1, por exemplo, limpa e protege os fios contra a caspa – além de contar com extratos botânicos que promovem sensação de frescor e hidratação.

Se você está à procura de um finalizador para o cabelo, vale experimentar a Pomada Modeladora Bed Head For Men Pure Texture. Esta pasta levemente cremosa é uma mão na roda para modelar os fios, entregando textura e fixação incríveis. É ideal para comprimentos curtos e médios e não deixa resíduos nem descama, mesmo depois de algumas horas da aplicação.

Próximo